Revista científica mexicana publica artigo de egressa da Faculdade Madre Thaís

Dandara Areas Guanaes é egressa da Faculdade Madre Thaís. Foto: Ascom/FMT.

A Administradora Dandara Areas Guanaes, egressa do curso de Administração da Faculdade Madre Thaís (FMT), publicou artigo, resultado do seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), na revista CCCSS Contribuciones a las Ciencias Sociales, da incicopledia virtual Eumed.net. da Universidade Autônoma de Chapingo, (México).

Com o título “A Educação para a Cidadania Global (ECG) na Formação de Administradores: um estudo em Instituições de Ensino Superior do Sul da Bahia” investiga como a ECG pode estar presente no curso de administração de instituições de ensino superior do Sul da Bahia enquanto referencial crítico, criativo e reflexivo para formar administradores para as demandas contemporâneas da sociedade.

Os resultados apontam que, apesar da ECG não estar estruturada enquanto referencial nas instituições, tanto os professores quanto as instituições de ensino superior mostram consonância com essa estratégia pedagógica. Portanto, independentemente da instituição estudada, verifica-se que ECG pode se constituir como uma estratégia normatizada nesse âmbito, por estar presente nos cursos de Administração destas ies, e por se tratar de uma demanda contemporânea emergente, em prol de uma pedagogia transformadora

“Percebe-se que a ECG é possível de ser incorporada oficialmente à formação superior. Docentes e alunos se mostram abertos às novas abordagens de ensino e aprendizagem, portanto, se constituindo como uma relevante oportunidade de se pensar em oficializar a adoção da ECG, a fim de formar alunos com capacidade que transcendem os aspectos conteudistas,” conclui a administradora Dandara Guanaes.

A coordenadora do curso de Administração da Faculdade Madre Thaís, professora Elba Karla Leão Silva parabenizou a ex-aluna e administradora. A professora explica que “a Educação para a Cidadania Global (ECG) surgiu como estratégia proposta pela da Unesco com objetivo de construir uma sociedade e um mundo mais justos, tolerantes e sustentáveis. A educação, sob este entendimento, transcende o conhecimento, esperando que os estudantes desenvolvam habilidades, além de valores e atitudes do processo de ensino e aprendizagem imersa em uma pedagogia transformadora”.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *