Amaras ao teu próximo como a ti mesmo?

Na cultura atual, porém, aquele que observa e se resguarda nesse preceito não faz mais do que se colocar em desvantagem frente àquele que o transgrida. As representações humanas do Estado dão prova disso.

Por: Mohammad Jamal.

Conceituando a complexidade do pensar: as massas. “Amaras ao teu próximo como a ti mesmo”. Essa é a defesa mais forte contra a agressão humana, e um exemplo excelente do antagonismo implícito ao procedimento nada psicológico mesclado à moderna cultura social humanista em algumas populações. No entanto, a força da tecnologia da comunicação em tempo real já deixa à mostra as evidentes mudanças induzidas por inserção aos costumes e à cultura das massas. Acatadas coletivamente por genéricos psiquismos banalizados; após “reformatação” nesse processo, passam a beirar à irracionalidade lógica se comparados aos mínimos resquícios que ainda persistem da velha sociologia e seu culturalismo. Temporalmente, pode-se dizer de ontem, pois ainda estamos por aqui vivis, sem o peso da cronologia de vida que caracterizou o vetusto e longevo Matusalém. Ou não?

Deixe-me comer primeiro, viu! “Amaras a teu…”. Ou amarás ateu? Esse mandamento de difícil observação é impossível de ser cumprido, porquanto ao inflacionar o amor de forma grandiosa poderá diminuir o seu valor rebaixando-o ao nível dos sentimentos inócuos, aos literalmente obsoletos para às relações humanas, com vistas ao que se propõe a premissa que prega amar outros entes. A evolução cultural ou simplesmente a cultura em si, negligencia tudo isso; ela apenas alerta que quanto mais difícil for obedecer a esse preceito, tanto maior será o mérito por tê-lo obedecido, mesmo que apenas em parte. Na cultura atual, porém, aquele que observa e se resguarda nesse preceito não faz mais do que se colocar em desvantagem frente àquele que o transgrida. As representações humanas do Estado dão prova disso.

A culpa é do criacionismo ou do atavismo evolucionista?  Quem na sua juventude provou as desgraças da pobreza, experimentou a indiferença e a altivez dos proprietários, dos patrões, dos políticos, deveria estar a salvo da suspeita de não compreender e não demonstrar nenhuma boa vontade com os esforços que combatem a desigualdade de posses entre os homens e o que dela deriva. No entanto, quando essa luta quer invocar a exigência abstrata de justiça em prol da igualdade entre todos os homens, fica muito fácil compreender a objeção de que a natureza, ao dotar os indivíduos de constituições físicas e dons intelectuais extremamente desiguais, estabeleceu injustiças contra as quais não há remédio. (mais…)

Viametro antecipou a entrega de 10 novos ônibus, que começaram a operar hoje na cidade de Ilhéus

Ilhéus recebeu novos ônibus da Viametro.

A Viametro Transportes Urbanos, empresa do Grupo Brasileiro, que atua no sistema de transporte coletivo do município de Ilhéus, antecipou a entrega de 10 novos ônibus da Marcopolo, modelo Torino, com chassi Mercedes-Benz OF 1519, para modernizar o serviço da cidade. A nova frota começou a operar na cidade nesta sexta-feira, dia 28.

Os novos carros foram apresentados ao chefe do Executivo ilheense, Mário Alexandre, no dia 19 de fevereiro, na Avenida Soares Lopes, em frente ao Centro de Convenções Luiz Eduardo Magalhães. Estiveram presentes o diretor-superintendente de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana do município, Gilson Nascimento, o gerente da Viametro, Carlos Bahia, e o gerente de Operações Corporativo do Grupo Brasileiro, Jonatas Amorim.

A renovação da frota representa um compromisso da Viametro com a população de Ilhéus, através do governo municipal. A empresa deveria entregar esses 10 novos ônibus no próximo mês de julho, mas a direção do Grupo Brasileiro decidiu pela antecipação do investimento, conforme declarou em dezembro.

Até chegar à Avenida Soares Lopes, a nova frota percorreu as avenidas Roberto Santos e Itabuna, Praça Cairu, Rua Bento Berilo e Avenida Bahia. Na oportunidade, o prefeito Mário Alexandre fez vistoria nos veículos, inclusive, teste de elevadores para uso de pessoas com deficiência. Em seguida, os carros foram até o Teotônio Vilela, onde percorreram as principais avenidas do bairro mais populoso da cidade.

A nova frota da Viametro possui tecnologia embarcada e disponibiliza tomadas USB em todas as poltronas. Os carros são dotados de lugar para o acompanhante da pessoa com deficiência e de cadeiras destinadas a pessoas idosas, gestantes e obesas. O chassi dos novos veículos foi desenvolvido para atender às aplicações da área urbana. Os carros possuem motor eletrônico que proporciona menor nível de ruído e de partículas poluentes, cujo resultado apresentado até agora é de emissão quase zero.

Outros Benefícios – Além da aquisição de novos ônibus, a Viametro tem feito outros investimentos para a melhoria da qualidade do serviço de transporte coletivo em Ilhéus. A empresa participou diretamente com 50% dos recursos de construção dos dez novos abrigos de pontos de ônibus na cidade, sendo quatro no paredão do Hospital São José, cinco na Avenida Lomanto Júnior (Pontal) e um na Praça Coronel Pessoa (em fase de conclusão).