Secretaria de Saúde confirma 4 novos casos de coronavírus na Bahia

Imagem ilustrativa.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou, na tarde da sexta-feira (13), mais quatro casos do novo coronavírus no estado da Bahia. Três deles foram registrados em Salvador, que tem a primeira ocorrência da Covid-19. O resultado foi confirmando por meio de testes.

De acordo com os secretário Fábio Vilas-Boas, os casos da capital são: uma mulher de 52 anos e a filha de 11 anos, que voltaram de uma viagem recente à Espanha, e um idoso de 72 anos, que também veio de viagem recente à Itália e está internado em um hospital privado.

O outro caso também se trata de um idoso, de 73 anos, na cidade de Feira de Santana. Ele é marido da mãe da trabalhadora doméstica, que foi contaminada pela dona de casa que ela trabalha, após uma viagem à Itália. Os quatro foram infectados pelo coronavírus.

A dona de casa foi a primeira ocorrência na Bahia, sendo um caso importada. Ela, que tem 34 anos e é residente de Feira de Santana, retornou da Itália em 25 de fevereiro, com passagens por Milão e Roma, onde aconteceu a contaminação.

A primeira transmissão local do vírus também foi em uma mulher, de 42 anos, que teve contato domiciliar com a dona de casa quando esta ainda estava sintomática. A terceira paciente de Feira de Santana é a mãe da doméstica, de 68 anos. Ainda não há detalhes se o marido da mãe da doméstica é pai ou padrasto dela. (mais…)

Estudante da UFSB recebe Troféu Mãe Ilza Mukalê

Foto: Reprodução.

No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, aconteceu a VII Semana Mãe Ilza Mukalê. O evento, inicialmente criado para comemorar o aniversário da matriarca do Terreiro Matamba Tombenci Neto, tem como finalidade promover atividades culturais que fomentam o conhecimento e reconhecimento artístico e Cultural no interior da Bahia. Entre as atividades desenvolvidas, está o Troféu Mãe Ilza Mukalê que homenageia mulheres que desempenham papéis de grande relevância Artístico e Cultural no sul e extremo sul do estado baiano.

Nessa edição, a estudante da Licenciatura Interdisciplinar em Artes da UFSB, Siomara Claudia Rodrigues Santos, foi uma das homenageadas. O convite para a homenagem foi concedido graças aos trabalhos que ela vem desenvolvendo por meio do Coletivo Fruições, criado em 2017, sob orientação do professor da UFSB, Rafael Siqueira, do qual a estudante é coordenadora e integrante, juntamente com outros discentes e docentes. A estudante ainda desenvolve e participa de outros projetos, através de oficinas, exposições, palestras e atividades envolvendo diversos temas, como hip hop, reciclagem e imersão às raízes ancestrais.

Siomara comemora a homenagem: “Acredito no poder de ressignificar, crendo na força do aquilombamento e do trabalho coletivo, sigo caminhando junto com os meus e quebrando todos os padrões eurocêntricos que tentam nos fazer acreditar que para “ser” temos que ter um único caminho: O do dever. Esse troféu é a prova, o símbolo de estou no caminho certo: o da curiosidade, inquietação, fazer e rebeldia que me levam como mulher a ocupar o lugar que eu quiser! “

Morre, aos 56 anos, ex-ministro Gustavo Bebianno

Foto : José Cruz/Agência Brasil.

O ex-secretário-geral da Presidência e pré-candidato a prefeito do Rio pelo PSDB, Gustavo Bebianno, morreu hoje (14), aos 56 anos, vítima de um infarto fulminante. A informação foi confirmada, de acordo com o jornal O Globo, pelo presidente estadual de seu partido, Paulo Marinho.

Bebianno estava em seu sítio em Teresópolis (RJ), junto a um caseiro e seu filho. Segundo Marinho, ele comunicou ao filho que estava passando mal por volta das 4h30 e foi ao banheiro tomar remédio. Logo depois, sofreu uma queda e teve ferimentos na cabeça. Ele foi levado a uma unidade de hospital da cidade, mas não resistiu.

Bebianno foi ministro desde que Jair Bolsonaro assumiu como presidente, em janeiro de 2019, mas seu cargo não durou muito. Em 18 de fevereiro ele deixou a pasta, após atritos com o chefe do Executivo e seus filhos e em meio à crise interna do PSL, com acusações de esquema de candidatas laranjas durante as eleições de 2018.

Do Metro1.

Coronavírus: Brasil tem primeiros casos de transmissão comunitária

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil.

Fonte: Agência Brasil

O Brasil teve os primeiros casos de transmissão comunitária de coronavírus. De acordo com a última atualização do Ministério da Saúde, essa nova situação foi registrada nas cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro. Transmissão comunitária ocorre quando as equipes de vigilância não conseguem mais mapear a cadeia de infecção, não sabendo quem foi o primeiro paciente responsável pela contaminação dos demais.

No total, quatro pessoas adquiriram o vírus por essa modalidade de transmissão. Segundo os dados, 79 são casos importados (que foram contaminadas no exterior) e 15 pessoas foram infectadas por transmissão local (por meio de contato com pessoas de casos importados).

“Não temos evidência de aumento de internação por síndrome respiratória aguda grave”, comentou o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira.

No balanço do ministério disponibilizado ontem (13), o número de casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) chegou a 98. Foram 21 pessoas infectadas a mais do que o último dado, anunciado quinta-feira (12). Os casos suspeitos aumentaram para 1.485. Os descartados ficaram em 1.344.

Os estados de São Paulo e Rio de Janeiro são os epicentros do surto no país, respectivamente com 56 e 16 casos confirmados. Em seguida vêm Paraná (seis), Rio Grande do Sul (quatro), Goiás (três) e Minas Gerais, Santa Catarina, Bahia, Distrito Federal e Pernambuco (dois casos em cada um). Completam a lista Alagoas e Espírito Santo (um caso em cada).

Nos casos suspeitos, São Paulo também lidera (753), seguido de Minas Gerais (116), Rio Grande do Sul (81), Santa Catarina (77), Rio de Janeiro (76) e Distrito Federal (75). Apenas Roraima e Amapá não registram casos confirmados ou suspeitos. (mais…)