Secretário afirma que 11 leitos de UTI do Hospital de Ilhéus estão negociados; direção do Hospital diz que não há contrato

O secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, disse ao BG na noite desta quinta-feira, 19, que 11 leitos do Hospital de Ilhéus estão disponíveis caso apareçam pacientes infectados pelo coronavírus em estado grave.

Segundo Magela, os leitos já foram “negociados de imediato” e prontos para atender pacientes que necessitem de UTI.

A versão do Hospital. Não há contrato e não há 11 leitos de UTI prontos.

Em contato com o proprietário do Hospital de Ilhéus, o médico Jorge Viana, o BG foi informado de que os leitos estão disponíveis de fato, mas até o momento não houve nenhum tipo de contrato firmado entre a unidade e a secretária de saúde.

Dr. Jorge Viana.

O BG conversou também com Nilson Ribeiro, diretor da UTI do Hospital de Ilhéus. Ele afirmou que a secretaria manteve contato com o hospital, mas até o momento não houve nenhum tipo de acordo. Nilson Ribeiro salientou que os leitos seguem à disposição do município.

O médico explicou ao Blog que 6 das 11 UTIs estão devidamente equipadas para anteder casos de urgência do coronavírus, pois possuem ventilação mecânica. As outras cinco não possuem esse tipo de aparelhagem.

Ele acredita que não haverá dificuldade em buscar os insumos que faltam para completar os leitos, pois a Secretaria de Saúde da Bahia pode consegui-los.



One response to “Secretário afirma que 11 leitos de UTI do Hospital de Ilhéus estão negociados; direção do Hospital diz que não há contrato

  1. Esse secretaria e o prefeito não sei porque na abafando a situação da cidade, bora secretaria ou vai fazer igual o cara do óleo, tentando esconder. A população que informações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *