Bahia registra 127 casos confirmados de Covid-19

A Bahia registra 127 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 3,1% do total de casos notificados. Até o momento, 1380 casos foram descartados e não há óbitos. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas deste sábado (28). Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 14 encontram-se hospitalizadas.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 58,3% são do sexo feminino e 41,7% do sexo masculino. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 25,98% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (2,37) seguida da faixa de 80 e mais (1,59), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2 (mais…)

PM encerra festa com 62 pessoas

Foto: WhatsApp/Achei Sudoeste.

A Polícia de Guanambi, centro-sul baiano, acabou com uma festa na Rua Palmira Cardoso, Bairro Ipiranga.

Ao chegar ao local, a dona da residência  informou à polícia, que festejava o aniversário do filho.

A PM flagrou diversos jovens fazendo uso de bebida alcoólica.

A polícia contabilizou 62 pessoas, 30 adolescentes e 32 adultos, dentre eles um indivíduo, envolvido no tráfico de drogas na cidade e que havia sido liberado pela justiça em fevereiro.

Segundo informações policiais, a proprietária da casa foi encaminhada para a delegacia para responder criminalmente por oferecer bebida alcoólica para menores de idade e por descumprir o decreto municipal que proíbe realização de festas.

O homem acusado de tráfico também foi para a delegacia por violar as regras da liberdade condicional.

Os 30 adolescentes foram levados para a delegacia e entregues ao Conselho Tutelar e posteriormente aos pais.

*Com informações do Achei Sudoeste.

Prefeito do PT morre por coronavírus no Piauí; é a 1ª morte no estado

Antônio Nonato Lima Gomes, conhecido como Antônio Felícia (PT), prefeito de São José do Divino (PI). Imagem: Divulgação.

O Estado do Piauí registrou ontem a primeira morte pelo novo coronavírus. A vítima é Antônio Nonato Lima Gomes, conhecido como Antônio Felícia (PT), prefeito de São José do Divino (cidade a 234 km de Teresina, capital do estado). A Secretaria de Estado da Saúde confirmou hoje que a morte foi causada pela covid-19.

O laboratório público estadual realizou dois exames para confirmar a presença do vírus. “Na manhã deste sábado, 28 de março, os exames do prefeito testaram positivo para o novo coronavírus”, informou o governo.

O prefeito de 57 anos deu entrada no Hospital Dr. José Brito Magalhães, no município de Piracuruca (PI), com febre e dificuldade de respirar, mas não resistiu. Segundo a equipe médica que o atendeu, o prefeito estava com sintomas do novo coronavírus e o quadro evoluiu rápido.

Ele fazia parte do grupo de risco da covid-19 por ser diabético. “Ele tinha histórico de diabetes e teve uma evolução rápida da doença”, completa o governo estadual.

O governador Wellington Dias (PT) gravou um vídeo anunciando o teste positivo do prefeito e informou que o estado tem 11 casos confirmados. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, 203 casos estão sendo investigados. (mais…)

Fernando Gomes pede orações pela recuperação de Augusto Castro

Fernando Gomes, prefeito de Itabuna, por meio de vídeo pediu orações para a recuperação de Augusto Castro. O ex-deputado contraiu a Covid-19 e está internado na Santa Casa de Misericórdia de Itabuna. O prefeito diz no vídeo que é preciso deixar de lado as diferenças políticas nesse momento.

Fernando disse também que a culpa de transmissão do vírus é por parte dos ricos, pois segundo o prefeito, é a única classe que tem condição de viajar para fora do país. “Agora estamos lutando, pedindo a Deus e a Nossa Senhora, pelo deputado Augusto Castro, é um ser humano, é um homem, que merece o respeito de todos nós, vamos rezar e orar por ele. Primeiro lugar é a vida”, disse Gomes.

“Eu quero aqui agradecer o pessoal da área de saúde, os enfermeiros, enfermeiras, os médicos e o pessoal da vigilância sanitária, eles são os verdadeiros heróis”, disse o prefeito parabenizando os profissionais da área.

Veja o vídeo:

*Com informações do iPolítica.

Coronavírus: Justiça suspende campanha do governo contra isolamento social

Foto: Joedson Alves.

Do UOL.

A Justiça Federal do Rio de Janeiro determinou, em caráter liminar, que o governo federal não veicule em meios de comunicação a campanha publicitária “O Brasil não pode parar”, que defende a suspensão do isolamento social como estratégia para o combate à covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A medida foi pedida ontem pelo MPF (Ministério Público Federal) e concedida pela juíza federal Laura Bastos Carvalho, no plantão judiciário.

A decisão barra propaganda do governo que não tenha embasamento técnico do Ministério da Saúde e científico. A juíza ainda argumenta que a campanha põe em risco do direito constitucional da população à saúde e que sua adoção pode levar a um colapso da rede de saúde. Em caso de descumprimento por parte do governo federal, a juíza determina multa de R$ 100 mil.

Segundo ela, a ordem é para que “a União se abstenha de veicular, por rádio, televisão, jornais, revistas, sites ou qualquer outro meio, físico ou digital, peças publicitárias relativas à campanha ‘O Brasil não pode parar’, ou qualquer outra que sugira à população brasileira comportamentos que não estejam estritamente embasados em diretrizes técnicas, emitidas pelo Ministério da Saúde, com fundamento em documentos públicos, de entidades científicas de notório reconhecimento no campo da epidemiologia e da saúde pública”.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vem pressionando governadores e prefeitos de grandes cidades para suspenderem medidas de isolamento social e retomarem atividades que geram aglomerações —como o funcionamento regular do transporte público, as aulas em escolas e universidades e a reabertura de estabelecimentos comerciais.

Com o argumento de que o impacto econômico do bloqueio seria mais grave do que a pandemia de coronavírus, Bolsonaro tem pedido que a população volte ao trabalho, mantendo isolados apenas idosos e outros integrantes de grupos de risco em quarentena —estratégia conhecida como isolamento vertical. Segundo a juíza, a campanha do governo federal coloca em risco o direito à saúde, especialmente dos mais vulneráveis —como idosos e a parcela mais pobre da população. (mais…)

Sindicato dos Comerciários condena flexibilização para abertura do comércio em Itabuna

Avenida Cinquentenário em Itabuna.

O Sindicato dos Comerciários e das Comerciárias de Itabuna vem a público repudiar qualquer possibilidade de flexibilização para abertura do comércio de setores que não sejam considerados essenciais antes do que determina o decreto municipal 13.608, ou seja antes do dia 06 de abril. Abrir o comércio de Itabuna antes desta data configura-se num crime contra a saúde pública. Tal medida vai de encontro às orientações do Ministério da Saúde, Organização Mundial de Saúde (OMS) e de todos as autoridades sanitaristas, que apontam o isolamento social como único meio eficiente para conter a propagação do coronavírus.

É claro que entendemos as dificuldades econômicas, mas as políticas estabelecidas pelo governo federal e pela Câmara dos Deputados (depois de muita pressão da sociedade), visam minimizar os impactos econômicos para os trabalhadores informais, pequenas e médias empresas. É prudente que o segmento patronal e a prefeitura de Itabuna levem em consideração que este período de fechamento do comércio (quinze dias) é estratégico para a diminuição da curva da contaminação, portanto fundamental para que o sistema de saúde não entre em colapso.

O Sindicato dos Comerciários e das Comerciárias de Itabuna apela para o bom senso da prefeitura de Itabuna e do segmento patronal. Não queiram colocar suas digitais no colapso do sistema de saúde e no aumento de contaminados, com prováveis mortes.

Decretos ratificam medidas contra coronavírus e suspendem transporte em 29 cidades

Rodovia Jorge Amado. Imagem: Blog Eduardo Salles.

A Bahia passa a ter 29 cidades com transporte intermunicipal suspenso até o dia 5 de abril. O decreto nº 19.585, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (28), inclui o município de Ipiaú, que tem um caso confirmado do novo coronavírus. O objetivo é proteger a população contra a disseminação da doença.

As outras 28 cidades com transporte suspenso são: Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos e Canarana.

Estão suspensas a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans nesses municípios. Os ônibus interestaduais também não podem circular na Bahia até 5 de abril.

Em municípios sem casos de coronavírus, o sistema de transporte intermunicipal foi suspenso porque está integrado ao de cidades com registros da doença. É o caso de Itacaré, que não tem pessoas identificadas com o novo coronavírus, mas está integrada ao transporte coletivo de Itabuna e Ilhéus.

Também assinado pelo governador Rui Costa e publicado no DOE deste sábado (29), o decreto nº 19.586 ratifica medidas já determinadas pelo Governo do Estado para o enfrentamento do novo coronavírus, a exemplo da declaração de situação de emergência em todo o território baiano e da suspensão pelo período de 30 dias, a partir de 17 de março, de eventos e atividades com público superior a 50 pessoas e das atividades letivas, nas unidades de ensino, públicas e privadas.

Hospital de Base em Itabuna será exclusivo para pacientes infectados por coronavírus

Hospital de Base de Itabuna. Imagem: Waldir Gomes.

O Hospital de Base em Itabuna atenderá exclusivamente pacientes que tenha casos suspeitos ou confirmados de coronavírus a partir de sábado (28).

O diretor médico da unidade, Eduardo Kowalski, contou que o objetivo é criar um ambiente que evite a contaminação de outros pacientes, que não estejam doentes.

“O objetivo é dar atendimento exclusivo aos pacientes com Covid-19, não deixando de atender outras necessidades que vão precisar de outras especialidades. Mas, segundo a determinação do governador, é criar um ambiente propício só para essa doença e evitar ter a contaminação cruzada. O nosso receio é que o paciente que não tenha a doença se contamine por causa dos outros pacientes. A região sul vai contar com esse hospital para dar suporte a esses pacientes acometidos pela doença”, explicou o diretor.

Eduardo disse ainda que, atualmente, o hospital possui 140 leitos e deve ficar com cerca de 200. A chegada dos leitos deve acontecer entre 10 a 15 dias com capacidade para atender a essa demanda.

Caso a pessoa esteja com outro problema de saúde, deve procurar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou ser levado pelo Samu para o Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus.

Do G1 Bahia.