Esposa de Augusto Castro é a terceira pessoa contaminada em Itabuna

Augusto e Andrea.

A Santa Casa de Misericórdia de Itabuna confirmou, no início da noite desta segunda-feira (30), que o exame de mais um paciente deu positivo para o novo coronavírus. O teste da advogada Andrea Simas, esposa do ex-deputado Augusto Castro, deu positivo para covid-19. Augusto está internado desde a terça (24) no Hospital Calixto Midlej Filho, da Santa Casa de Itabuna.

De acordo com o boletim da Santa Casa, Andrea, que ontem foi levada para o Calixto Midlej Filho, com desconforto respiratório, está em isolamento domiciliar e é monitorada pela Vigilância Epidemiológica de Itabuna, que confirmou o caso positivo.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, até esta segunda foram registradas 78 notificações, com 52 casos descartados, 23 aguardando o resultado do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA), além dos três que deram positivo para a doença.

Do Pimenta.

PGE representa contra promotora de Paulo Afonso que recomendou fim do isolamento social

Foto: Alberto Coutinho/GovBa

A Procuradoria Geral do Estado da Bahia (PGE) representou nesta segunda-feira (30), junto ao Conselho Nacional do Ministério Público, contra uma integrante da 6ª Promotoria de Justiça de Paulo Afonso, que recomendou à prefeitura da cidade a reabertura do comércio local e a realização do isolamento vertical (quando apenas idosos e pessoas com doenças crônicas ficam separadas do restante da população).

A medida recomendada pela promotora vai de encontro aos esforços empreendidos pelo município de Paulo Afonso, que declarou situação de emergência em decorrência do reconhecimento de Emergência em Saúde Pública de Interesse Nacional pelo Ministério da Saúde e da declaração da condição de pandemia de infecção humana pela Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus) definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

A recomendação contraria ainda os decretos estaduais nº 19.529, de 16 de março de 2020, e o de nº. 5.766, ambos com a adoção de medidas para o enfrentamento da crise.

A representação

A PGE entende que a recomendação da promotora é incabível e que vai de encontro ao que orienta a OMS, o Ministério da Saúde e a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), no sentido de evitar a aglomeração de pessoas como forma de prevenção à uma contaminação comunitária. De acordo com a PGE, o objetivo da representação é que seja inaugurado procedimento para que se apure os excessos da promotora.

O texto da representação explica que, apesar de até a presente data não haver nenhum caso de Covid-19 confirmado no município, há diversos casos aguardando resultado pelo Laboratório Central do Estado (Lacen). “É mais que provável, portanto, que o vírus já esteja circulando, circunstância que impõe cuidados ainda mais intensos que os adotados por outras localidades menos expostas e menos vulneráveis”, pontua o texto.

Mourão na Presidência, já!

Não se pede aqui novas eleições, nem que se descumpra a Constituição Federal, que determina que nos casos de vacância da Presidência deve, de imediato, assumir o Vice-Presidente.

Por Julio Gomes.

Todo o Brasil assistiu, estarrecido, aos atos de profunda irresponsabilidade do Presidente Jair Bolsonaro ontem, em Brasília, quando circulou pelas ruas sem máscaras, sem qualquer tipo de proteção, tirando selfies e agindo de forma totalmente contrária a tudo aquilo que o Ministério da Saúde e a OMS – Organização Mundial de Saúde, recomendam com relação à prevenção do contágio pelo Corona Vírus.

Falando besteiras ao afirmar que existe perspectiva de tratamento eficaz para o Covid-19 – fato já negado por todos os profissionais que atuam na área de saúde – o Presidente ainda encontrou tempo para bater boca com repórteres, se comportando como um adolescente de 12 anos que não consegue sair das redes sociais e posta coisas tão imbecis que o Twitter tem de excluí-las, agindo como candidato a super-herói que foi às ruas para trocar murros com o Vírus, em atitude totalmente ridícula e insana.

Neste momento grave em que vivemos o Presidente da República deveria estar mobilizando recursos financeiros, materiais e humanos para o enfrentamento do Vírus; deveria estar agilizando a criação de mecanismos para a distribuição do auxílio emergencial às pessoas carentes, já aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado; deveria estar montando hospitais de campanha, como estão fazendo os governadores da Bahia, de São Paulo e de outros estados; deveria estar em contato com autoridades de outros países, para saber como melhor proceder em harmonia internacional, deveria, enfim, estar liderando o país em torno da luta contra o Covid-19.

Porém, nosso atual Presidente – e digo isso com todo respeito à pessoa humana de Jair Bolsonaro – simplesmente demonstra em todos os momentos que não tem capacidade mental para isso. Mostra-se totalmente incapaz de compreender a extrema gravidade do que está acontecendo no mundo e no Brasil e, portanto, mais incapaz ainda de tomar qualquer iniciativa que seja, nesse sentido, em favor do povo brasileiro.

Não há mais o que esperar de Bolsonaro, exceto bravatas, bate bocas inúteis, imaturidade e vergonhosos constrangimentos.

Chega!

É necessário que o Vice-Presidente da República – que foi eleito com o mesmo número de votos do Presidente e que também representa a opção política expressa pelo povo brasileiro nas últimas eleições presidenciais – assuma as rédeas do país, para que tenhamos uma liderança capaz de agir, de aglutinar, de decidir, de implementar, de harmonizar e conduzir o Brasil, juntamente com os demais Poderes da República (Legislativo e Judiciário) e com o apoio de prefeitos e governadores, de forma a evitar o desastre total, que resultaria na morte, talvez, de dezenas de milhares de brasileiros, pelo Corona Vírus.

Não se pede aqui novas eleições, nem que se descumpra a Constituição Federal, que determina que nos casos de vacância da Presidência deve, de imediato, assumir o Vice-Presidente.

O que se pede é que uma pessoa que se mostra, todos os dias, visivelmente incapaz, seja substituída por outra, legitimamente eleita, que possa tirar o Brasil da escabrosa situação em que se encontra, abrindo perspectivas para que o país enfrente a pandemia que já está aqui instalada, e que tenha condições de conduzir, com equilíbrio, os destinos do Brasil.

Mourão na Presidência, já!

Julio Cezar de Oliveira Gomes é graduado em História e em Direito pela UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Blog do Gusmão.

Mulher contaminada pelo coronavírus é o terceiro caso de Itabuna

Nesta segunda-feira, 30, a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna divulgou boletim informando que foi confirmado o terceiro caso de Covid-19 na cidade.

Segundo informações, a paciente está em isolamento domiciliar e é monitorada pela vigilância epidemiológica. Não há informações se foi um caso importado ou contraído em Itabuna.

Bahia tem 176 casos confirmados de Covid-19

A Bahia registra 176 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 4,3% do total de casos notificados. Até o momento, 1.393 casos foram descartados e houve um óbito confirmado no último sábado. Trata-se de paciente do sexo masculino, 74 anos, residente em Salvador, que estava internado em hospital da rede privada, com comorbidades associadas. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta segunda-feira (30). Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 18 encontram-se internadas, sendo 8 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 54,55% são do sexo masculino e 45,45% do sexo feminino. Foi registrado o primeiro caso confirmado em uma criança de 1 ano de idade, que se encontra em casa, em Feira de Santana. O coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (3,01), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2 (mais…)

Em meio à crise da Covid-19, Avatim cobra 36 reais por 440g de álcool gel

Álcool gel quase a preço de ouro na pandemia do coronavírus.

Por meio de release disparado à imprensa na última sexta-feira, 27, a empresa de cosméticos Avatim informou ter direcionado toda sua capacidade de produção para fabricar itens de higiene pessoal, como sabonetes e álcool gel.

Numa atitude louvável, afirma ter doado a órgãos públicos e instituições filantrópicas (como abrigos de idosos) mais de uma tonelada de álcool gel (70%) e 300 litros de sabonete líquido. A comunidade de Vila Cachoeira (Ilhéus), que fica no entorno da fábrica da Avatim, também foi beneficiada.

Por outro lado, o BG constatou que a mesma empresa tem comercializado álcool em gel a preços bem acima do mercado (antes da crise), por meio do telefone de número 73 98880-9862 (também Whatsaap).

Um frasco com 55 gramas é vendido por R$ 12. O de 180g custa R$ 18 e o de 440g representa R$ 36 a menos no bolso do cliente interessado.

No início da crise, antes do álcool gel sumir das prateleiras, alguns supermercados de Ilhéus chegaram a vender um recipiente com 500g em valores entre seis a nove reais.

Apesar de ter fábrica em Ilhéus, a Avatim só vende e entrega para os consumidores de Itabuna. Nas compras acima de R$ 150 não há cobrança da taxa de entrega. Nas que ficam abaixo, o cliente vai ter que pagar mais R$ 6.

Opinião do BG.

Sabemos que a Avatim preza pela excelente qualidade e é digna de respeito, mas neste momento de crise os preços cobrados pelo álcool gel sugerem mais senso de oportunidade em direção ao lucro do que amplo compromisso social.

O item de higiene, importantíssimo no período da pandemia,  deve ter preços mais em conta, pois além dos idosos, crianças e funcionários públicos beneficiados pela doação da Avatim, há outras pessoas que também necessitam do produto.

O BG manteve contato com a assessoria da Avatim, mas não conseguiu resposta.

Atualizado às 19h28min. A Avatim nos mandou a seguinte resposta.

Conforme amplamente divulgado pelo Ministério da Saúde, a melhor forma de se prevenir contra o novo Coronavírus (Covid-19) é lavar bem as mãos com água e sabão e evitar ao máximo o contato social. Na impossibilidade de ter água por perto, o álcool em gel 70% é uma solução prática e totalmente eficaz na eliminação do vírus das superfícies, sobretudo das mãos. O álcool em gel, tão necessário para atender à demanda de hospitais, clínicas e órgãos públicos que travam o combate ao vírus, já está escasso no mercado. Por isso, a Avatim decidiu converter sua produção para os itens mais essenciais à população nesse momento tão difícil para todos. Essa medida também tem ajudado a empresa a honrar a folha de pagamento de seus colaboradores, sem que nenhuma demissão tenha sido necessária até o momento.

A Avatim já realizou a doação de uma tonelada de álcool em gel. Envasados em embalagens de 220 g, os produtos foram destinados aos moradores da comunidade de Vila Cachoeira, a abrigos de idosos da região, grupos de apoio a crianças com câncer, polícia rodoviária, polícia militar, secretarias municipais de saúde, entre outros.

Os preços dos produtos são os mesmos praticados pela marca antes do surgimento da pandemia do novo Coronavírus e está dentro da faixa de valores aplicados pela concorrência. A empresa já vem sofrendo pressão econômica dos fornecedores com o aumento exorbitante no preço da matéria-prima, porém não repassou esse custo aos seus clientes.

Covid-19: ferramenta para mapear sintomas é lançada em Ilhéus

Aplicativo foi criado por dupla de ilheenses.

O comunicólogo Lucas Vitorino e o social media Jhonnis Melgaço disponibilizaram nessa segunda-feira, 30, uma ferramenta que pretende mapear possíveis casos de infectados pelo novo coronavírus em Ilhéus.

A ideia é que pessoas que apresentam, por exemplo, sintomas como febre, coriza e dificuldade para respirar, preencham um formulário on-line, indicando também outras informações como idade, sexo e localidade de residência em Ilhéus. Não é necessário fornecer nome, endereço completo ou número de telefone.

A iniciativa não possui vínculo com secretarias de saúde, e, segundo os idealizadores, deve servir apenas para dimensionar um possível problema na cidade, disponibilizando também dados mais detalhados à população, através de boletins distribuídos à imprensa periodicamente, à medida que os dados forem coletados.

Para acessar o formulário clique aqui.

Faculdade Madre Thaís mantém aulas e serviços através do home office

Foto: Ascom/FMT.

As aulas dos cursos da Faculdade Madre Thaís (FMT-Ilhéus) estão sendo ministradas remotamente, nos dias e horários das referidas disciplinas, a partir das definições/orientações do Ministério da Educação.

A informação da Diretoria da instituição de ensino superior ressalta que desde a última terça-feira (24), está com os atendimentos presenciais suspensos na sede e em todos os anexos.

A medida obedece às recomendações do Ministério da Saúde, diante da pandemia do COVID-19, bem como o Decreto nº 020, de 22 de março de 2020, do Prefeito de Ilhéus, que determinou a suspensão de todas as atividades dos estabelecimentos comerciais de qualquer seguimento, além da suspensão do transporte coletivo a partir da primeira hora do dia 24.

A diretora Pedagógica da FMT-Ilhéus, Tatiana Barcelos pede para que os estudantes fiquem atentos e acessando todos os dias o site, portal do aluno e redes sociais para orientações adicionais e atualizações sobre qualquer alteração de cenário.

Os setores Acadêmico e Financeiro da instituição podem ser acessados, no caso de eventuais esclarecimentos. Destaca que os serviços dos referidos setores continuam sendo ofertados à comunidade acadêmica, inclusive, os pagamentos das mensalidades podem ser efetuados via transferência bancária, nas próprias contas dos respectivos boletos e/ou através daquelas que serão disponibilizadas no site da faculdade.

No setor Acadêmico o atendimento pode ser feito através do telefone: 73-98881-6188 e e-mail – [email protected], no Financeiro pelo telefone: 73-98844-0166 e e-mail – [email protected] Já o de Convênio através do telefone: 73-98815-2898 e e-mail – [email protected] e o Suporte Técnico pelos telefones 73-98825-7001 e 73-99177-7564 das 9 horas ao meio dia e das 14 às 20 horas

Esposa de Augusto Castro é liberada de hospital

Ex-deputado Augusto Castro.

Andrea Simas, esposa do ex-deputado estadual Augusto Castro, foi liberada no domingo, 29, após ser atendida no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna. Andrea foi atendida após sentir desconforto respiratório.

Augusto Castro está internado desde o dia 24 de março, como consequência da contaminação pelo coronavírus. O ex-parlamentar está na UTI, registrou melhora considerável nos últimos dias e está fazendo hemodiálise.

Itabuna: dois comandantes com diabetes na guerra contra o coronavírus

Notinhas.

Uildson Nascimento e Juvenal Maynart.

O espaço “notinhas” do BG sempre publica críticas venenosas aos políticos. Hoje abriremos uma exceção.

Os dois principais membros do governo Fernando Gomes na área da saúde têm diabetes, ou seja, fazem parte do grupo de maior risco.

Uildson Nascimento (secretário de saúde de Itabuna) e Juvenal Maynart (presidente da fundação que gere o Hospital de Base) estão com a responsabilidade de possibilitar condições de trabalho aos profissionais de saúde, os guerreiros da linha de frente.

Uildson Nascimento ficou alguns dias isolado, pois um dos médicos que manteve contato apresentou sintomas da Covid-19. O exame deu negativo e o secretário voltou a participar de reuniões (algumas presenciais). A secretaria de saúde tem comprado insumos e EPI´s para a batalha com dezenas (ou centenas) de mortes pré-anunciadas. Uildson tenta convencer o poder judiciário a desbloquear R$ 25 milhões destinados a cirurgias bariátricas e convertê-los para o enfrentamento ao vírus letal.

Juvenal Maynart está com a difícil missão de transformar o Hospital de Base de Itabuna em unidade de atendimento exclusivo para os casos da Covid-19. Vários pacientes com outros problemas de saúde foram transferidos para que no “Base” sejam instalados mais 31 leitos de UTI com respiradores (40 ao todo).

Os dois comandantes além de municiar a rede pública de saúde, devem ter atenção redobrada com o próprio corpo. Qualquer vacilo pode ser fatal.

Com absoluta sinceridade, o BG deseja boa sorte não só aos dois, como a todos os guerreiros da saúde.

Comissões da Câmara de Ilhéus fiscalizam farmácias no centro da cidade

Foto: Ascom/Câmara de Ilhéus.

A Comissão de Defesa do Consumidor, junto com a Comissão de Indústria e Comércio, realizou uma fiscalização na manhã desta segunda-feira (30) em farmácias do centro da cidade Ilhéus.

O objetivo das comissões foi verificar se as farmácias estão praticando preços abusivos nos produtos. Os vereadores também questionaram a falta de álcool em gel e máscaras nas farmácias visitadas e quando esses produtos estarão disponíveis para a população.

Participaram da ação os vereadores Ivo Evangelista, Gil Gomes, Makrisi Sá e Nerival Reis. As comissões parlamentares são instrumentos técnicos responsáveis pela apreciação dos projetos de lei. Nelas, apenas um grupo de vereadores faz pareceres sobre projetos vinculados a um tema específico, que podem versar sobre trabalho, defesa do consumidor, educação, meio ambiente, transporte, finanças, ou segurança pública.

Ciro Gomes, Haddad e Boulos pedem renúncia de Bolsonaro em manifesto

Do Istoé.

Lideranças de diversos partidos de oposição lançaram um documento acusando Jair Bolsonaro (sem partido) de ser “um presidente da República irresponsável”. No texto, assinado pelos ex-presidenciáveis Fernando Haddad (PT-SP), Ciro Gomes (PDT-CE) e Guilherme Boulos (PSOL-SP) e pela candidata a vice de Haddad, Manuela D’Ávila (PCdoB), os políticos afirmam que o presidente “deveria renunciar”. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

O documento diz ainda que Bolsonaro agrava a crise do coronavírus pois “comete crimes, frauda informações, mente e incentiva o caos”.

Também assinam o texto o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), o ex-governador do Paraná Roberto Requião (MDB-PR), o ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro, e os presidentes do PT, Gleisi Hoffmann, do PSB, Carlos Siqueira, do PDT, Carlos Lupi, do PCB, Edmilson Costa, Juliano Medeiros, do PSOL, e Luciana Santos, do PCdoB.

“Jair Bolsonaro é o maior obstáculo à tomada de decisões urgentes para reduzir a evolução do contágio, salvar vidas e garantir a renda das famílias, o emprego e as empresas. Atenta contra a saúde pública, desconsiderando determinações técnicas e as experiências de outros países.”,afirma o documento.

Leia a íntegra do documento:

“O BRASIL NÃO PODE SER DESTRUÍDO POR BOLSONARO (mais…)

PSDB fecha com Valderico Junior e Marcos Flávio deixa o partido

O tucano bateu asas rumo a Valderico Junior.

Nesta segunda-feira, 30, a reportagem do BG manteve contato com o presidente do PSDB-Ilhéus, Alan Marinho, para saber qual será a posição do partido nas eleições municipais deste ano.

Alan Marinho revelou que os tucanos vão caminhar com o empresário Valderico Junior, pré-candidato a prefeito pelo DEM. A composição ocorreu naturalmente após entendimento entre as direções municipal e estadual, uma vez que na Bahia DEM e PSDB estão juntos na oposição ao PT.

O deputado federal Adolfo Viana (presidente estadual do PSDB) e Alan Marinho concluíram ser impossível fazer aliança com o PSD do prefeito Mário Alexandre, partido que compõe a base de apoio do governador Rui Costa (PT).

Alan Marinho continua na presidência e Marcos Flávio deixa o partido.

O advogado e ex-vereador Marcos Flávio, integrante da procuradoria jurídica do governo Marão e nome de maior peso eleitoral que havia no ninho dos tucanos, deixou o partido e vai continuar entre os apoiadores do prefeito.

Também saíram o pastor Carlos Moraes, Roberto de Jesus (Corsário), Paulo Roberto Carmo (7 flechas) e o 1º suplente de vereador Jonilson Souza (que tem cargos no governo municipal). Permaneceram Alan Marinho, Adilson Souza, Ivan Benevides e Tyandrer Macedo.

A partir da aliança com Valderico Junior, o PSDB-Ilhéus vai receber ex-integrantes do Podemos, que deixaram a legenda por terem se recusado a apoiar Marão.

Fapesb lança edital de apoio à pesquisa no combate ao novo coronavírus

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação informa a toda a comunidade da UFSB que foi lançado o edital de apoio à pesquisa no combate ao novo coronavírus pela Fapesb. Os resultados dos estudos dos projetos submetidos no edital devem propor auxiliar na prevenção, diagnóstico e/ou tratamento do COVID-19.

O portal da referida fundação informa que os interessados podem se inscrever até às 17h do dia 2 de abril de 2020. O resultado final será divulgado no dia 15 de abril.

Para mais informações e também para conferir o edital na íntegra acesse o portal www.fapesb.ba.gov.br.

Abertas inscrições para profissionais da saúde e administrativo interessados em trabalhar no Hospital Espanhol

As vagas são para profissionais interessados em trabalhar no tratamento de pessoas com Covid-19.

Estão abertas as inscrições para formação de banco de dados interessados em trabalhar no Hospital Espanhol, em Salvador. Segundo anunciado pelo governo da Bahia, a unidade será usada no tratamento dos pacientes com coronavírus e terá 160 leitos entre Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e apartamentos.

Ao todo, serão mais de 300 vagas, para áreas da saúde e administrativa, como analista financeiro, recepcionista, enfermeiro, fisioterapeuta, maqueiro, técnico em laboratório e outros.

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pela internet. Após preencher o formulário, os interessados devem anexar os documentos comprobatórios de acordo aos requisitos referentes a cada função.

Mais informações, como quais documentos são exigidos para cada função, podem ser obtidas através do edital, disponível na internet.

Até a manhã desta segunda-feira (30), a Bahia havia registrado mais de 150 casos confirmados de coronavírus, e uma morte decorrente da doença.

Do G1 Bahia.