Ilhéus: funerária está com medo de remover corpo de idosa que morreu de parada respiratória

 

Imagem ilustrativa

Funcionários do Hospital Sâo José entraram em contato com o BG para reclamar da funerária CAFI. A empresa não está disposta a remover o corpo de uma senhora de 74 anos, falecida ontem (sábado, 4), após uma parada respiratória.

O serviço funerário teria um acordo com a direção do hospital para remover os corpos, mas por temer que a idosa tenha falecido em decorrência da Covid-19, se recusa a fazer a remoção. Até o momento, não há certeza sobre a causa da morte, pois o resultado do exame não ficou pronto.

Os familiares da senhora estão revoltados com o tratamento e os funcionários do São José estão em estado de alerta com medo de contaminação. O corpo aguarda o devido preparo desde às 14 horas de ontem.

O BG tentou ouvir a funerária CAFI por meio do número 73 3633 6911, mas não conseguimos contato.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *