Em videoconferência com secretário da Saúde, prefeitos do sul da Bahia pedem apoio para fiscalizar população

Foto: Ascom/Sesab.

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, participou de uma videoconferência com cerca de 20 prefeitos e secretários de saúde do sul da Bahia, na tarde desta terça-feira (14), na sede da secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

De acordo com Vilas-Boas, “a região sul está se destacando num surto crescente no número de casos, superando o município de Feira de Santana, que hoje está com 48 casos confirmados, enquanto apenas Ilhéus e Itabuna, juntas, somam 75 casos”, ressaltou o secretário.

Representantes de Arataca, Buerarema, Camacã, Canavieiras, Coaraci, Floresta Azul, Ibicaraí, Ibirapitanga, Itabuna, Itapitanga, Itajuípe, Ilhéus, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Ubaitaba, Ubatã, Una e Uruçuca expuseram seus principais problemas e dificuldades diante da pandemia da Covid-19. A maioria relata dificuldades em convencer as pessoas a não se aglomerarem em feiras livres, lotéricas, bancos, bares, templos religiosos e até em velórios.

Sobre o funcionamento do comércio, que é livre em cidades que não possuem casos confirmados de Covid-19, o titular da pasta da Saúde ressaltou o decreto estadual sancionado ontem (13), que obriga os comerciantes a oferecerem máscaras aos funcionários e clientes a fim de garantir uma zona de comércio livre de coronavírus.

Em relação às feiras livres, já existe uma nota técnica do Comitê Estadual de Emergências em Saúde Pública, disciplinando que as barracas devam manter uma distância de 3 metros uma das outras, e os vendedores só possam trabalhar com máscaras.

Houve ainda um apelo dos prefeitos do sul para que a Polícia Militar da Bahia intervenha nos municípios para apoiar o trabalho das guardas municipais, sendo que esta demanda será direcionada para a Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Bahia registra 776 casos confirmados de Covid-19

A Bahia registra 776 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 7,86% do total de casos notificados. Até o momento, 5.268 casos foram descartados e houve 25 óbitos, sendo 13 no município de Salvador e 12 nos municípios de Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1), Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1), Ilhéus (1), Belmonte (1) e Vitória da Conquista (1). O 25º óbito ocorreu em 10 de abril e refere-se a uma mulher de 84 anos residente na capital baiana, com histórico de hipertensão, dislipidemia e tuberculose pleural, que estava internada em um hospital público em Salvador. O resultado laboratorial confirmando o diagnóstico positivo de Covid-19 foi divulgado em 11 de abril, e a investigação epidemiológica concluiu a análise hoje (14).

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta terça-feira. Ao todo, 191 pessoas estão recuperadas e 85 encontram-se internadas, sendo 29 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Os casos confirmados estão distribuídos em 78 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (54,77%). Quanto ao sexo dos casos confirmados, 434 (55,93%) são do sexo feminino. A mediana de idade foi 39 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa
etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 28,61% do total. O coeficiente de incidência por 1 milhão de habitantes também foi maior nesta faixa etária (96,77/ 1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer passou a ser maior
entre os adultos jovens, seguida da faixa de 50 a 59 anos (94,73).

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Para acessar o boletim completo, com a lista de municípios com casos confirmados, clique aqui.

(mais…)

Ilhéus: casos de Covid-19 mais do que dobraram em uma semana

Ilhéus está com 47 casos confirmados da Covid-19 de acordo com o boletim epidemiológico divulgado na tarde desta terça-feira pela Secretaria de Saúde do Estado.

Os dois últimos casos contabilizados são de  uma mulher, de 45 anos, residente no Malhado e de um homem, de 58 anos, morador do bairro Cidade Nova.

No dia 07 de abril, há oito dias, a cidade tinha 21 pacientes com a doença. O número mais que dobrou em apenas uma semana.

Idosa de 62 anos é a 26ª morte por Covid-19 na Bahia

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, nesta terça-feira (14), mais um óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado.

A 26ª morte foi de uma paciente de 62 anos, residente em Itapé, com histórico de cirrose, hepatite B e cardiopatia. Ela estava internada em um hospital público em Ilhéus desde 3 de abril, vindo a falecer em 10 de abril.

A data da coleta para o diagnóstico da Covid-19 foi em 11 de abril e o resultado confirmatório foi divulgado no dia seguinte, sendo que a investigação epidemiológica foi concluída hoje.

Covid-19: Bahia registra mais duas mortes

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, nesta terça-feira (14), dois óbitos pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado. O 23º óbito foi de uma paciente de 82 anos, residente em Belmonte, que estava internada em um hospital em Porto Seguro, desde o último dia 4 de abril, e veio a óbito hoje, dia 14. A paciente era portadora de diabetes e hipertensão arterial.

O 24º óbito foi de uma mulher de 95 anos, residente em Salvador, que estava internada desde o último dia 11, em um hospital na capital, e veio a óbito no dia 12, domingo. A paciente era portadora de diabetes, doença cardiovascular crônica e doença neurológica crônica.

Una: profissional de saúde é o primeiro caso de Covid-19

O prefeito de Una, Tiago Birschner, usou as redes sociais nesta terça-feira, 14, para informar que a cidade já tem um caso registrado de Covid-19.

Trata-se de uma mulher de 39 anos, profissional de saúde que apresenta sintomas leves da doença.

Segundo ele, a mulher está sendo acompanhada pela Secretaria de Saúde desde o dia  06 de abril e permanece em isolamento domiciliar.

Veja o vídeo do prefeito:

 

Coronavírus: número de infectados é quinze vezes maior, aponta estudo

Foto: Leo Martins / Agência O Globo.

Fonte: O Globo

O número de casos de infecção pelo novo coronavírus no Brasil supera 313 mil pessoas, segundo uma nova análise de modelagem numérica da Covid-19 — o último boletim do Ministério da Saúde fala em 23.430 casos confirmados. A estimativa foi apresentada ontem pelo portal Covid-19 Brasil, que reúne cientistas e estudantes da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade de Brasília (UnB), entre outros centros de pesquisa do país. Para a data de 11 de abril, a modelagem estimou haver 313.288 infectados, número mais de 15 vezes maior que o oficial naquela data, de 20.727.

O Brasil é um dos países que menos testam no mundo, embora seja o 14° mais afetado. Se o número de casos subnotificados projetado fosse considerado, seria o segundo do mundo, atrás somente dos EUA, que testam 8.866 pessoas por milhão, enquanto o Brasil faz 296 testes por milhão de habitantes.

Medidas mais rígidas
O grupo, que tem acertado as projeções sobre a doença desde o início da epidemia, também projeta as estimativas de ocupação dos leitos de emergência e de UTIs nos estados. A primeira projeção detalhada, para o Distrito Federal, traça três cenários. Em todos, a situação é dramática.

— O modelo que trabalhamos considera que para os três cenários todos os leitos estão disponíveis no começo da epidemia. Mas, como segundo o próprio Ministério da Saúde informa, estamos em média com uma taxa de ocupação de 75%, e essas previsões podem ser mais dramáticas — observa o especialista em modelagem computacional Domingos Alves, integrante do grupo e líder do Laboratório de Inteligência em Saúde (LIS) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (USP).

O caos na rede de saúde em São Paulo poderá acontecer ainda mais cedo do que nos demais estados. A análise detalhada não foi realizada ainda para São Paulo, mas, devido ao número de infectados ser muito maior do que o notificado e ao fato de a população ter reduzido o engajamento às medidas de distanciamento social. Alves diz que o cenário é muito negativo. (mais…)

Lei que obriga o uso de máscaras de proteção em empresas entra em vigor em 72h

Nesta terça-feira (14), foi publicado no Diário Oficial do Estado a Lei 14.258, que determina a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção em locais de trabalho, para evitar a contaminação pela Covid-19. Pela nova lei, sancionada pelo governador Rui Costa ontem (13), os empregadores devem fornecer e fiscalizar o uso por seus funcionários, em estabelecimentos comerciais, industriais, bancários, no transporte rodoviário, metroviário e de passageiros em geral, tanto público quanto privado. Esta Lei entra em vigor no prazo de 72 horas após a sua publicação.

O não cumprimento da nova lei estadual resultará em pagamento de multas, cujos valores serão definidos em regulamentação específica, ainda a ser divulgada pelo Governo do Estado. Os recursos oriundos da penalidade serão destinados às ações de combate à Covid-19.

O projeto de lei de autoria do Governo do Estado foi encaminhado pelo governador Rui Costa à Assembleia Legislativa e aprovado, por unanimidade, pelos deputados, no último sábado (11). Além das máscaras, os estabelecimentos têm que oferecer locais para higienização das mãos com água corrente ou disponibilizar pontos com álcool gel 70%.

Receita regulariza mais de 90 mil CPFs para concessão do auxílio de R$ 600

A Receita Federal informou ontem (13) que atendeu mais de 90 mil pedidos de regularização do CPF durante o feriado. Segundo o Fisco, mais de 1.200 servidores trabalharam durante a Páscoa para reduzir o estoque de pedidos para regularizar o documento. Nesta manhã, restavam pouco mais de 7 mil pedidos não analisados.

A regularidade cadastral do documento é um dos requisitos para a concessão do auxílio emergencial de R$ 600 por parte do governo. O pedido de regularização do CPF por alguma questão cadastral pode ser realizado pela internet ou por e-mail.

“No total, mais de 11 milhões de cidadãos não terão impedimento de cadastramento para efeito do recebimento do auxílio emergencial por este tipo de pendência”, explicou o órgão.

Do Metro1.

Saque em dinheiro do auxílio emergencial começa dia 27

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil.

Fonte: Agência Brasil

Benefício de R$ 600 pagos a trabalhadores de baixa renda afetados pela pandemia de coronavírus, o auxílio emergencial começará a ser sacado em dinheiro no próximo dia 27. A Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos, anunciou o novo calendário na noite da segunda-feira (13).

Os saques ocorrerão conforme o mês de nascimento do beneficiário. As retiradas ocorrerão no dia 27 para os nascidos em janeiro e fevereiro, no dia 28 para os nascidos em março e abril, 29 para os nascidos em maio e junho, 30 para os nascidos em julho e agosto. Em maio, será a vez de os nascidos em setembro e outubro sacarem o benefício no dia 4; e os nascidos em novembro e dezembro, no dia 5.

O dinheiro poderá ser retirado sem a necessidade de cartão em casas lotéricas, caso elas estejam abertas, e em caixas eletrônicos. A Caixa ressalta que não é necessário retirar o dinheiro porque o dinheiro depositado na poupança digital pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, para pagamento de boletos e contas domésticas e para transferências ilimitadas para contas da Caixa, permitindo até transferências mensais gratuitas para outros bancos nos próximos 90 dias.

Adiamento

A Caixa adiou o início do pagamento aos trabalhadores que usaram o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, ou o site auxilio.caixa.gov.br, para atualizarem as informações no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) do governo federal. Esse grupo só começará a receber o auxílio emergencial na quinta-feira (16), na mesma data em que começa o pagamento dos beneficiários do Bolsa Família. (mais…)

Coronavírus: Governo da Bahia encaminha projeto para garantir vale alimentação para alunos da rede estadual

Imagem: Alberto Coutinho/Secom

O governador Rui Costa anunciou que encaminhou, ontem (13), à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), um projeto de lei para garantir que todos os estudantes da rede estadual de ensino recebam um vale alimentação.

De acordo com a assessoria do governo, o órgão vai investir R$ 44 milhões com recursos próprios na medida, que vai beneficiar cerca de 800 mil alunos. O governador explicou que a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz) avalia, junto às instituições financeiras, uma forma de viabilizar o mais rápido possível a liberação do recurso.

“Essa é uma medida para garantir que esses jovens possam reforçar a alimentação em suas famílias neste momento de pandemia do novo coronavírus. Tenho certeza que teremos o empenho da Assembleia Legislativa pela aprovação do projeto. Estamos em diálogo com os bancos para verificar o formato mais rápido de fazer esse dinheiro chegar na mão de cada família”, disse Rui.

Uso obrigatório de máscaras em estabelecimentos públicos e privados

O governador também revelou, através da assessoria, que, ainda nesta segunda-feira, foi sancionado o projeto de lei do Governo do Estado que determina que estabelecimentos privados e públicos em funcionamento assegurem máscaras para seus funcionários em serviço e fiscalizem o uso do material.

O projeto foi aprovado pela Alba no último sábado (11) e abrange todos os estabelecimentos industriais e comerciais. Com a nova lei, o uso deixa de ser opcional e passa a ser obrigatório.

Segundo o governador, o empregador também será responsável por fiscalizar o uso do equipamento pelos funcionários. As penas previstas para quem descumprir a medida são o pagamento de multa e até fechamento do estabelecimento.

do G1 Bahia.