Marão toma bronca de secretário estadual por manter a Central de Abastecimento do Malhado em funcionamento

Notinhas.

Imagem extraída de vídeo.

Na videoconferência que aconteceu na terça-feira, 14, entre os prefeitos do sul da Bahia, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, tomou uma bronca do secretário estadual de saúde, Fábio Vilas-Boas, por manter a Central de Abastecimento do Malhado em pleno funcionamento. Marão contra-argumentou ao dizer que a “Central” vende alimentos. A bronca pode ser vista aos 1min40seg de vídeo.

O secretário não aceitou a justificativa. Advertiu que o funcionamento da principal feira livre viola as normas da nota publicada por duas secretarias estaduais, SEAGRI/SEAP (Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura e da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização).

O secretário Vilas-Boas tem usado as redes sociais há alguns dias para chamar a atenção dos moradores do sul da Bahia. “A região sul está se destacando num surto crescente no número de casos, superando o município de Feira de Santana, que hoje [fala de terça-feira, 14] está com 48 casos confirmados, enquanto apenas Ilhéus e Itabuna, juntas, somam 75 casos”, ressaltou o secretário durante o encontro.

No vídeo fica patente a fraqueza de Marão como gestor, no momento em que pediu ao secretário para transmitir um pedido de ajuda ao Comandante Geral da Polícia Militar da Bahia, Anselmo Brandão.

Como autoridade maior do município, Marão poderia fazer uma reunião virtual com os comandantes das três Companhias de Polícia Militar de Ilhéus. Caso eles recusassem ajuda, possibilidade bem improvável, só a partir daí o prefeito deveria pedir auxílio direto ao Comando Geral da PM.

A forma como o prefeito se dirige ao secretário para pedir ajuda reforça o argumento utilizado pela antropóloga Georgia Couto em entrevista ao BG.

A professora afirmou que grande parte da população não respeita o prefeito, por ele passar a imagem de “menino/malandro”, que não consegue fazer valer sua vontade legalmente conferida pelos munícipes.

Veja o vídeo:



One response to “Marão toma bronca de secretário estadual por manter a Central de Abastecimento do Malhado em funcionamento

  1. Pra começar, até hoje a vacinação é feita dentro de salas nos postos de saúde. Desde o início da campanha, em outras cidades, se criou a opção de vacinar nós carros. Agora, então que a situação do sul do Estado é séria, é inaceitável. Pedir ajuda porque as pessoas estão violando o decreto sem fazer direito a parte que é da competência do município é complicado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *