Ilhéus é a triste “capital” da Covid-19 na Bahia

Ilhéus.

Ilhéus assumiu o posto de município com o maior coeficiente de incidência da Covid-19 na Bahia. Entre todos os municípios, Ilhéus que ocupava a 4ª posição na última semana, hoje amarga o 1º lugar.

Antes Ilhéus liderava apenas entre os municípios mais populosos.

 

O número de casos em Ilhéus cresce assustadoramente junto com a evolução do coeficiente. Note o crescimento:

segunda-feira (13) eram 44 casos e coeficiente de 271,06;
quarta-feira (15) 49 casos e coeficiente de 301,86;
quinta-feira (16) 55 casos e coeficiente de 338,82;
sexta-feira (17) 60 casos e coeficiente de 369,62;
segunda-feira (20) 79 casos e coeficiente de 486,67;
na última quarta-feira (22) 95 casos e coeficiente de 585,24;

Ontem (quinta-feira 23), Ilhéus passou Uruçuca e saltou para o 1º lugar da lista com 127 casos e coeficiente de 782,37.

As informações são da Secretaria de Saúde da Bahia divulgadas diariamente no Boletim Epidemiológico.

Ilhéus está acima de cidades mais populosas como Salvador (393,75), Itabuna (464,3), Lauro de Freitas (186,45), Feira de Santana (102,46) e Vitória da Conquista (67,95).

O índice mede a incidência do vírus em relação à população e calcula o risco que uma pessoa corre de desenvolver a doença.



2 responses to “Ilhéus é a triste “capital” da Covid-19 na Bahia

  1. Enquanto as autoridades não suprirem os hospitais de EPIs adequadas e suficientes para os trabalhadores da saúde, esse número aí rende a crescer. Os hospitais viraram focos da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *