Funcionários da UBS do Nossa Senhora da Vitória exigem testagem em massa para o Covid-19

Funcionários da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Nossa Senhora da Vitória, em Ilhéus, estão muito preocupados. De acordo com um funcionário, que preferiu ter sua identidade preservada para não sofrer represálias, a unidade de saúde já teve dois profissionais com diagnósticos positivos para novo coronavírus (Covid-19).

Esses dois trabalhadores apresentaram sintomas e fizeram os testes por conta própria, com o resultado positivo, ambos foram afastados de suas funções. Depois desse fato, a UBS do bairro recebeu uma lavagem na área externa e não sofreu uma higienização e desinfecção na parte interna da unidade, denuncia o funcionário.

“Os funcionários que foram acometidos pelo Covid-19, receberam alta, voltaram ao trabalho, porém, não realizaram um novo teste para negativar e excluir de uma vez a enfermidade. Além disso, a unidade tem mais de 10 profissionais afastados com suspeita de terem contraído o novo coronavírus”, disse o denunciante.

Ainda, conforme relato, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) recebeu os testes rápidos para o Covid-19, e não realiza a testagem em todos os profissionais de saúde, mas apenas em alguns servidores. “O material para realização desses exames foram recebidos há aproximadamente 10 dias, mas estão escolhendo quem testar. Enquanto isso os funcionários continuam trabalhando sem saber se estão contaminados, levando risco de contágio para os pacientes e até a sua própria família”, desabafou o trabalhador.

“Os funcionários da Unidade de Saúde do Nossa Senhora da Vitória exigem testagem em massa para todos os funcionários que trabalham no local”, concluiu o profissional.

Do site Blog do Chicó.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *