Vídeo de festa postado na quarta-feira (06) traz uma voz bem parecida com a de Marão

Notinhas.

Postagem de Suelen Valiense com Fábio Junior publicada no Instagram na quarta-feira, 6.

Ilhéus vive dias tensos e de bastante sofrimento.

Comércio fechado, muitos desempregados e a morte rondando corações e mentes.

A cidade tem 13 óbitos e a maior taxa de contaminação por Covid-19 na Bahia.

Em paralelo, o secretário municipal de turismo, Fábio Junior, e o prefeito Mário Alexandre foram denunciados por promoverem festas no Condomínio Aldeia Atlântida, no privilegiado litoral sul do município.

As supostas festas, se realmente aconteceram, desrespeitam o isolamento social e afrontam a preocupação de todos que moram em Ilhéus com o novo coronavírus. Inegavelmente, não é tempo de alegria.

No vídeo abaixo, publicado na noite da última quarta-feira, 6, no Instagram da “digital influencer” Suelen Valiense, uma voz bem parecida com a de Marão, e embargada pelo álcool, se destaca ao pronunciar uma frase de conteúdo escatológico.

Na mesma data, Suelen Valiense também publicou uma foto ao lado do secretário Fábio Junior.

Veja e, principalmente, ouça.

Médico Antônio Carlos Rabat já respira sem aparelhos

Antônio Carlos Rabat.

O médico Antonio Carlos Rabat está em melhora progressiva.

Nesta quinta-feira, 07, os profissionais de saúde de que cuidam dele retiraram o tubo de ventilação mecânica e Rabat já respira sem o auxílio de aparelhos.

Rabat está consciente e já responde quando chamam pelo seu nome.

A perspectiva é que ele saia da UTI até o próximo sábado ou no início da semana posterior.

Internado na UTI do Hospital São José desde o dia 25 de abril, Rabat após quatro exames foi diagnosticado com Covid-19.

Sobe para 14 o número de idosos do Abrigo São Vicente atingidos pela Covid-19

Abrigo São Vicente de Paulo.

Subiu para 14 o número de idosos moradores do abrigo São Vicente de Paula, em Ilhéus, infectados pela Covid-19. Até hoje pela manhã o número oficial era de 11 doentes. Agora à tarde, mais três casos foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Pode haver ainda mais casos. Alguns resultados de exames coletados entre os idosos e, também, de todos os funcionários e colaboradores da instituição, ainda não chegaram segundo informações do secretário Geraldo Magela.

*Com informações do Jornal Bahia Online.

Taxa de leitos de UTI ocupados na Bahia diminui para 54% nesta quinta, 07

Imagem ilustrativa.

A Bahia possui 422 leitos de UTI exclusivos para a Covid-19. Deste total, 228 estão com pacientes internados, segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde da Bahia publicado nesta quinta-feira, 07.

Em relação à estrutura necessária para os casos mais graves, o estado está com 64% dos leitos de UTI ocupados. Ontem, 06, a taxa era de 64% com 223 pessoas internadas.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito.

Bahia tem 4528 confirmações de Covid-19

A Bahia registra 4.528 casos confirmados de Covid-19, o que representa 23,81% do total de casos notificados no estado. Considerando o número de 1.070 pacientes recuperados e 165 óbitos, 3.293 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 158 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (63,54%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes são: Ipiaú (2.201,73), Ilhéus (1.694,11), Uruçuca (1.657,00), Itabuna (1.327,25) e Coaraci (1.118,11).

O boletim epidemiológico registra 10.864 casos descartados e 19.017 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 855 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 432 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 51%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 422 leitos exclusivos para o coronavírus, 228 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 54%. Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Exames

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 24.040 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 4 de maio de 2020. Atualmente, 2.046 amostras estão em análise laboratorial e os exames são liberados em até 48 horas.

Óbitos (mais…)

Uruçuca: Polícia Militar reafirma compromisso com a prefeitura no combate ao coronavírus

Foot: Ascom/Uruçuca.

O Prefeito de Uruçuca, Moacyr Leite Júnior, se reuniu na quarta-feira, 6, com o representante da Polícia Militar, Tenente Silveira, que reafirmou o compromisso da corporação no apoio às medidas tomadas pelo Município no enfrentamento à Pandemia do Coronavírus. Participaram no encontro, o Secretário de Administração e Finanças, José Carlos Brito (Zezé) e colaboradores da Polícia Administrativa.

O Prefeito Moacyr Leite Júnior reiterou que toda a gestão está empenhada nos trabalhos de combate a Pandemia e enalteceu a importância da PM para garantir a ordem e a paz. “A Polícia Militar, tem um papel importante na luta contra a propagação do Covid-19, desta forma estará atuando de modo efetivo em conjunto com o poder executivo nas mais diversas ações”, finalizou.

Secretário de turismo de Ilhéus promove festas em plena pandemia, denuncia moradora de condomínio

O secretário de Turismo, Fábio Junior e o prefeito Mário Alexandre.

Secretário desmente e faz quatro desafios à denunciante

Nesta quinta-feira, 07, uma moradora do condomínio Aldeia Atlântida denunciou que o secretário de turismo de Ilhéus, Fábio Junior, tem promovido festas durante a pandemia. Os eventos têm a presença de pessoas de fora do condomínio e de moradores, como é o caso do prefeito Mário Alexandre, frequentador assíduo.

A denúncia foi feita no programa Jornal do Meio Dia, apresentado pela jornalista Cátia Gomes na Gabriela FM. Segundo a moradora, as festas acontecem constantemente e atrapalham a tranquilidade dos vizinhos. Ela disse também que muitas pessoas já reclamaram na direção do condomínio, ligaram para a delegacia, mas nada foi feito.

Durante as festas, que duram até tarde da noite, os vizinhos são obrigados a ouvir xingamentos.

A mulher, que preferiu não se identificar por medo de retaliações, afirmou ter ocorrido uma briga numa determinada noite. A Polícia Militar e o Samu foram acionados para controlar os ânimos e prestar socorro. Segundo a denunciante, as farras são perigosas e vão de encontro à tranquilidade do condomínio, característica que prevalecia antes das comemorações na casa do secretário de turismo.

O outro lado.

Em resposta ao BG, o secretário Fábio Junior desafiou a moradora a informar que dia houve festa na residência dele ou quando o Samu, Cippa e a Polícia Militar estiveram lá. O secretário afirmou que se ela responder e provar pelo menos um dos desafios, pedirá exoneração publicamente. Fábio afirmou que recebeu algumas pessoas para assistir a uma “live” na televisão e que houve música, mas não excedeu o limite de emissão sonora permitido.

A denunciante disse no programa que Najila Trindade (modelo que acusou o jogador Neymar de estupro) ainda mora na casa do secretário. Fábio nega a informação e afirma que Najila saiu de sua residência há 6 meses.

Conforme pode ser verificado na internet, a saída de Najila da casa de Fábio Junior gerou muita confusão e o secretário foi parar num programa A tarde é sua da Rede TV!

O BG entrou em contato com o prefeito Mário Alexandre mas ele não respondeu.

Ouça de denúncia

Médico Júlio Guzmán tem alta hospitalar

Médico foi liberado nesta quinta, 06.

Segundo o Jornal Bahia Online, o diretor clínico do Hospital São José, o médico cubano Júlio Gusmán, vítima da Covid-19, recebeu alta hospitalar hoje.

Júlio passou semanas em período de internação no Hospital de Ilhéus, onde esteve intubado e na Unidade de Terapia Intensiva, conforme o BG informou.

O médico é um dos mais competentes infectologistas da região e pessoa bastante querida na cidade.

Bahia registra 4.466 casos confirmados de Covid-19 e 161 mortes

A Bahia registra 4.466 casos confirmados de Covid-19. Considerando o número de 1.030 pacientes recuperados e 161 óbitos, 3.275 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.

O boletim epidemiológico registra 10.712 casos descartados e 18.803 notificações. Até o momento, 215 profissionais de saúde tiveram diagnóstico positivo para Covid-19. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 161 mortes pelo novo coronavírus nos seguintes municípios: Adustina (1); Água Fria (1); Araci (1); Belmonte (1); Buerarema (3); Camaçari (1); Capim Grosso (2); Catu (1); Coaraci (1); Feira de Santana (2); Gandu (1); Gongogi (2); Ibirataia (1); Ilhéus (11); Ipiaú (2); Itabuna (6); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (2); Jequié (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5); Maraú (1); Nilo Peçanha (1); Salvador (98); Ribeiro do Pombal (1); São Francisco do Conde (1); Ubaitaba (1); Uruçuca (4); Utinga (1); Vereda (1); Vitória da Conquista (4). Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até 12 horas desta quinta-feira (7).

161º óbito: homem, 70 anos, com histórico de diabetes, residente em Capim Grosso. Deu entrada no dia 29 de abril em um hospital público de Capim Grosso, vindo a óbito na última segunda-feira (4).

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

Guardas municipais reclamam das condições de trabalho no Centro de Atendimento à Covid-19

Imagem enviada via WhatsApp.

Em contato com a redação do BG, guardas civis municipais que trabalham no Centro de Atendimento à Covid-19, instalado no Centro de Convenções de Ilhéus, reclamam das condições de trabalho.

Não há água potável nem material de proteção como álcool em gel no local. Eles afirmam também que os alojamentos não oferecem condições dignas de trabalho.

Alguns guardas também reclamam de uma suposta perseguição do comando.

“A gestão de Mário Alexandre manda o comandante perseguir seus opositores. Estamos há quase quatro anos sendo perseguidos”, denunciou um deles sem explicar como acontece.

O BG entrou em contato com o comando da Guarda Municipal e aguarda a resposta.

Atualizado às 15h07min.

O comandante da Guarda Municipal, Leonardo Bandeira, afirmou que as instalações foram verificadas pelo inspetor de logística da GCM que escolheu um dos locais disponibilizados. Ele afirmou que os servidores estão no Centro de convenções desde a inauguração do centro de triagem e que houve apenas uma reclamação que foi prontamente sanada.

Sobre perseguições, o comandante afirmou que durante o tempo que ocupa o cargo não foi acionado MPBA ou MPT por assédio e perseguição, como seria o procedimento certo a ser feito. Ele salienta que ao ser alertado de alguma anormalidade no serviço procura solucionar o mais rápido possível.

Brasil já perdeu mais profissionais de enfermagem para o coronavírus do que Itália e Espanha juntas

Do El País

A enfermeira Carla Mileni Siqueira dos Santos (de óculos vermelho), 49, com parte de sua equipe, em uma foto de arquivo.

Coube à enfermeira veterana Carla Mileni Siqueira dos Santos, 49, colher o material para exames da primeira pessoa com suspeita de covid-19 na pequena cidade de Rondon do Pará (PA), em meados de março. A situação era assustadora: uma doença sem cura, sobre a qual pouco se sabia, em um hospital modesto de um município de 52.000 habitantes.

Com mais de 20 anos de profissão, Carla fez aquilo que sempre fez ao longo da carreira: tranquilizou a paciente, uma idosa, e calmamente realizou o protocolo para testagem da doença. Mesmo tomando todos os cuidados, dias depois ela própria adoeceu. Ficou alguns dias em isolamento em casa, mas a situação piorou e ela precisou ser internada no final de abril.

“No domingo de manhã, 3 de maio, ela teve uma piora e pediu para ser entubada. Mas teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu”, conta Nathalia Roberta Siqueira dos Santos, 25, filha de Carla. “Foram 21 anos dedicados à enfermagem com muito amor. Ela era apaixonada pela profissão, uma líder que além de trabalhar na linha de frente dava cursos e ajudava a formar profissionais de saúde, enfermeiros, técnicos e auxiliares”, conta.

Estas mulheres —quase 85% dos trabalhadores de enfermagem são do sexo feminino— e homens que estão todos os dias na linha de frente do combate ao coronavírus nos hospitais brasileiros estão morrendo a uma taxa alarmante, uma das maiores do mundo. De acordo com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), até esta quarta-feira foram identificados 73 óbitos de profissionais pela covid-19 no país.

São vítimas jovens: a maior parte (41) tinha menos de 60 anos, sendo uma delas de apenas 29 anos. A cidade de São Paulo, maior epicentro da crise sanitária no país, lidera o ranking com 18 mortos, seguida por Rio de Janeiro, com 14 casos. O Cofen laçou uma plataforma para monitorar as mortes na enfermagem em todo o Brasil, com o auxílio dos Conselhos Regionais. Além destas vítimas, outros 16 óbitos envolvendo trabalhadores da área ainda estão sob análise, aguardando resultado de testes. (mais…)

Bahia tem mais quatro cidades com transporte suspenso; total chega a 115

Rodovia BR 101.

Itapé, Jacobina, Jitaúna e Tucano terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de sexta-feira (8). A restrição envolve a circulação, saída e chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

A medida, que tem como objetivo conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (7). O decreto também autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Acajutiba, Ipirá e Serra Preta, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de covid-19.

No total, a Bahia possui 115 municípios com transporte suspenso. A lista inclui Abaíra, Água Fria, Alagoinhas, Almadina, Amélia Rodrigues, Aracatu, Arataca, Barra do Choça, Barro Preto, Buerarema, Caetanos, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Canavieiras, Candeias, Castro Alves, Catu, Coaraci, Conceição do Coité, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Eunápolis, Feira de Santana, Gandu, Governador Mangabeira, Guaratinga, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ibirataia, Ibotirama, Ilhéus, Ipiaú, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itagibá, Itajuípe, Itamari, Itaparica, Itapetinga, Itatim, Ituberá, Jaguaquara, Jaguarari, Jequié, Juazeiro, Jussari e Jussiape.

Também estão com transporte suspenso as cidades de Laje, Lajedo do Tabocal, Lauro de Freitas, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Madre de Deus, Maracás, Maragogipe, Maraú, Mata de São João, Morpará, Mucugê, Nazaré, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Soure, Oliveira dos Brejinhos, Paramirim, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pilão Arcado, Pojuca, Porto Seguro, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Ribeira do Pombal, Rio Real, Salvador, Santa Bárbara, Santa Cruz Cabrália, Santa Luzia, Santa Teresinha, Santaluz, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, São Felipe, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São José da Vitória, São Sebastião do Passé, Sátiro Dias, Saubara, Seabra, Serra do Ramalho, Serrinha, Simões Filho, Taperoá, Teixeira de Freitas, Ubaitaba, Ubatã, Una, Uruçuca, Valença, Valente, Várzea Nova, Vera Cruz e Vitória da Conquista.

11 idosos do Abrigo São Vicente testam positivo para a Covid-19

Imagem ilustrativa.

É delicada – e preocupante – a situação do Abrigo São Vicente de Paulo, em Ilhéus. No local, exames feitos pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde revelam que 11 idosos testaram positivo para a Covid-19. Cinco deles demandam urgentemente tratamento em Unidades de Terapia Intensiva, dois já foram internados, os demais estão isolados.

Uma campanha já foi lançada pela instituição para doação de máscaras, água sanitária, luvas, álcool em gel e sabão líquido, no sentido de manter as condições de higienização do local. O estado realizou ontem, 06, a desinfecção do local. De acordo com o secretário municipal da Saúde, Geraldo Magela, os casos mais graves aguardam a abertura de 10 leitos de UTI no Costa do Cacau. “Estava prometido para anteontem e estamos aguardando”, disse ao Jornal Bahia Online.

Há quatro dias um idoso que morava no asilo morreu. O resultado do exame deu positivo para a Covid-19, segundo informações da Sesau.

*Com informações do Jornal Bahia Online.

MP cobra medidas urgentes para contenção de coronavírus em abrigo de idosos de Ipiaú

O Ministério Público estadual instaurou hoje, dia 6, procedimento administrativo para fiscalizar e acompanhar a situação da Fundação Casa Lar Dona Deraldina, localizada no município de Ipiaú. Na unidade, foi confirmada a contaminação pelo novo coronavírus de 34 idosos abrigados e seis trabalhadores da instituição, segundo boletim da Covid-19 divulgado ontem, dia 5, pelo Município.

As promotoras de Justiça Letícia Monte e Rafaella Carvalho expediram ofício à Prefeitura, no qual requisitam os serviços municipais de saúde e assistência social para realização de isolamento, em no máximo 24 horas, dos idosos contaminados por meio da retirada dos abrigados cujo resultado para contaminação foi negativo. Elas recomendam que os idosos não contaminados sejam transferidos para “instalações físicas em condições adequadas de habitabilidade, higiene, salubridade, segurança e saúde”.

As promotoras oficiaram também o Núcleo Regional de Saúde Sul do Estado da Bahia para que providencie, com prioridade máxima dentro do prazo de 12 horas, o resultado de todos os 91 testes “swab” (coleta de amostras de secreção das vias respiratórias) realizados nos idosos e profissionais da Fundação. Conforme a promotora Rafaella Carvalho, foram divulgados 54 resultados, sendo 36 idosos positivos e seis negativos, restando 26 resultados de idosos. Há no abrigo um total de 68 idosos.

Sobre medidas recomendadas antes

No último dia 20 de março, o MP já havia recomendado adoção de medidas de prevenção ao coronavírus na instituição. Hoje, as promotoras expediram ofícios à Fundação para esclarecer, em 48 horas, quais medidas preventivas foram adotadas para contenção do avanço do coronavírus, e à Prefeitura Municipal para informar, no mesmo prazo, sobre as medidas adotadas conforme a recomendação. No documento, a promotora Rafaella Carvalho orientou a Secretaria Municipal de Saúde a adotar, “com a máxima urgência que o caso exige, todas as medidas necessárias para a prevenção do coronavírus na Fundação Casa de Deraldina de Amparo a Velhices”.

Entre as medidas recomendadas, estavam o fornecimento de todos os equipamentos e materiais necessários aos funcionários e gestores das instituições que lidam com os idosos acolhidos, como máscaras, luvas, álcool gel, dispensadores de sabão, lenços de papel; higienização ambiental, redobrando os cuidados com a limpeza de maçanetas, portas e áreas de usos comum dos idosos, sempre com material de limpeza adequado; e restrição das visitas dos familiares dos idosos apenas a situações emergenciais e que justifiquem o contato físico com pessoas de fora da instituição.

As promotoras Letícia Monte e Rafaella Carvalho também instauraram, no último dia 13, procedimento administrativo para acompanhar a adoção de medidas preventivas e de combate à disseminação da Covid-19 no Hospital Geral de Ipiaú. Já no último dia 24, o MP orientou a Prefeitura a elaboração de plano e estudos técnicos para subsidiar a tomada de decisão sobre eventual abertura do comércio, que segue restrito a serviços essenciais.