Candidato à reeleição, Mário Alexandre não manda fiscalizar os bares para não se indispor

Notinhas.

Foto do prefeito Marão em pré-campanha postada na última sexta-feira, 9, no perfil da Superintendência de Trânsito de Ilhéus no Instagram. Depois que perceberam o erro, a imagem foi excluída.

O governador Rui Costa concedeu entrevista aos meios de comunicação do Sul da Bahia, nesta segunda-feira, 11.

O BG perguntou ao governador por qual razão a Polícia Militar, em Ilhéus, não age com mais rigor para fazer cumprir as medidas de isolamento social instituídas pelos decretos municipais.

Rui Costa disse que o poder de fiscalização é do município e que a PM dá apoio em caso de resistência e desobediência.

Segundo o governador, alguns municípios suspenderam o alvará de funcionamento de estabelecimentos que não cumprem as regras estabelecidas de isolamento social.

Durante o último final de semana, o BG recebeu informações de que vários bares funcionaram.

Fontes da Prefeitura de Ilhéus afirmam que o prefeito Mário Alexandre não tem exigido fiscalização rigorosa devido aos planos que ele tem de disputar as eleições deste ano.

Marão está em pré-campanha e não quer se indispor com os infratores. Até agora, as ações mais rigorosas de enfrentamento ao novo coronavírus realizadas por ele, foram feitas na “base da pressão” da sociedade como do governador Rui Costa e do secretário estadual de saúde, Fábio Vilas-Boas.

O prefeito está tão preocupado com a eleição que posou para fotos no acesso à nova ponte Ilhéus-Pontal fazendo o símbolo 55, utilizado na sua campanha de 2016.

Com isso, Marão está antecipando o processo eleitoral e devido à foto desrespeitou a legislação.

Vale lembrar que o próprio prefeito Mário Alexandre tem participado de festas no condomínio Aldeia Atlântida, conforme denúncia feita por uma moradora à rádio Gabriela FM. Em um vídeo publicado pelo BG é possível ouvir a fala do prefeito em uma dessas festas.

Ouça a pergunta do BG e a resposta do governador:



One response to “Candidato à reeleição, Mário Alexandre não manda fiscalizar os bares para não se indispor

  1. Enquanto o prefeito fica nessa posição de “aqui mamãe” a cidade, semi abandonada, fica a mercê do desgoverno. O que devia fazer era, nesse período de chuva, sair por aí e identificar os pontos de alagamento para, determinar sua limnpeza. Hoje, por exemplo, na ponte do pontal, observa-se inúmeros pontos de alagamento, decorrentes do entupimento dos ralos. A limpeza, é coisa simples. Outros pontos, já se tornaram corriqueiros como praça Cairu, esquina do Instituto municipal Ale´m disso, é vergonhoso a falta de sinalização da av. Soares Lopes. Quem sai da Catedral, somente o arquiteto do univarso para controlar. Prefeito, acorde!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *