Justiça nega habeas corpus e Lukas Paiva continua preso

Na tarde desta terça-feira, 19, o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) decidiu negar o pedido de liberdade feito pela defesa do vereador Lukas Paiva (PSB), que está preso preventivamente em Salvador desde março de 2020.

De acordo com o site Ilhéus Comércio, a decisão da 2ª Turma da 1ª Câmara Criminal foi unânime contra o Habeas Corpus. Esse é o segundo pedido de liberdade que o tribunal nega ao vereador de Ilhéus.

Lukas Paiva é réu em ações civil e criminal decorrentes da Operação Xavier, do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), que investiga crimes supostamente cometidos contra a Câmara de Vereadores de Ilhéus, quando o socialista a presidiu, no biênio 2017-2018.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *