Ex-ministro da saúde, Mandetta diz que vai colaborar com Ilhéus e Itabuna na luta contra a Covid-19

Luiz Henrique Mandetta.

O ex-ministro da saúde no governo Bolsonaro e médico, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que pretende colaborar com o sul da Bahia no combate à Covid-19. A afirmação foi feita durante uma live promovida pelo partido Democratas da Bahia, na noite de ontem (quinta, 21). O bate-papo contou com a participação do prefeito de Salvador, ACM Neto.

“Me ligaram, Neto [ACM], aí da Bahia, o pessoal ali da região de Itabuna, Ilhéus, com número de casos exponencial, aumentando. Estou fazendo um estudo, estou aqui estudando, hoje à noite vou me debruçar nos casos lá para ver se eu posso colaborar com alguma coisa”, disse.

Mandetta disse ainda que “é uma situação crítica, porque é um sistema de saúde muito pequenininho, uma distância razoável”. “Como fazer para atender?”, refletiu.

Dois ortopedistas, duas visões

Durante o período em que ocupou o cargo de Ministro da Saúde neste período de pandemia, o ortopedista Mandetta defendeu o isolamento social como medida essencial para o achatamento da curva de casos de contaminação, incluindo o “lockdown”, se necessário. Este fato também contribuiu para a sua exoneração, pois contraria a ‘visão comercial’ do presidente Bolsonaro.

Em Ilhéus, o também médico ortopedista e prefeito Mário Alexandre dá sinais de que a flexibilização do isolamento pode acontecer em favor de uma reabertura do comércio (veja aqui), mesmo Ilhéus figurando no topo da tabela de coeficiente de incidência da Covid-19 dos 10 municípios mais populosos da Bahia (veja aqui).



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *