OMS diz que Américas são novo epicentro da pandemia de coronavírus

Moradores de favela de Manaus colocam máscara para evitar contaminação pelo coronavírus. (Foto: Bruno Kelly \ Reuters)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera as Américas o novo epicentro da pandemia de coronavírus, e agora não é hora de os países aliviarem as restrições, disseram autoridades em entrevista nesta terça-feira (26).

Carissa Etienne, diretora da OMS para as Américas e chefe da Organização Pan-Americana da Saúde, disse por videoconferência que os surtos estavam se acelerando em países como o Brasil, onde o número de mortes relatadas na última semana foi o mais alto do mundo em um período de sete dias desde o início da pandemia de coronavírus. Informações de Reuters.

Pandemia, saúde e bicicletas

Apesar de todas as dificuldades, há sempre a luta e a esperança de que o Poder Público instale ciclovias; de que motoristas deixem de ver os ciclistas como empecilhos ao tráfego; e de que possamos, mediante um investimento viável para a imensa maioria das pessoas, utilizar a bicicleta com segurança e cuidar melhor de nossa saúde.

Por Julio Gomes.

Não é hora de defender, neste momento do avanço de mortes por COVID-19, o retorno às atividades econômicas nem àquilo que ainda chamamos de vida normal. Mas, mesmo deixando marcas inapagáveis, este momento trágico há de passar, pelo que devemos nos preparar para a nova vida no pós-pandemia que, no futuro, virá.

Em países da Europa duramente castigados pelo coronavírus, tais como Inglaterra e França, um dos aspectos que se afirmam como tendência é o uso da bicicleta nos deslocamentos de pessoas nas cidades, para retomar às atividades sem as aglomerações inevitáveis que ocorrem nos transportes coletivos; e também buscar mais saúde, algo que todos nós, sem dúvida, passamos a valorizar mais, no mundo inteiro.

Nos dois países acima mesmo durante o período mais difícil da pandemia as oficinas destinadas à manutenção de bicicletas figuraram como serviços essenciais, paralelamente à suspensão do funcionamento de ônibus, trens, metrô e outros meios de transporte em que há alto potencial de contágio.

Entretanto, os governos destes países foram muito além disso. Para incentivar o uso de bicicletas no período de desconfinamento, o governo francês decidiu criar um fundo de 20 milhões de euros, de onde sai uma ajuda individual única de 50 euros por pessoa (cerca de R$ 290,00) para quem quiser efetuar reparos em suas bicicletas.

Na Inglaterra, o Primeiro-Ministro afirmou, dia 6 de maio, que vislumbra “uma nova era de ouro para o ciclismo”, tendo anunciado uma série de medidas de incentivo ao uso da bicicleta, o que foi seguido por um pacote bilionário para o incentivo do ciclismo e de caminhadas.

Itália, Espanha, Alemanha e Bélgica também adotam iniciativas semelhantes, promovendo, entre outras medidas, o aumento do número e da quantidade de quilômetros de ciclovias e ciclofaixas nas cidades.

Estamos no Brasil e, obviamente, não esperamos que governos que não fornecem UTIs, nem respiradores, nem renda mínima para trabalhadores, nem socorro às pequenas e médias empresas venham a promover políticas de incentivo ao ciclismo como forma de prevenção contra novos contágios. Sabemos que, ressalvadas raras exceções dentre aqueles que exercem altos cargos públicos, estamos abandonados à nossa própria sorte.

(mais…)

Boletim Covid-19 (26/05): estado confirma 460 casos em Ilhéus

Boletim epidemiológico 26/05.

A secretaria estadual de saúde confirmou 460 casos (+1) de Covid-19 em Ilhéus, nessa terça-feira, 26. De acordo com o Boletim Epidemiológico da Bahia, outros 28 casos aguardam a validação pelo município. Já o boletim da Prefeitura de Ilhéus confirma 448 casos. Ainda de acordo com as informações municipais, 299 pessoas (+7) foram curadas da infecção, e 31 estão leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ilhéus ainda se encontra entre os 5 municípios com maior coeficiente de incidência da Covid-19. Na Bahia, são 14.566 casos confirmados.

Servidor de Coaraci é afastado das atividades após participar de festa de São João

Um policial Militar também teria participado do evento.

Um homem que trabalha como motorista para a prefeitura de Coaraci, cidade do sul da Bahia, foi afastado das atividades e posto em quarentena, após participar de uma festa de São João na noite de segunda-feira (25).

Um decreto do governo da Bahia antecipou para esta terça-feira (26) o feriado de São João, como medida para diminuir o movimento de pessoas nas ruas e, desta forma, diminuir a propagação do coronavírus.

Segundo Jadson Albano, prefeito da cidade, após ser identificado, o homem foi encaminhado para quarentena, em casa. Uma equipe já foi notificada para fazer o monitoramento dele.

A festa ocorreu em uma propriedade particular, na noite de segunda. O prefeito pontuou ainda que todas as pessoas já foram identificadas.

Nas imagens divulgadas nas redes sociais, é possível ver que a maioria dos participantes não usava máscara de proteção no rosto e nem mantinha a distância entre eles.

A prefeitura alega que nove pessoas participaram do evento, mas uma foto divulgada nas redes, onde os participantes aparecem bem próximos uns dos outros, revela 12 homens. Todos eles serão monitorados e submetidos ao teste da Covid-19.

Por meio de nota, a Polícia Militar disse que o 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM) foi acionado, mas, ao chegarem ao local, não havia mais ninguém. Disse ainda que soube da participação de policiais militares no evento e que tomará as medidas necessárias para apuração do fato. Informações do G1.

Ubaitaba: Prefeitura realiza desinfecção de ruas e locais para combater o coronavírus

Ubaitaba registra 21 casos confirmados e 1 óbito. (Foto: Ascom Ubaitaba)

Foi realizada na manhã desta terça-feira (26), a lavagem e desinfecção das ruas e locais de maiores movimentos na cidade.

A  equipe de desinfecção esteve no Hospital onde se concentra a base do SAMU e o Centro de Referência do Coronavírus, seguido da Barreira Sanitária e ruas no centro da cidade.

Ubaitaba conta até o momento com 21 casos positivos da COVID-19 (sendo 15 ativos, 5 recuperados, 1 óbito) ascendendo assim um alerta para proliferação do vírus, por conta disso as medidas estão sendo cada vez mais duras na expectativa de que os números não continuem em uma acrescente, à desinfeção foi feita com água, cloro e sabão.

Mais cinco idosos retornam ao Abrigo São Vicente de Paulo recuperados da Covid-19

Ao todo, são 21 recuperados.

Após total isolamento durante um período de 14 dias em quarentena na Casa de Retiro, mais cinco idosos do Abrigo São Vicente de Paulo se recuperaram da Covid-19.

Na última sexta (22), a direção da instituição informou a alta de 14 idosos que se recuperaram do novo vírus. Ao todo, são 21 idosos recuperados.

A diretoria do Abrigo agradece a todos que têm contribuído com a instituição tanto pelas doações como em forma de preces, e informa que todas as medidas de higiene para a proteção e segurança dos abrigados tem sido adotadas.

Prefeitura avisa ‘em cima da hora’, e Ilhéus fica sem coleta de lixo nessa terça-feira

Empresa afirmou que coleta retorna amanhã (quarta, 27).

A Prefeitura de Ilhéus noticiou ontem (segunda, 25), por volta das 19h30, que não haveria a coleta de lixo nessa terça-feira, dia 26. De acordo com as informações, a empresa CTA suspendeu as atividades hoje por conta do feriado estadual do São João. O serviço só deverá retornar amanhã (quarta, 27). Pegos de surpresa, a população continuou colocando o lixo nos pontos de coleta, amontoando resíduos pela cidade.

Igrejas Batista Memorial, Presbiteriana e Lindinópolis também não vão seguir Marão

Igrejas informaram que vão continuar com os cultos on-line.

Após o anúncio da Diocese de Ilhéus informando que as igrejas católicas em Ilhéus não abrirão, mesmo com o decreto do prefeito Mário Alexandre (“Marão”) permitindo o funcionamento de templos relegiosos a partir de sábado, 30, as igrejas Batista Memorial, Prebisteriana e Lindinópolis também se posicionaram contra a autorização.

As igrejas afirmaram que continuarão com os cultos on-line, e a Prebisteriana de Ilhéus, através do Reverendo Melquisedeque de Castro, disse que “é consciente da gravidade da pandemia de proporções assustadoras, que tem tirado muitas vidas, deixando um rastro de tristezas, de solidão e de lágrimas nos corações”.

Ilhéus: Igreja Católica decide não seguir decreto de Marão e templos ficarão fechados

Catedral de São Sebastião.

Em nota emitida nessa terça-feira, 26, o Bispo Diocesano de Ilhéus, Dom Mauro Montagnoli, informou que decidiu não seguir o decreto 037/2020, assinado pelo prefeito Mário Alexandre, permitindo a reabertura de templos religiosos no município a partir do próximo sábado (30) (veja aqui).

“Como pastor e pai, zelando pelo bem-estar de todos e por medida de precaução e prudência, achamos por bem manter fechadas nossas igrejas e capelas para as celebrações presenciais de culto”, diz o texto.

“Esta nossa decisão é fruto da compreesão de que a igreja é serva do Senhor da vida e busca testemunhar a fé, especialmente no cuidado com o outro”, segue o texto.

O Bispo ainda orienta os fiéis a continuarem celebrando em família a leitura da Palavra de Deus através de leitura e meditação da Bíblia, recitando o Terço e Santo Ofício e assistindo missas pela TV, internet ou rádio.

Clique e confira a nota na íntegra.

Obcecado pela reeleição, governo Mário Alexandre ignora os mortos

Mário Alexandre.

No dia 8 de maio, o país confirmava 125.218 casos de Covid-19 e 8.536 pessoas haviam morrido pela doença causada pelo novo coronavírus. Hoje (26) o número de brasileiros contaminados é de 374.898, e 23.473 cidadãos vieram a óbito, segundo o Ministério da Saúde.

Naquele mesmo dia, um editorial do Jornal Nacional trouxe a fala do apresentador William Bonner. O sensível discurso repercutiu nas redes sociais (assista aqui).

“O número muito grande de mortes, de repente, num desastre, sempre assusta. As pessoas levam um ‘baque’. Morreram mais de 250 pessoas em Brumadinho; é uma tragédia (…) mas, quando as mortes vão se acumulando ao longo de dias e semanas, como acontece agora, na pandemia, esse ‘baque’ se dilui e as pessoas vão perdendo a noção do que seja isso (…) ai o luto dessas tantas famílias vão ficando só pra elas”, disse o apresentador.

Dias depois, o Jornal Nacional removeu a ilustração do “inimigo número 1” (coronavírus) do painel do noticiário ao fundo dos apresentadores, quando o assunto trata dos casos de Covid-19 no país. Desde então, a ilustração foi trocada por um mosaíco com fotos de vítimas da doença, “para dar rosto aos brasileiros que o vírus nos tirou”, segundo explicações de Bonner.

Há também o site Inumeráveis, um memorial eletrônico dedicado à história de cada uma das vítimas do coronavírus no Brasil. O projeto, moderado por jornalistas, reúne relatos e dados sobre pessoas que morreram por causa da Covid-19. “Se nem todas as vítimas tiveram a chance de ter um velório ou de se despedir de seus entes queridos, queremos que tenham ao menos a chance de terem a sua história contada. De ganharem identidade e alma para seguir vivendo para sempre na nossa memória”, diz o texto sobre o site.

Em Ilhéus, o número de óbitos é menor. Porém, até onde se tem notícia, 28 vidas já se perderam. O governo do médico Mário Alexandre, também por meio da secretaria de comunicação social, ignora a história dessas pessoas, e a comunicação vai deixando de lado o seu “social”. Nenhum rosto, nada sobre as famílias. Apenas números.

A “estratégia” adotada pelo município parece ter um objetivo cruel: criar a falsa ilusão de normalidade. Dessa forma, se torna aceitável medidas impróprias para o momento, como a permissão de reabertura de igrejas e o relaxamento do isolamento em favor do comércio. Obcecado pela reeleição, atropela a realidade em busca do apoio popular.

Mas, ainda que se apegue a números, Mário ignora, por exemplo, o número de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) bem abaixo do ideal para socorrer as vidas que podem precisar de ajuda nesse momento. Ignora também o número de idosos no município. E assim, em meio ao caos, segue sorrindo.

A partir de sábado, templos religiosos poderão reabrir em Ilhéus

Templos e fiéis deverão seguir normas sanitárias.

A Prefeitura de Ilhéus publicou novo decreto que autoriza o funcionamento dos templos de qualquer culto a partir do próximo sábado (30). De acordo com o texto, as celebrações podem ser realizadas durante um dia da semana e um dia do final de semana, com duração máxima de uma hora.

A determinação considera o plano de ação apresentado por instituições religiosas, que obedece aos critérios sanitários estipulados pelo Município para enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19).

O prefeito Mário Alexandre frisa que os fiéis precisam adotar as medidas de distanciamento social e de higiene e respeitar o limite de ocupação do ambiente. “A assistência religiosa é fundamental em meio à pandemia. A reabertura dos templos segue normas estabelecidas, mas é importante que as pessoas se adequem às regras, para que possamos manter o funcionamento regular do espaço”.

Será exigido um prévio cadastramento, preenchido por meio do formulário que acompanha o presente decreto. Os estabelecimentos religiosos devem obedecer à limitação de uma pessoa a cada dois metros quadrados, com a indicação do local de disposição dos assentos. Também devem ser instalados lavatórios com sabonete líquido, papel toalha e álcool em gel 70% para higienização das mãos, disponíveis na entrada dos templos, como medida de prevenção ao coronavírus. Informações da Secom\Ilhéus.

Bahia tem mais 33 cidades com transporte suspenso; total chega a 225

Brumado e Lajedão entram na lista de municípios.

O transporte intermunicipal será suspenso em Adustina, Antônio Cardoso, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Serra, Brumado, Campo Formoso, Cândido Sales, Cansanção, Cipó, Curaçá, Esplanada, Glória, Ibirapuã, Ipirá, Itanhém, Itapetinga, Jaborandi, Jiquiriçá, Jussari, Lajedão, Lamarão, Marcionílio Souza, Mascote, Nordestina, Nova Fátima, Ribeira do Amparo, Rio do Pires, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Sapeaçu, Serra Preta, Souto Soares e Utinga, a partir de quarta-feira (27). A decisão tem como objetivo conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

A medida foi publicada na edição desta terça-feira (26) do Diário Oficial do Estado (DOE), que também autoriza a retomada do transporte em Dom Basílio, Lapão, Mairi, Presidente Dutra, Presidente Tancredo Neves, Rafael Jambeiro, São Gonçalo dos Campos, Saúde e Ubaíra, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de covid-19.

Lista de municípios

No total, a Bahia possui 225 municípios com restrição no transporte. São eles: Abaíra, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Amargosa, Amélia Rodrigues, Anagé, Anguera, Antônio Cardoso, Aporá, Apuarema, Araçás, Aracatu, Araci, Arataca, Aurelino Leal, Banzaê, Barra, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Bom Jesus da Serra, Brumado, Bom Jesus da Lapa, Boquira, Buerarema, Cachoeira, Campo Formoso, Cândido Sales, Cansanção, Cipó, Curaçá, Caém, Caetanos, Caetité, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Canavieiras, Candeias, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Cardeal da Silva, Castro Alves, Catu, Coaraci, Cocos, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Condeúba, Cravolândia, Cristópolis, Cruz das Almas, Dário Meira, Dias D’Ávila, Encruzilhada, Entre Rios, Euclides da Cunha, Eunápolis, Esplanada, Feira de Santana, Floresta Azul, Gandu, Gongogi, Governador Mangabeira, Guanambi, Glória, Iaçu, Ibicaraí, Ibirapuã, Ipirá, Itanhém, Itapetinga, Ibirapitanga, Ibirataia, Igrapiúna, Ilhéus, Ipecaetá, Ipiaú, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itaetê, Itagi, Itagibá, Itajuípe, Itamaraju, Itanagra, Itaparica, Itapé, Itapebi, Itapicuru, Itapitanga, Itarantim, Itatim, Itiúba, Itororó, Jacaraci, Jaborandi, Jiquiriçá, Jussari, Jacobina, Jaguarari, Jaguararipe, Jaguaquara, Jequié, Jitaúna, Juazeiro, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedo do Tabocal, Lajedão, Lamarão, Lauro de Freitas e Licínio de Almeida.

(mais…)

Caixa paga hoje segunda parcela de auxílio emergencial

Acesso à conta digital é feito pelo aplicativo Caixa Tem.

A Caixa Econômica Federal continua hoje (26) pagando a  segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) para trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados.

No caso do Bolsa Família, o calendário está dividido conforme as datas habituais de pagamento para quem integra o programa. Para as demais pessoas, o pagamento será de acordo com o mês de nascimento.

Hoje (26), será feito o pagamento para os beneficiários do Programa Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) final 7. O crédito segue sendo feito para um NIS por dia até o número zero, a ser pago no dia 29 deste mês. Os beneficiários podem sacar o benefício pelo cartão do Bolsa Família.

Segunda parcela nas contas digitais

Hoje também será a vez de os nascidos em novembro e dezembro que receberem o crédito na poupança digital social da Caixa. Os depósitos na poupança social da Caixa estão sendo feitos, seguindo os meses de nascimento, desde o último dia 20.

Saques da segunda parcela

O calendário para saques da segunda parcela é diferente do calendário do crédito nas contas digitais e tem início no próximo sábado (30), para os nascidos em janeiro.

No dia 1º de junho, os saques serão permitidos para quem nasceu em fevereiro, seguindo nessa ordem até 13 de junho para os nascidos em dezembro. No dia 7 de junho (domingo) não haverá saques.

No dia 21, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que a segunda parcela do auxílio emergencial só será depositada em contas fora da Caixa Econômica Federal a partir do dia 30. Segundo ele, os beneficiários receberão o dinheiro automaticamente na conta corrente de outros bancos no período de 30 de maio a 13 de junho, conforme o cronograma de saque em espécie do segundo lote.

Saque da primeira parcela

Hoje (26), poderão sacar em dinheiro os beneficiários nascidos em setembro; na quarta (27), os aniversariantes de outubro; na quinta (28), os de novembro, e na sexta-feira (29), os de dezembro.