Preocupado com dengue, zika e chikungunya, vereador solicita retorno do “fumacê” em Ilhéus

Solicitação do retorno do fumacê foi feito à secretaria de saúde.

Ilhéus, além dos casos de covid-19, tem passado por outro problema de saúde que é a proliferação do mosquito aedes aegypti.  O mosquito gera a contaminação de doenças como dengue, chikungunya e zika.

Preocupado com a situação o vereador Makrisi Sá solicitou à Secretaria de Saúde que retome o uso do sistema do fumacê, bem como pede às famílias das comunidades que façam a verificação em suas casas, quintais e lajes, a fim de eliminar os possíveis lugares de reprodução do mosquito.

Makrisi também tem cobrado do governo municipal que, por meio de comunicação eficaz, esclareça à população para qual unidade de saúde se dirigir em caso de adoecimento. “Sempre que uma pessoa perde tempo e dinheiro indo para o lugar errado de atendimento por falta de comunicação do poder público acontece uma grande injustiça” ressalta o vereador Makrisi.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *