Fernando Gomes afirma que números da Covid-19 de Ilhéus não são verdadeiros

Notinhas.

Fernando Gomes no programa Balanço Geral. Imagem extraída de vídeo.

“Os seus títulos têm relevância, porém, o mais importante é a natureza dos seus argumentos”.

Otavio Filho (escritor, professor aposentado e artista plástico).

 

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, não é médico e não tem formação de nível superior, contudo, em entrevista ao apresentador Tom Ribeiro, da TV Cabrália, nesta quarta-feira (3), ele deu uma aula de verdade (em relação aos números da Covid-19) ao seu colega de Ilhéus, Mário Alexandre, que usa jaleco e fez o juramento de Hipócrates.

Fernando, um octogenário reconhecidamente lúcido, colocou em dúvida os números apresentados pela cidade vizinha. “Têm municípios aí que não estão falando a verdade. Ilhéus mesmo tem problema. Aqui tem mil [casos] e morreram 39. Lá tem 500 [casos] e morreram 37. Eu acho que está errado esse número”, disse o prefeito. Especialistas em epidemiologia e estatística afirmam que o número de mortos é proporcional ao número de infectados. A quantidade de óbitos não mente, regra que evidencia a manipulação dos dados em Ilhéus.

O prefeito itabunense também disse que em sua gestão a mentira sobre a pandemia não é admitida. “Eu não quero número errado aqui comigo. Eu quero a coisa certa. Tem que me dar o que é correto, para passar o que é correto. Eu não quero mentira em meu governo”, falou em voz alta.

Apesar de ressaltar a importância dos números reais, Fernando cometeu o mesmo erro que Mário Alexandre ao determinar a reabertura do comércio local a partir da próxima semana.

Ontem o BG revelou, em primeira mão, um texto do Físico Zolacir Trindade (UESC) com questionamentos à veracidade do estudo assinado pelo secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, que justificou com dados manipulados a reabertura do comércio.

Assista.



5 responses to “Fernando Gomes afirma que números da Covid-19 de Ilhéus não são verdadeiros

  1. Fernando Gomes não tem culpa de nada!!
    Errado é o povo de Itabuna q vota em um cidadão como ele!! Nojo

  2. Para mim que sou quase leigo em números estatísticos, embora formado e treinado como analista de custos hospitalares pelo antigo CIP, Conselho Interministerial de Preços, acho grosseiros e primários o erros intencionais cometidos com os números de casos e óbitos divulgados pela S. de Saúde de Ilhéus. Acho que não obstante a voluptuosa ganância pela reeleição, este governo deve entender que está fazendo jogo político onde as fichas são vidas humanas, cidadãos, trabalhadores, pais, mães, filhos. Essa é uma perigosa uma roleta russa que na hora H irá vitimar seres humanos. A população está atenta, mas a carência dos itens básicos para o sustento da família os pressiona pelo que está faltando à mesa. Mortos não falam, não reclamam, não protestam, entretanto aqueles que perderem seus entes queridos vão exigir que os culpados respondam por suas responsabilidades na justiça de Deus e judicialmente, na justiça dos homens. Uma Secretaria de Saúde Municipal deve ser exercida por gente com formação acadêmica afim e muita competência; e não é isso que estamos vendo na cidade.

  3. Fernando tem energia pra peitar Rui Costa , Marão não tem. Esse Magela é funcionário do PT. Cobra criada. Tá aí pra manipular dados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *