Boletim Covid-19 (04/06): mais um óbito é registrado em Ilhéus; 664 casos foram confirmados

O Boletim Epidemiológico da Bahia foi atualizado nessa quinta-feira (04) pela secretaria estadual de saúde. De acordo com as informações, Ilhéus possui 664 casos da Covid-19. A Prefeitura Municipal confirmou 610 casos. Um novo óbito foi registrado no município por conta da infecção. Agora são 36 mortes. Permanecem em Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) 31 pessoas.

TSE autoriza convenções partidárias virtuais para eleição de 2020

Partidos terão liberdade de estabelecer regras e procedimentos. (Foto: José Cruz \ Agência Brasil)

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou hoje (4), por unanimidade, a realização de modo virtual das convenções partidárias para a escolha dos candidatos nas eleições municipais deste ano, tendo em vista as recomendações de distanciamento social durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Pela decisão, ficou estabelecido que os partidos têm liberdade de estabelecer regras e escolher os procedimentos para a realização das convenções virtuais, desde que garantam ampla publicidade a todos os filiados e atendam a todas exigências da legislação eleitoral já em vigor.

A flexibilização foi autorizada em resposta a duas consultas feitas por deputados federais e a uma terceira feita pelo partido Republicanos.

“No meu modo de ver, negar a adoção desse formato virtual no momento atual seria ignorar a realidade enfrentada no combate à doença. Na seara específica do processo eleitoral, seria inviabilizar essa etapa imprescindível à realização de eleições democráticas e transparentes”, disse o relator das consultas, ministro Luis Felipe Salomão, que foi acompanhado por todos os outros seis ministros que compõem o TSE.

O tribunal formará um grupo de trabalho para estabelecer regras de envio virtual dos resultados das convenções para a Justiça Eleitoral. Uma norma sobre o tema deve ser votada ainda neste mês, segundo o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso.

De acordo com a legislação eleitoral, as convenções, obrigatórias para a escolha dos candidatos, devem ser realizadas por todos os partidos entre 20 de julho e 5 de agosto. No mesmo julgamento desta quinta-feira (4), o TSE reafirmou que não pode alterar tais datas sem prévia autorização do Congresso.

* Informações da Agência Brasil.

Governo da Bahia recorre ao Superior Tribunal de Justiça para impedir circulação de transporte interestadual

Rui Costa durante live do Valor.

O governador Rui Costa comentou em entrevista ao Jornal Valor Econômico, nesta quinta-feira (4), a decisão de recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para impedir que empresas de ônibus realizem transporte interestadual para municípios baianos.

A Bahia já conta com 290 cidades que tem transporte intermunicipal interrompido por decreto do Governo do Estado, até esta quinta-feira, para tentar conter a disseminação do novo coronavírus. Entretanto, diante do posicionamento da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que não estabelece ou recomenda a suspensão, as empresas vêm conseguindo decisões liminares na Justiça que permitem o transporte o interestadual.

Segundo o governador, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) já ingressou com uma série de pedidos de suspensão junto ao STJ.

“Com a liberação dos ônibus interestaduais, já que a ANTT não se posiciona, estamos espalhando a Covid-19 para todos os municípios da Bahia. A PGE já ingressou com recurso junto ao STJ com pedido de cassação dessas liminares porque é impossível conter a doença dessa forma. Tenho recebido relatos de prefeitos informando que as pessoas desembarcam nas cidades e ao fazerem testes rápido ou medição de temperatura é detectado que estão com o vírus ou apresentam febre. É impensável que o Governo Federal libere a circulação de pessoas entre os estados em plena pandemia”.

A liberação do transporte intermunicipal é autorizada pelo governo baiano após o período de 14 dias sem que os municípios registrem novos casos do coronavírus.

Itabuna: secretário de administração é exonerado para lançar pré-candidatura a prefeito

Son e Fernando Gomes.

Foi publicado no Diário Oficial de Itabuna a exoneração do Secretário Municipal de Administração, Dinailson Oliveira (“Son”). De acordo com informações oficiais, ele foi “descompatibilizado do cargo para lançar a sua pré-candidatura a Prefeito de Itabuna”, com apoio de Fernando Gomes.

De acordo com Son, a decisão foi tomada neste momento por conta da necessidade de respeitar os prazos da justiça eleitoral, mas reafirmou que as atenções não estão voltadas para a sucessão municipal, mas sim para o combate à Covid-19.

O nome do novo secretário de administração deve ser divulgado em breve.

Prefeito de Itabuna emite nota de pesar pela morte de Waldeny Andrade

Waldeny Andrade.

Nota de pesar.

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, lamenta profundamente o falecimento do radialista, jornalista e escrito Waldeny Andrade. Um homem íntegro, honesto e competente. A sua morte deixa uma lacuna irreparável na comunicação de Itabuna e região. Que Deus conforte familiares e amigos.

Fernando Gomes

Prefeito de Itabuna.

“Bolsonaro está escalando o golpe”, afirma Ciro Gomes em entrevista na TV Aratu

Ciro Gomes no QVP. (Foto: TV Aratu)

O  ex-ministro e ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) foi o convidado do programa Que Venha o Povo, da TV Aratu, na manhã desta quinta-feira (4).

No bate-papo com os jornalistas Casemiro Neto e Pablo Reis, Ciro afirmou que o presidente Jair Bolsonaro já não esconde mais as suas posições autoritárias, mesmo com a crise do país, e ao ser questionado por Casemiro sobre um possível golpe, foi taxativo:  “O Bolsonaro está escalando o golpe, tá vendo se quebra a hierarquia, a disciplina. Não estou exagerando, não; ele já arquitetou colocar bomba no exército. É só olhar na internet”.

Ciro explicou como, na sua visão, a construção de uma possível tomada radical do poder estaria sendo arquitetada pelo presidente e quem faz parte da sua base de apoio, “pensando o “golpe”:

“Quem está assessorando ele, é o Steve Bannon (ex-estrategista político da Casa Branca no início da gestão de Donald Trump). O que tá acontecendo: Bolsonaro tá montando uma milícia. Ele tem aí amotinados no Brasil inteiro. Ele tem policiais federais também, prontos para fazer o serviço sujo. Ele não está só nessa loucura, ele está bolsonarizando os militares de pijama… Bolsonaro vai tentar isso, vai consumir cadávares, além dos mortos já na pandemia. Ele tá infiltrando bolsonaristas no meio das manifestações. Vai dizer que é desordem , tudo isso para amedontrar a classe média brasileira e efetivar o golpe”, afirmou Ciro Gomes.

Rodrigo Cardoso retira pré-candidatura a prefeito de Ilhéus; Covid-19 mudou cenário, justifica

Rodrigo Cardoso. (Foto: Blog do Chicó)

O sindicalista Rodrigo Cardoso (PC do B) retirou a sua pré-candidatura a prefeito de Ilhéus. A decisão foi informada através uma nota pública distribuída nesta quinta-feira (4). Veja aqui.

No texto, Rodrigo disse que a pandemia da Covid-19 fez as preocupações se voltarem para a necessidade de unir esforços no combate à proliferação do vírus e na discussão de políticas públicas, e que, diante esse cenário, dialogou com o PC do B  sobre a necessidade realinhar a tática eleitoral para adequá-la melhor à nova realidade que se estabelece.

Rodrigo acredita que tarefas como organizar ações de solidariedade e debater sobre as políticas públicas, além da luta por unidade da resistência democrática, podem ser melhor exercidas por ele como cidadão, militante social e político do que como pré-candidato a prefeito.

Apoio a Marão

O caminho mais natural do partido depois da desistência de Rodrigo será o apoio à reeleição do prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), que é da base do governador Rui Costa, disse ao blog Pimenta o presidente do diretório ilheense do PCdoB, Josenaldo Cerqueira, Jô. “Estamos conversando com quem apoia a base do governador Rui Costa e é contra a política de Bolsonaro”.

Jô afirmou que não está descartado o apoio do PCdoB ao prefeito Mário Alexandre. “Não descartamos. Estamos saindo da oposição ao governo do município. Agora é importante ajudar a salvar vidas com esta pandemia no município. Temos de ter responsabilidade [diante da crise de saúde provocada pela pandemia]. Se os partidos não ajudarem na crise de saúde, o governo sozinho não sai”, disse Jô. Abaixo, confira a íntegra da nota de desistência de Rodrigo Cardoso.

* Com informações do Pimenta.

Ilhéus: Justiça dá 72h para município se manifestar sobre ação que pede fechamento do comércio

Justiça deu 72h para Prefeitura Municipal se manifestar.

O juiz Alex Venicius Campos Miranda, da 1ª Fazenda da Vara Pública de Ilhéus, deu o prazo de 72 horas para a Prefeitura Municipal de Ilhéus se manifestar sobre a ação do Ministério Público Estadual (MP-BA), que pede a suspensão de decreto que reabriu comércio no município.

Em ação civil pública ajuizada ontem (quinta, 3) o promotor de Justiça Pedro Nogueira Coelho solicitou decisão liminar que suspenda os efeitos do decreto.

Segundo o promotor, os dados sobre pandemia em Ilhéus mostram que o cenário segue desfavorável, ao contrário do que alega estudo técnico apresentado pelo governo municipal para fundamentar o decreto.

Segundo o promotor, análise gráfica elaborada pelo físico Zolacir Trindade de Oliveira Junior (publicado com exclusividade pelo Blog do Gusmão – veja aqui), professor da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), aponta que Ilhéus atravessa fase exponencial no número de casos de infecção por Covid-19 e ressalta o equívoco do estudo apresentado pela Secretaria Municipal de Saúde.

* Com informações do Políticos Sul da Bahia.

Camacã: após oito anos fechado, hospital será reaberto para atendimento da Covid-19

Hospital foi recuperado no período de 45 dias.

Para reforçar o combate à pandemia de covid-19 na região sul da Bahia, o Hospital Amec, localizado no município de Camacã, será reaberto nessa quinta-feira (4).

Com estrutura para 30 leitos, a unidade será exclusiva para atendimento a pacientes com quadro suspeito ou infectada pelo novo coronavírus (Covid-19), atendendo o território do Consórcio Intermunicipal da Mata Atlântica (Cima), que abrange os municípios de Arataca, Camacã, Canavieiras, Jussari, Itaju do Colônia, Mascote, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória e Una.

O Amec estava fechado há oito anos e foi 100% recuperado num período de 45 dias para receber os pacientes que precisam de atendimento de média e alta complexidade.

“É uma unidade que vai dar uma assistência muito importante para os municípios do território do Cima, funcionando como pronto atendimento para pacientes com suspeita de covid-19 em toda a região. Possui uma estrutura com laboratório, raio-x, eletrocardiograma, câmara de desinfecção, dois ventiladores pulmonares e dois monitores multiparamétricos”, afirma o secretário da Saúde do Estado (Sesab), Fábio Vilas Boas.

Com capacidade para 70 atendimentos por dia, o centro funcionará 24 horas por dia com uma equipe formada por profissionais das áreas de saúde e administração, entre eles enfermeiros, médicos, agentes de higienização, nutricionistas, farmacêuticos e pessoal de almoxarifado. Dos 30 leitos, 12 são de observação, 16 de enfermaria para internamento e duas unidades de urgência com respirador e monitor.

De acordo com o superintendente médico do Amec, Dr. Almir Gonçalves, a unidade irá receber e estabilizar os pacientes com sintomas prioritários e febre, tosse, falta de ar e dor de garganta. “Os que evoluírem para intubação também poderão ser atendidos na unidade e, posteriormente, serão regulados pela Central Integrada de Comando e Controle da Saúde do estado da Bahia para um dos hospitais de referência na capital, após serem estabilizados”, afirmou.

Desde o início da pandemia na Bahia foram abertos mais de 1.700 leitos em todo o estado, sendo a maioria no interior. Ao todo, a estrutura que está sendo implantada pelo Governo do Estado para o enfrentamento ao novo coronavírus conta com 1.428 leitos na capital e 1.257 leitos no interior.

Para atender pacientes de baixa complexidade, que não tenham coronavírus, 285 leitos estão sendo instalados e 70 Unidades Pronto Atendimento (UPAs) irão realizar a classificação, manejo clínico, estabilização do paciente e, caso necessário, regulação para unidades de maior complexidade.

Chegamos aos 30 mil

Como Presidente, Bolsonaro dispõe de todo o mais caro e moderno aparato médico, de altíssima qualidade, para livrá-lo das consequências de uma contaminação por coronavírus. Enquanto isso, muitos dos que se entusiasmaram com seus exemplos morreram nas filas esperando um respirador, ou em casa, sem nenhuma assistência médica.

Por Julio Gomes.

O dia chegaria, inevitavelmente. Tinha certeza disso, embora não soubesse se estaria aqui, vivo, para ver. Mas a certeza já era inabalável desde os primeiros tempos da pandemia, e ficou associada à lembrança do vídeo que nunca saiu de minha cabeça desde que o vi, há cerca de dois anos atrás.

Desde o início da pandemia a evolução da curva de aumento do número de casos nunca me deixou duvidar de que chegaríamos a 30 mil mortos, como chegamos anteontem, dia 02 de junho, em números oficiais. Aliás, a única dúvida que sempre tive quanto a isto, é se esta tragédia seria traduzida adequadamente em números oficiais, e hoje tenho a certeza de que não está sendo, porque os números reais de vítimas, inclusive fatais, são muito maiores do que aqueles publicados oficialmente.

Quanto ao vídeo, se trata daquele exibido em TV aberta e fartamente acessível até hoje na internet, em que o atual Presidente, que na época era Deputado Federal, em entrevista a um programa na TV Bandeirantes, no ano de 1999, afirmou que no Brasil era preciso agir “fazendo o trabalho que o regime militar não fez, matando uns 30 mil” (https://revistaforum.com.br/politica/brasil-bate-os-30-mil-mortos-quantidade-que-bolsonaro-queria-matar-quando-propos-golpe-em-1999/).

Quero, nesta data, reconhecer que Bolsonaro conseguiu: Já temos os 30 mil mortos a que ele se referia!

Bolsonaro, sem dúvida, contribuiu muito para isso: demitiu dois Ministros da Saúde que, sendo médicos, não concordaram com suas loucuras no enfrentamento à pandemia; indicou remédios ineficazes e com graves efeitos colaterais; debochou da peste que assola o mundo chamando-a de “resfriadinho”; colocou um general como Ministro da saúde e mais de vinte assessores militares no mesmo Ministério – todos sem nenhuma formação técnica em Saúde – e também deu seu exemplo pessoal quebrando o isolamento e o distanciamento social ao ir para as ruas durante dias seguidos para tirar fotos, comer e se abraçar a simpatizantes.

Como Presidente, Bolsonaro dispõe de todo o mais caro e moderno aparato médico, de altíssima qualidade, para livrá-lo das consequências de uma contaminação por coronavírus. Enquanto isso, muitos dos que se entusiasmaram com seus exemplos morreram nas filas esperando um respirador, ou em casa, sem nenhuma assistência médica.

Mas é preciso ressaltar que o atual Presidente não conseguiu esta façanha sozinho. Além da COVID-19, ele teve a ajuda de quem o elegeu, mesmo sabendo de suas expressões genocidas, de sua frieza psicopática, de seu desprezo pela vida humana, de seu incentivo ao ódio, à ignorância, de seu apoio à tortura, de suas atitudes misóginas, homofóbicas e racistas. Afinal, tudo isso era tão “engraçadinho”, não é mesmo?

Entendo que não é correto tratar com ironia as 30 mil mortes que tivemos no Brasil, e outras tantas que, infelizmente, virão, e que seriam evitáveis se o Brasil tivesse sido conduzido de maneira técnica e responsável no enfrentamento à pandemia.

Por isso, quero terminar este texto fazendo um sério apelo aos surdos, àqueles que continuam a apoiar tudo o que aconteceu e ainda acontece de ruim no Brasil: abra os olhos e saia disso! Há coisas na vida que não se apoia, que não se faz, que não se admite nem mesmo por brincadeira, para que não venhamos a nos tornar coautores, corresponsáveis por tudo de ruim que está acontecendo ao Brasil e ao povo brasileiro.

Julio Cezar de Oliveira Gomes é graduado em História e em Direito pela UESC – Universidade Estadual de Santa Cruz.

Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Blog do Gusmão.

Teatro Popular de Ilhéus divulga programação de junho no TPIFLIX

Conteúdo semanal é disponibilizado no Youtube. (Foto: divulgação)

Para manter uma programação cultural para o seu público durante o período de isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus, o Teatro Popular de Ilhéus criou o projeto TPIFLIX, com conteúdo semanal em seu canal no YouTube, convidando a todos a assistirem teatro sem sair de casa.

A página, que já possuía alguns vídeos de espetáculos na íntegra, documentários, trailers, entrevistas e cobertura de eventos, agora está disponibilizando materiais inéditos, produzidos pelo grupo de forma remota. E a programação do mês de junho possui 4 quadros periódicos que poderão ser conferidos pelo público através do link youtube.com/teatropopulardeilheus.

Nas três primeiras quintas-feiras do mês, dias 04, 11 e 18, vai ao ar a peça “Romeu e Julieta”, uma versão interpretada por Vânia Nogueira e Gilberto Morais. Com três episódios, a obra conta a história de Romeu Montéquio, dedicado agrônomo por formação, e Julieta Capuleto, sábia astrônoma de profissão. Juntos eles enfrentam a ira das desavenças de seus pais coronéis, inimigos jurados. A peça romântica, de classificação livre, é uma homenagem ao mês dos namorados.

Já às sextas-feiras continua acontecendo o quadro infantil “Recontando Histórias Populares”, que vem sendo postado desde o mês de abril. Interpretadas por Tânia Barbosa e com trilha sonora de Pablo Lisboa, as fábulas ganham versões com recursos especiais de filtros do instagram para dar vida aos personagens. Os vídeos têm classificação livre e traz importantes lições de moral.

Quinzenalmente, dias 06 e 20 de junho, o TPIFLIX posta vídeos e/ou músicas gravadas em 2013 durante o projeto “Sábado Sim” com bandas e artistas da nossa região. O projeto, que acontecia na Casa dos Artistas, antiga sede do Teatro Popular de Ilhéus, teve o intuito de valorizar e movimentar o cenário do rock ilheense e itabunense, e foi registrado pelo Núcleo de Audiovisual do TPI.

Por fim, aos domingos, Romualdo Lisboa continua montando o quadro “Letras de Nhoesembé: leituras de autores vivos de Ilhéus”. Com curadoria de Fabrício Brandão, editor da revista literária “Diversos Afins”, trata-se de uma tentativa de dar voz a uma geração de contistas, poetas e poetisas, romancistas, dramaturgos, escritores de diversos gêneros, que estão vivos, atuantes, escrevendo hoje, nesse contexto terrível de pandemia. Ilhéus possui uma cena muito produtiva no campo das letras. A Academia de Letras de Ilhéus é um espaço de grandes escritores do passado, mas essencialmente de escritores do presente. Uma geração de literatos que para além de dialogar com os legados de Adonias Filho, Jorge Amado, Telmo Padilha, Hélio Pólvora, dentre tantos, constroem um novo caminho, um novo universo da literatura Grapiúna.

(mais…)

Mais 10 municípios têm transporte suspenso na Bahia; total chega 290

Firmino Alves entrou na lista de municípios com transporte suspenso. (Foto: Amurc)

O transporte intermunicipal será suspenso em Almadina, Banzaê, Barro Preto, Canarana, Firmino Alves, Licínio de Almeida, Matina, Ouriçangas, Sento Sé e Sítio do Quinto a partir de sexta-feira (5). A medida tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans.

A decisão foi publicada em decreto na edição desta quinta-feira (4) do Diário Oficial do Estado (DOE), que também autoriza a retomada do transporte em Serra Dourada, cidade com 14 dias ou mais sem novos casos de covid-19.

Lista de municípios

No total, a Bahia possui 290 municípios com restrição no transporte. São eles: Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Amélia Rodrigues, Anagé, Andaraí, Anguera, Antas, Antônio Cardoso, Aporá, Apuarema, Araçás, Araci, Aramari, Aratuípe, Aurelino Leal, Baianópolis, Banzaê, Barra, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Boquira, Brumado, Buerarema, Buritirama, Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Caém, Caetité, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candeias, Candiba, Cândido Soares, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Casa Nova, Castro Alves, Catu, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Cocos, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Conde, Condeúba, Coração de Maria, Coronel João Sá, Correntina, Crisópolis, Cristópolis, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira de Santana, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Gandu, Glória, Gongogi, Governador Mangabeira, Guanambi, Iaçu, Ibicaraí, Ibipeba, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibitiara, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipecaetá, Ipiaú, Ipirá, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré e Itaetê.

(mais…)

Lacen inicia testes moleculares para Covid-19 em Porto Seguro

Municípios que demoravam até sete dias para receber os resultados podem obtê-los em até 48 horas.

A unidade do Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) de Porto Seguro, no sul da estado, irá realizar testes RT-PCR, que é o padrão ouro para para detecção de Covid-19, a partir desta quinta-feira (4).

Localizada no Laboratório Municipal de Referência Regional do município, a unidade tem capacidade para 24 testes por dia e pode processar 12 testes simultaneamente em um período de quatro horas e meia.

Outras cinco cidades do interior já foram equipadas e atualizadas com o protocolo do Ministério da Saúde para fazer a testagem: Vitória da Conquista, Jequié, Guanambi, Paulo Afonso e Barreiras, este último em parceria com a Universidade Federal do Oeste (Ufob).

Com as unidades no interior, municípios que demoravam até sete dias para receber os resultados podem obtê-los em até 48 horas. Técnicos de todos esses municípios foram treinados no Laboratório Central da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em Salvador.

O Lacen-BA realizou mais de 60 mil testes do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 3 de junho de 2020. Os números colocam a Bahia em segundo lugar no ranking nacional de testagens moleculares, ficando atrás apenas de São Paulo.

Petrobras reajusta em 5% preço do gás de cozinha

Preço médio da estatal será equivalente a R$ 24 por botijão de 13 kg. (Foto: Reuters\Caetano Barreira)

A Petrobras informou que vai reajustar em 5% o preço médio do gás liquefeito de petróleo (GLP) vendido pela companhia às distribuidoras a partir desta quinta-feira (4).

Com isso, o preço médio da Petrobras será equivalente a R$ 24,08 por botijão de 13 quilos (kg). No acumulado do ano, a redução é de 13,4%, ou R$ 3,72 por botijão de gás de cozinha de 13 kg.

A Petrobras esclarece que igualou desde novembro de 2019, os preços do gás liquefeito de petróleo para os segmentos residencial e industrial/comercial e que o GLP é vendido pela Petrobras a granel.

As distribuidoras são as responsáveis pelo envase em diferentes tipos de botijão e, junto com as revendas, são responsáveis pelos preços ao consumidor final.

Aos 85 anos, morre o jornalista e escritor Waldeny Andrade

Waldeny Andrade.

Morreu no Hospital Costa do Cacau, no final da noite de ontem (quarta, 03), o jornalista Waldeny Andrade. Waldeny atuou como repórter e diretor de veículos de comunicação durante décadas, nos tempos áureos do jornalismo sulbahiano, e era uma das vozes mais reconhecidas da região cacaueira da Bahia.

Aposentado, nos últimos anos dedicava-se a escrever livros, inclusive, finalizava mais uma obra. Anteriormente, ele publicou o livro Serra do Padeiro, que contava uma história envolvendo índios de Buerarema.

Waldeny sofria de problemas cardíacos e estava internado desde o dia 19 de maio. O corpo seguirá agora pela manhã para Itabuna.

* Informações do Jornal Bahia Online