Covid-19: Ilhéus tem 806 casos confirmados; 60 pessoas procuraram atendimento nessa sexta

806 casos foram confirmados até essa sexta-feira (12) no município, segundo Governo do Estado. (Foto: Secom\Ilhéus)

Boletim Epidemiológico da Bahia, atualizado pela secretaria estadual de saúde nessa sexta-feira (12), aponta que Ilhéus possui 806 casos confirmados da Covid-19. A Prefeitura Municipal confirma 785 e informa que monitora outros 302 casos suspeitos. Ainda de acordo com os dados municipais, 60 pessoas procuraram atendimento para Covid-19 nessa sexta-feira (12) em Ilhéus. O número de curados no município é de 530 pacientes e 42 óbitos confirmados até o momento.

Covid-19: com mais de 1.300 casos confirmados, Itabuna tem apenas 3 UTI’s disponíveis

Boletim epidemiológico de Itabuna 12/06.

Boletim divulgado pela Prefeitura Municipal de Itabuna nessa sexta-feira (12) mostra que o município possui 1.378 casos confirmados da Covid-19. Aguardam a coleta de exames 287 pessoas, e resultados, 175. O número de curados é de 542 pacientes.

Se encontram internadas em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) 15 pessoas, estando disponível apenas mais 3 leitos do tipo. Os internados em leitos clínicos somam 17. Para este tipo de leito sobram 61 vagas.

A secretaria estadual de saúde do estado contabiliza 1.345 casos confirmados da Covid-19 no município.

Fernando Gomes empossa novos secretários

Posse dos novos secretários. (Foto: Divulgação)

Na manhã desta sexta-feira (12), o Prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, deu posse aos novos secretários municipais de Saúde, Administração e Segurança, Transportes e Trânsito (Sesttran).

A cerimônia realizada no gabinete do prefeito reuniu os ex-secretários de Administração, Dinailson Oliveira, da SESTTRAN, Coronel Serpa, a secretária de Governo Maria Alice, e o presidente da Câmara Ricardo Xavier, além dos novos secretários.

Na secretaria de Administração, assume Juliana Matos, advogada e publicitária. Na secretaria de Saúde, o novo titular é Juvenal Maynart, ex-presidente da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), e na secretaria de Segurança Transporte e Trânsito, assume Alecsandro Leal, que ocupava a sub-secretaria da SESTTRAN.

O secretário de saúde, Juvenal Maynart, falou sobre a missão de atuar no combate ao novo coronavírus e dos projetos que serão executados já nos próximos dias. “Vamos trabalhar para a inserção das duas academias, a UESC e a UFSB, que vai nos conceder técnicos para construirmos um plano, e unificar essa rede, com a sociedade, o comércio, a Santa Casa”, disse, acrescentando:

“Nós vamos fazer uma guerra de melhoria no atendimento aos cidadãos de Itabuna e dos municípios conveniados, para ter um menor número de baixas possível, é uma guerra contra o inimigo invisível. A solução definitiva só terá quando tivermos a vacina, até então teremos soluções paliativas”.

Itacaré: Cippa resgata 130 aves criadas em cativeiro

Papa-capins, canários-terras e curiós foram resgastados e soltos. (Foto: divulgação)

Cento e trinta pássaros de diversas espécies foram resgatados por equipes da Companhia Independente de Polícia e Proteção Ambiental (Cippa) de Porto Seguro, na quinta-feira (11), após reforço no patrulhamento de áreas de desmatamento em Itacaré.

Segundo o tenente Fábio Nilo dos Santos Soares, lotado na Cippa/PS, os animais foram apreendidos em várias residências da zona rural do distrito de Taboquinhas, naquele município.

“A criação desses animais sem autorização prévia é proibida. Culturalmente os moradores dessa região criam as aves em cativeiro, mas sempre estamos atentos e recomendamos que não seja realizada a prática”, contou o policial.

Das aves encontradas, 65 eram pássaros silvestres, 26 papa-capins, 15 canários-terras, seis da espécie Brejal, cinco chorões, três curiós e mesma quantidade de pássaros pretos e sabiás além de dois trinca-ferros e o mesmo número de guris.

Após serem apreendidos, os PMs avaliaram e devolveram metade dos animais para a natureza. Outra metade segue apreendida na unidade de polícia ambiental para serem entregues ao Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) de Itabuna.

Porto Seguro

Ainda na quinta-feira (11), durante rondas no bairro Agrovila, em Porto Seguro, os PMs perceberam que um veículo transportava 150 quilos de carvão vegetal sem autorização. Feita a abordagem o condutor foi questionado pelos PMs se possuía o Documento de Origem Florestal (DOF), que o autorizava a transportar o material.

O tenente Fábio Nilo explicou que possivelmente o homem estaria levando o material para um armazém maior, onde seria ensacado e vendido.

“Como ele não tinha o documento de autorização, o encaminhamos para a nossa unidade onde assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado”, informou o PM, lembrando que o veículo e todo o material “seguem apreendidos na sede da unidade de polícia ambiental, à disposição do Ministério Público”.

Coronavírus: MP recomenda suspensão de barreiras sanitárias na entrada de Santo Antônio de Jesus

Barreira sanitária montada pela Prefeitura. (Foto: Prefeitura de Santo Antônio de Jesus)

O MPBA requereu liminarmente, por meio da Ação Civil Pública instaurada no dia 5 de junho, a suspensão imediata das barreiras sanitárias instaladas na entrada de Santo Antônio de Jesus, solicitando uma melhor organização do procedimento.

O promotor Julimar Ferreira, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Santo Antônio de Jesus, relata que as barreiras, que foram implementadas para conter a Covid-19, têm causado sérios transtornos para os moradores do município.

Além de reforçar a ausência de evidências científicas que comprovem a eficácia da medida, o promotor argumenta que moradores de municípios do entorno que buscam tratamento médico em Santo Antônio de Jesus estão sendo prejudicados.

Julimar Ferreira destacou ainda que as barreiras não atendem na sua totalidade, pois ocorrem com frequência “furos de bloqueio” por motocicletas e bicicletas, demonstrando a ineficácia prática da medida.

“Os transtornos causados à urbanidade, considerando que os termômetros utilizados pelas barreiras estão em sua maioria quebrados ou descalibrados e esse fator gera enormes filas, obstruindo as rodovias e principais acessos da cidade. Além disso, pessoas de outros Municípios, do entorno, que necessitam buscar tratamento médico em Santo Antônio de Jesus estão perdendo horários de consulta, exames, e esperando muito tempo nas filas, o que é extremamente prejudicial àqueles que realizam hemodiálise, por exemplo”, reforça o promotor.

Para o promotor, as barreiras provocam a segregação dos moradores de bairros periféricos e mais afastados do centro da cidade que estão com acessos bloqueados.

Diante desse cenário, o MP recomenda que sejam realizados testes rápidos suficientes para todos que ingressem no município e com a disponibilização de um número mínimo de quatro termômetros por barreira, devidamente calibrados, além de servidores suficientes para a organização da fila de espera, coordenando-se uma fileira exclusiva para as motocicletas e uma ou mais para os automóveis, com a finalidade de agilizar o procedimento e evitar o caos urbano.

Bolsonaro revoga MP sobre escolha de reitores na pandemia

Ato foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União. (Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles)

O presidente Jair Bolsonaro revogou hoje (12) a Medida Provisória (MP) 979/2020, que dava ao ministro da Educação a prerrogativa de designar reitores e vice-reitores temporários das instituições federais de ensino durante a pandemia de Covid-19. A MP 981/2020, que revoga a MP anterior, foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Mais cedo, o presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, já havia anunciado a devolução da medida ao Palácio do Planalto, argumentando que o texto viola os princípios constitucionais da autonomia e da gestão democrática das universidades. Na prática, a decisão de Alcolumbre fez com que a MP 979/2020 perdesse a validade.

O texto da MP já estava em vigor, mas ainda precisava ser aprovado pelo Congresso para não perder a validade. Conforme o texto, o ministro da Educação não precisaria fazer consulta à comunidade acadêmica ou à lista tríplice para escolha dos reitores.

Segundo a MP, a escolha valeria para o caso de término de mandato dos atuais dirigentes durante o período da pandemia e não se aplicava às instituições federais de ensino “cujo processo de consulta à comunidade acadêmica para a escolha dos dirigentes tenha sido concluído antes da suspensão das aulas presenciais”.

Por meio de nota divulgada na quarta-feira (10), após a edição da MP 979/2020, o Ministério da Educação (MEC) afirmou que o texto não feria a autonomia de universidades e institutos federais.

* Informações da Agência Brasil.

Bahia registra 34.665 casos confirmados de Covid-19

Boletim epidemiológico da Bahia 12/06.

Bahia registra 34.665 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 19,19% do total de notificações no estado. O boletim epidemiológico ainda contabiliza 14.976 pessoas recuperadas, 1.039 óbitos e 18.650 indivíduos monitorados pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 347 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (55,37%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Itajuípe (9.272,36), Ipiaú (8.785,12), Uruçuca (7.797,65), São José da Vitória (7.601,20) e Salvador (6.624,20).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 50.011casos descartados e 95. 960 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (12).

Na Bahia, 4.961 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Secretaria estadual de infraestrutura se posiciona sobre vídeo de erosão na área do Cristo, em Ilhéus

Por meio de uma nota de resposta, a secretaria de infraestrutura da Bahia comentou sobre o vídeo que aparece na publicação “Vídeo: erosão danifica parte de obra para nova ponte”.

De acordo com as explicações, a área é de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Ilhéus e não possui ligação com a obra da ponte Jorge Amado.

Sobre um poste que aparece nas imagens, a secretaria afirmou que a responsabilidade é da Coelba.

Confira:

Nota de Resposta: Erosão na região da Ponte Ilhéus-Pontal

A Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) informa que a erosão próxima da nova Ponte Ilhéus-Pontal, que foi mostrada em vídeo divulgado na semana passada, não está relacionada com a obra. O problema na área do estacionamento do Cristo não tem ligação com a construção da ponte e foi causado pela maré alta nos últimos dias. A manutenção do local está sob responsabilidade da Prefeitura de Ilhéus. Sobre o poste da rede pública, o equipamento está energizado e a Coelba está providenciando a equipe Linha Viva para a remoção.

Valderico Junior repudia uso de número de UTIs com objetivo eleitoral

Valderico Júnior.

Nessa quinta-feira, 11, o perfil do prefeito Mário Alexandre no Instagram publicou imagem com o número 55 nas cores azul e laranja, as mesmas do Partido Social Democrático (PSD), legenda do mandatário. O objetivo da publicação era divulgar as unidades de terapia intensiva abertas pelo Governo do Estado para o combate à Covid-19.

Imagem publicada no perfil oficial do prefeito Mário Alexandre.

O presidente do DEM em Ilhéus, Valderico Junior, repudiou a atitude do gestor. “Neste feriado de Corpus Christi, dia sagrado para muitos ilheenses, fomos surpreendidos por uma propaganda feita pela equipe do prefeito, que associa uma suposta quantidade de leitos de UTI ao número do PSD, partido de Mário Alexandre”.

Valderico Junior lembrou que a terapia intensiva é uma experiência penosa. “Como médico, o prefeito sabe que a pessoa contaminada pelo novo coronavírus, quando necessita de um leito de UTI, normalmente fica 21 dias internada, em intenso sofrimento. Alguns não resistem e morrem. Outros, quando sobrevivem, podem carregar sequelas para o resto da vida”.

Segundo o presidente do DEM-Ilhéus, fazer propaganda eleitoral associada a leitos de UTI é rebaixar a política ao nível mais raso possível. “Deixo aqui o meu repúdio. A discussão dos interesses públicos, principalmente neste difícil momento, deve ser tratada com absoluta seriedade”.

“Tenho evitado críticas ao governo atual, porque o momento é de luto pelas vidas que o país perde a cada dia nessa crise, mas, pelo mesmo motivo, uma atitude desrespeitosa como essa não pode ser ignorada”, concluiu.

ASCOM\DEM-ILHÉUS

Ilhéus: Prefeitura vai utilizar hotel para Covid-19 e comunidade denuncia problemas

Através da edição de quarta-feira (10) do Diário Oficial, a Prefeitura de Ilhéus requisitou administrativamnete o Hotel Village Enseada do Mamoan, na zona norte do município.

O imóvel se encontra sem utilização e deverá ser ocupado pelo governo ilheense para a instalação de um centro de acolhimento para pesssoas contaminadas pelo coronavírus e que desenvolveram a Covid-19.

Os proprietários do estabelecimento deverão ser indenizados posteriormente. De acordo com a Prefeitura, o uso da estrutura será feito enquanto “perdurar a situação de emergência de saúde pública”.

Falta de diálogo e ambiente insalubre

Surpresos e preocupados com a notícia, moradores da região denunciaram ao Blog do Gusmão as péssimas condições sanitárias do local. Eles afirmam que Mamoan há tempos é abandonada pelo poder público e temem um surto de contaminação, o que certamentamente atingiria a grande população idosa presente na localidade.

Os moradores citam problemas como a inexistência de uma Unidade Básica de Saúde e a proximidade do Hotel com igreja, escola e uma colônia de pescadores. De acordo com eles, o governo ilheense não debateu a instalação do centro de acolhimento previamente com a comunidade.

Um morador vizinho ao hotel chegou a gravar um vídeo em que mostra parte dos problemas relacionados ao esgoto, que transborda em tempos chuvosos. Fato que agrava a situação, já que em estados como Minas Gerais e Rio de Janeiro o coronavírus já foi encontrado em dejetos.

Confira:

* Com informações do Ilhéus Comércio.

Bolsonaro pede que apoiadores invadam hospitais e filmem leitos vazios

Jair Messias Bolsonaro.

O presidente Jair Bolsonaro pediu, em sua live semanal realizada ontem (11), que apoiadores invadam unidades hospitalares dedicadas ao combate contra o coronavírus e filmem a ocupação dos leitos.

“[Se] Tem hospital de campanha perto de você, hospital público, arranja uma maneira de entrar e filmar. Muita gente está fazendo isso e mais gente tem que fazer para mostrar se os leitos estão ocupados ou não. Se os gastos são compatíveis ou não. Isso nos ajuda”, disse o presidente.

Segundo a Folha, a entrada em unidades de saúde sem autorização não é permitida. O gesto, além de constranger os pacientes, coloca o visitante em risco de contaminação, sobretudo em meio à pandemia de coronavírus. As autoridades de saúde têm recomendado que as pessoas evitem unidades hospitalares para evitar o contágio.

Sem mostrar provas, Bolsonaro disse que chegam ao governo federal informações de que o número total de mortes está inflado e de que muitas pessoas morrem por outros motivos, mas que seus atestados de óbito incluem o coronavírus como causa. Informações do Metro1.

ICMS cai 29,8% em maio e Bahia aprofunda medidas emergenciais

O forte impacto da crise sanitária sobre as contas públicas na Bahia está evidenciado pela queda na arrecadação em maio. O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o principal do estado, registrou perda de 29,8% em comparação com o mesmo mês em 2019.

O tributo, que incide sobre a circulação de mercadorias e serviços, arrecadou R$ 1,42 bilhão, ante R$ 2,02 bilhões no ano passado. O IPVA caiu 28%, e o ITD, imposto sobre heranças e doações, perdeu 58,6%. O Estado, no entanto, já vinha se preparando para este cenário, e tem aprofundado medidas emergenciais para garantir o funcionamento da administração.

Diante do quadro de incertezas, desde que foram registrados os primeiros casos de contágio local, o governo baiano colocou em prática uma agenda destinada a minimizar as perdas na arrecadação e a reduzir os gastos, com base nas diretrizes do decreto 19.551/20, assinado pelo governador Rui Costa, no dia 20 de março.

Apenas as medidas de contenção de gastos já contabilizam, até agora, uma economia estimada em R$ 778 milhões, que preserva as despesas voltadas para o combate à pandemia.

Déficit

Mesmo com os repasses provenientes do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, que só começaram a chegar esta semana, a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA) ainda projeta um déficit estimado em R$ 1,5 bilhão, em 2020.

“O pacote de ajuda federal trouxe vetos que, na prática, reduziram seu alcance, o que contribui para prolongar a situação de dificuldade que os Estados já vinham enfrentando antes da pandemia, por conta do fracasso da política do Governo Federal em promover crescimento econômico e geração de emprego”, avaliou Manoel Vitório, secretário estadual da Fazenda.

Redução de gastos

A partir de março, todos os órgãos do governo foram instados a promover a revisão dos contratos em vigor e das licitações em curso, com vistas à redução dos preços e à determinação de prioridades; a suspender a celebração de novas contratações e de aditivos contratuais e a diminuir os gastos de custeio.

As medidas voltadas para evitar acréscimos nas despesas públicas são monitoradas pela Coordenação de Qualidade do Gasto Público, instituída na Secretaria da Fazenda pela reforma administrativa promovida no início da primeira gestão do governador Rui Costa, em 2015.

(mais…)