Ilhéus: Prefeitura vai utilizar hotel para Covid-19 e comunidade denuncia problemas

Através da edição de quarta-feira (10) do Diário Oficial, a Prefeitura de Ilhéus requisitou administrativamnete o Hotel Village Enseada do Mamoan, na zona norte do município.

O imóvel se encontra sem utilização e deverá ser ocupado pelo governo ilheense para a instalação de um centro de acolhimento para pesssoas contaminadas pelo coronavírus e que desenvolveram a Covid-19.

Os proprietários do estabelecimento deverão ser indenizados posteriormente. De acordo com a Prefeitura, o uso da estrutura será feito enquanto “perdurar a situação de emergência de saúde pública”.

Falta de diálogo e ambiente insalubre

Surpresos e preocupados com a notícia, moradores da região denunciaram ao Blog do Gusmão as péssimas condições sanitárias do local. Eles afirmam que Mamoan há tempos é abandonada pelo poder público e temem um surto de contaminação, o que certamentamente atingiria a grande população idosa presente na localidade.

Os moradores citam problemas como a inexistência de uma Unidade Básica de Saúde e a proximidade do Hotel com igreja, escola e uma colônia de pescadores. De acordo com eles, o governo ilheense não debateu a instalação do centro de acolhimento previamente com a comunidade.

Um morador vizinho ao hotel chegou a gravar um vídeo em que mostra parte dos problemas relacionados ao esgoto, que transborda em tempos chuvosos. Fato que agrava a situação, já que em estados como Minas Gerais e Rio de Janeiro o coronavírus já foi encontrado em dejetos.

Confira:

* Com informações do Ilhéus Comércio.



3 responses to “Ilhéus: Prefeitura vai utilizar hotel para Covid-19 e comunidade denuncia problemas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *