Deputado PM Capitão Alden (PSL) é acusado de invadir hospital em Lauro de Freitas

O deputado estadual Capitão Alden (PSL) é acusado de invadir, na manhã desta quarta-feira (17), as dependências do Hospital Riverside, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), o deputado estava acompanhado de seguranças quando adentrou a unidade, que é dedicada ao tratamento de pacientes com diagnóstico de coronavírus (covid-19).

A unidade é uma área de isolamento respiratório e de contato, onde é proibido visitas e acompanhantes.

Segundo a pasta, um dos seguranças do parlamentar posicionou-se na porta de um dos quartos, tendo acesso a uma paciente com as partes íntimas expostas devido ao banho no leito.

Em uma postagem em sua conta no Twitter, o titular da Sesab, Fábio Vilas-Boas, postou um vídeo do parlamentar dentro da unidade e criticou a atitude.

No vídeo, o deputado aparece falando que vai adentrar a unidade porque este é o seu papel e que imagens serão feitas. Ele responde e uma pessoa no hospital que esta pode processá-lo, caso sua imagem seja veiculada indevidamente.

“É lamentável que o deputado e os seus seguranças coloquem em risco a própria saúde, sob risco de serem infectados com a covid-19, bem como a de pacientes e profissionais”, completa a nota da Sesab.

Segundo a Sesab, um boletim de ocorrência foi registrado para a apuração do crime cometido. A polícia Militar não se pronunciou sobre o assunto.

* Informações do Correio da Bahia.



One response to “Deputado PM Capitão Alden (PSL) é acusado de invadir hospital em Lauro de Freitas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *