Itabuna registra 2 novos óbitos pela Covid-19

Boletim epidemiológico 26/06.

De acordo com o boletim epidemiológico da Prefeitura de Itabuna, atualizado nessa sexta-feira (26), o município registrou 2 novos óbitos pela Covid-19 nas últimas 24 horas. Agora, são 66 vidas perdidas por conta da doença. Os casos confirmados somam 2.162. Casos ativos são 1.073 e o número de curados é de 1.023. Estão internadas em UTIs 17 pessoas, e outras 31 estão leitos clínicos.

Covid-19 em Ilhéus: casos ativos e internados em UTI diminui

Informações do boletim epidemiológico 26/06.

De acordo com o boletim epidemiológico da Prefeitura de Ilhéus, atualizado nessa sexta-feira (26), o número de casos ativos da Covid-19 e pessoas internadas por conta doença no município diminuiu nas últimas 24h. Os casos ativos são 382 (-37), enquanto o de internados é 47 (-4). O número de óbitos se manteve estável (54), enquanto casos notificados apresentaram aumento, somando 9.755 (+149).

Veja o número completo dos números de Ilhéus:

Cartórios registram aumento nas mortes por doenças cardiovasculares

Doenças cardiovasculares são as que mais matam no Brasil e no mundo.

Os cartórios de registro civil registraram aumento de 31% no número de mortes por doenças cardiovasculares entre 16 de março, quando os estados começaram a decretar a quarentena por causa da pandemia da covid-19, a 31 de maio, em comparação com o mesmo período de 2019.

Os dados fazem parte do novo módulo do Portal da Transparência, lançado hoje (26), que reúne os óbitos por doenças cardíacas. O módulo foi desenvolvido pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil) em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

Porém, o levantamento da SBC mostra que os óbitos por infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC) registraram queda de 14% e 5% respectivamente, no período analisado, o que, na avaliação do presidente da entidade, Marcelo Queiroga, pode estar diretamente relacionado ao aumento do número de mortes em domicílio e à dificuldade do diagnóstico exato.

“A forte correlação positiva entre o aumento de mortes cardiovasculares por causas inespecíficas e domiciliares corrobora essas explicações, pois pode sugerir que pelo menos algumas das mortes por infarto e AVC ocorreram em casa, impedindo o diagnóstico correto”, disse Queiroga.

O presidente da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista, Ricardo Costa, lembra que as doenças cardiovasculares, que são as que mais matam no Brasil e no mundo, continuam acontecendo. “Estamos vivendo situação preocupante. A mortalidade pode estar sendo aumentada pelo não tratamento ou pelo tratamento muito retardado, pela não procura dos indivíduos infartados por um atendimento da maneira adequada”.

Segundo Costa, na segunda quinzena de março, quando as medidas de isolamento social foram implantadas de maneira mais ampla, foi observada uma redução em torno de 50% na realização de procedimentos de emergência como a angioplastia.

“Nas primeiras semanas de abril, observamos uma redução em torno de 70%. A principal hipótese é que pacientes mesmo com sintomas de infarto estavam deixando de procurar atendimento médico de emergência por conta do receio de serem contaminados pelo novo coronavírus”, disse Costa, destacando que muitos pacientes acabavam morrendo em casa ou chegavam com um quadro cardíaco grave no atendimento.

O presidente da SBC alerta para a necessidade de as pessoas buscarem atendimento médico para outras doenças que não apenas a covid-19. “Assim, é necessário realizar campanhas públicas para conscientizar sobre a importância do cuidado cardiovascular, mesmo durante esse período desafiador. É de notar que os efeitos deletérios sobre eventos cardiovasculares podem durar mais que a própria pandemia, pois as prevenções primárias e secundárias estão sendo adiadas nesse contexto”, disse Queiroga.

Bahia registra 2.131 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2131 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +3,9%), 41 óbitos (+2,6%) e 1.999 curados (+6,8%). Dos 56.422 casos confirmados desde o início da pandemia, 31.192 já são considerados curados, 23.588 encontram-se ativos e 1.642 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 369 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (49,88%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ipiaú (1.323,22), Gandu (1.311,61), Itajuípe (1.171,25), Uruçuca (1.145,28) e São José da Vitória (1.042,96).

O boletim epidemiológico contabiliza 56.422 casos confirmados, 152.795 casos descartados e 73.512 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (26).

Cabe ressaltar que o município de Conceição do Jacuípe enviou um ofício a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia comunicando que errou no preenchimento dos dados no sistema de notificação e lançou casos negativos como sendo positivos. Em virtude deste comunicado, no qual o município reconhece a falha no preenchimento, 53 casos serão excluídos.

Na Bahia, 7.290 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Malhado ganha nova praça após revitalização de terreno baldio

Praça José Serafim.

Após ouvir pedidos dos moradores do bairro do Malhado, o vereador Fabrício Nascimento (PSB), por meio da Indicação nº 1237 de 2019, solicitou ao prefeito Mário Alexandre, a criação de uma área de lazer em um terreno baldio que fica ao lado da Escola Municipal Batista Nova Jerusalém, na rua Jornalista Paulo Pinheiro.

O espaço era utilizado para depósito de lixo e entulho, além de ser usado para prostituição e uso de entorpecentes. A ação requerida é de medida sanitária, evitando o acúmulo de sujeira, o aparecimento de animais peçonhentos, roedores e o odor que incomoda a vizinhança.

A revitalização do espaço, agora denominado como Praça José Serafim, vai servir como área de lazer para os moradores e também para os alunos da escola, para a prática de atividades físicas, fator necessário para a boa prática pedagógica.

Para Fabrício Nascimento “Essa praça é mais um presente para nossos munícipes, que poderão contar com um espaço para atividades culturais, de lazer e socialização”.

“Eu não faço promessas, eu tenho projetos” diz Cacá Colchões

Jhonnis Melgaço e Cacá Colchões.

Na noite de ontem, 25, o site Ilhéus Eventos, comandado por Jhonnis Melgaço, transmitiu uma live na plataforma Instagram com o pré-candidato a prefeito Cacá Colchões.

Durante a live, Cacá reafirmou seu compromisso com a cidade e apresentou projetos, principalmente para o turismo e a geração de empregos, suas principais bandeiras. O pré-candidato falou da necessidade de atrair empresas para a nossa cidade e transformar a Avenida Soares Lopes em um verdadeiro complexo de lazer. O progressista falou, ainda, de projetos que estavam em andamento na gestão anterior e não foram aproveitados pela atual gestão.

“O projeto não era pra mim, era para a cidade de Ilhéus, precisamos administrar de maneira integrada, envolvendo todos que queiram coloborar por nossa cidade, independentemente de partidos”, frisou.

Cacá lembrou que “Não existe cidade turística boa para o turista e ruim para o seu povo”. De acordo com o candidato é preciso ter uma visão para futuro e pontuou três vertentes em potencial: a agricultura familiar, a indústria e o turismo. Para o fortalecimento da primeira vertente, é necessário ter um olhar mais atento aos distritos; já para a indústria e turismo ele citou formas de atrair o empresário, como por exemplo a construção do Parque Industrial, em uma fazenda na rodovia Ilhéus-Itabuna, na qual já tinha o decreto de desapropriação em 2016.

Cacá lembrou também da força de estar em um partido com grande representação na Assembleia Legislativa e no Congresso Nacional para colaborar com a gestão. Outro ponto de destaque da Live foi o tema saúde e Covid 19. Cacá citou a verba de 320 mil reais do deputado federal Cacá Leão para o Hospital São José, fruto de um pedido seu; além de uma parceria com o deputado Eduardo Salles e a Associação de Baiana de Produtores de Algodão (Abapa) que disponibilizou peças de algodão para serem usadas para confecção de máscaras que foram doadas aos mais necessitados.

O comerciante finalizou agradecendo a todos que estão na linha de frente no enfrentamento da pandemia e afirmou que, caso eleito, fará uma grande gestão na saúde. “Eu não preciso ser médico para ser o melhor prefeito na área de saúde de Ilhéus”, ressaltou.

ASCOM-Progressistas-Ilhéus

Caixa divulga calendário da 3ª parcela do auxílio emergencial

Pagamento inicia a partir dessa sexta-feira (27).

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, apresentou o calendário da terceira parcela do auxílio emergencial de R$ 600, que começa a ser paga amanhã (27). Na entrevista, ele também falou sobre os novos lotes de pagamentos da primeira e segunda parcela do benefício.

Ontem, durante live semanal nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro informou que o auxílio emergencial vai pagar um adicional de R$ 1,2 mil. O valor será dividido em três parcelas. “Vamos partir para uma adequação. Deve ser, estamos estudando, R$ 500, R$ 400 e R$ 300”, afirmou o presidente, que estava ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes.

O auxílio é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, como forma de fornecer proteção emergencial no enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Confira o cronograma:

27 de junho – nascidos em janeiro e fevereiro (pagamento do 1º lote da terceira parcela / do 2º lote da segunda parcela / e do 4º lote da primeira parcela);

30 de junho – nascidos em março e abril (pagamento do 1º lote da terceira parcela / do 2º lote da segunda parcela / e do 4º lote da primeira parcela);

1º de julho – nascidos em maio e junho (pagamento do 1º lote da terceira parcela / do 2º lote da segunda parcela / e do 4º lote da primeira parcela);

2 de julho – nascidos em julho e agosto (pagamento do 1º lote da terceira parcela / do 2º lote da segunda parcela / e do 4º lote da primeira parcela);

3 de julho – nascidos em setembro e outubro (pagamento do 1º lote da terceira parcela / do 2º lote da segunda parcela / e do 4º lote da primeira parcela);

4 de julho – nascidos em novembro e dezembro (pagamento do 1º lote da terceira parcela / do 2º lote da segunda parcela / e do 4º lote da primeira parcela).

Ilhéus: taxa de ocupação de UTIs é de 92%; 1.260 casos já foram confirmados

51 dos 55 leitos estão ocupados em Ilhéus.

De acordo com o boletim epidemiológico da Prefeitura de Ilhéus, atualizado na quinta-feira (25), o município está com 92% de ocupação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). São 51 pessoas internadas nesse tipo de leito. Apenas outras 4 Unidades estão disponíveis. Ainda segundo as informações municipais, 1 novo óbito pela Covid-19 foi registrado, num total de 54 vidas perdidas. O número de casos confirmados é de 1.260 até ontem, e o casos ativos são 419.

Veja os números completos de Ilhéus até quarta-feira (25):

Boletim Epidemiológico 25/06.

Bahia tem mais 11 municípios com transporte suspenso; total chega a 306

Ourolândia entrou para a lista de municípios com transporte suspenso.

O transporte intermunicipal será suspenso Anguera, Caculé, Ibicoara, Ibipitanga, Malhada, Malhada de Pedras, Ourolândia, Rio do Pires, Serra do Ramalho, Sítio do Quinto e Tapiramutá a partir de sábado (27). A decisão, que foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta sexta (26), tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana.

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. Também continuam suspensas, até o dia 6 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.

O decreto ainda autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Aracatu, Boquira, Canudos, Cipó, Cordeiros, Marcionílio Souza, Mirangaba, Palmas de Monte Alto, Palmeiras e Santa Rita de Cássia, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.

Lista de municípios

No total, Bahia possui 306 municípios com transporte suspenso. São eles: Abaíra, Abaré, Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Amélia Rodrigues, América Dourada, Anagé, Andaraí, Andorinha, Anguera, Antônio Cardoso, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Araci, Aramari, Aurelino Leal, Baianópolis, Baixa Grande, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barreiras, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Biritinga, Boa Nova, Bom Jesus da Lapa, Boninal, Brejões, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Caculé, Caém, Caetité, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canarana, Candeal, Candeias, Candiba, Cândido Soares, Cansanção, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caravelas, Casa Nova, Castro Alves, Catolândia, Catu, Cícero Dantas, Dom Basílio, Coaraci, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Conde, Condeúba, Coração de Maria, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Macedo Costa, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Filadélfia, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gentio do Ouro, Glória e Gongogi.

(mais…)

Valderico Junior articula parceria para viabilizar transporte de comerciários

Carlinhos da COOPROVI e Valderico Junior. (Foto: divulgação)

O empresário Valderico Junior, presidente municipal do DEM, reuniu-se na quarta-feira (24) com Carlinhos da COOPROVI, a Cooperativa dos Proprietários de Vans de Ilhéus. No encontro, propôs que a categoria entre em acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) para transportar os trabalhadores do comércio enquanto os ônibus da cidade não podem circular devido à pandemia de Covid-19.

Hoje, sem os ônibus, cada lojista se vira como pode para transportar os trabalhadores. Com as vans, esse transporte vai custar o mesmo preço da passagem municipal.

Os motoristas de vans vão prestar o serviço seguindo os cuidados de prevenção contra o novo coronavírus, com limite de passageiros por viagem e uso obrigatório de máscara.

“Chegamos ao entendimento de que os proprietários de vans podem cobrar o mesmo valor do transporte coletivo comum e conduzirem os colaboradores das empresas do centro da cidade com mais segurança. Isso será bom para o empresário, que terá uma economia com transporte, e para o prestador de serviço, uma vez que terá esse veículo à disposição para uma viagem mais tranquila e segura”, explicou Valderico Junior.

Iniciado o diálogo, agora a CDL e a cooperativa vão alinhar os termos para fechar o acordo.

ASCOM-DEM-Ilhéus