Ilhéus: mais mortes são registradas por causa da Covid-19; casos confirmados passam de 2 mil

Óbitos, casos ativos e confirmados apresentaram aumento.

Ilhéus voltou a registrar mortes por Covid-19 nas últimas 24h. De acordo com o boletim epidemiológico da Prefeitura Municipal, mais 3 pessoas perderam a vida por causa da doença. No total, são 85 óbitos. Ainda segundo as informações, o município também passou dos 2 mil casos confirmados, somando 2.020. Os casos ativos no município são 567 (+4). Estão internados em UTI 57 pacientes (+4).

Emerson Oliveira assume interinamente secretaria de saúde em Itabuna

Emerson Oliveira.

Do Pimenta:

O enfermeiro Emerson Oliveira, diretor da Vigilância à Saúde, foi nomeado secretário interino da Saúde de Itabuna pelo prefeito Fernando Gomes. A nomeação ocorreu na tarde desta segunda (13).

À frente da Vigilância à Saúde, Emerson coordena as ações de testagem e monitoramento da covid-19 em Itabuna. Já ocupando o cargo, ele determinou o pagamento dos salários de todos os servidores da Secretaria.

O atraso de salário levou os mais de 1,3 mil funcionários da Pasta a paralisar as atividades hoje. Desde a última quarta (8), a Secretaria da Saúde estava sem comando. Contrário à reabertura do comércio, Juvenal Maynart deixou o cargo.

TPI lança versão online de “Teodorico Majestade”

“Teodorico Majestade: a última Live de um Prefeito” estreia dia 24 de julho. (Foto: Lucas Vitorino)

No ano em que o Teatro Popular de Ilhéus completa 25 anos, o espetáculo “Teodorico Majestade: as últimas horas de um Prefeito”, que está em cartaz há quase 14 anos – desde 26 de novembro de 2006 –,  se adapta para uma versão inteiramente virtual.

Nesta versão online, “Teodorico Majestade: a última Live de um Prefeito”, que estreia dia 24 de julho, o Teatro Popular de Ilhéus tenta contaminar o audiovisual com teatro, e o elenco do espetáculo abre suas casas para receber o público às sextas e sábados de julho e agosto, sempre às 21 horas.

Teodorico, prefeito de Ilha bela, está prestes a perder seu mandato depois que uma onda de denúncias de corrupção tomou conta dos noticiários. Até um grupo de teatro resolveu fazer um espetáculo sobre ele. Agora, está acuado, pressionado a assinar seu pedido de renúncia.

A montagem surgiu como um posicionamento do Teatro Popular de Ilhéus diante dos escândalos ocorridos na cidade, e sua repercussão contribuiu para a mobilização da população ilheense contra o então prefeito Valderico Reis, tendo histórica importância na cassação de seu mandato em 2007.

O espetáculo é uma sátira política em formato de cordel sobre um prefeito prestes a perder seu mandato por conta de denúncias que vieram a público, construindo um protesto bem-humorado que mostra o lado ridículo dos bastidores da política corrupta e que, ao mesmo tempo, conclama o povo a exercer seus direitos de cidadão.

Após cada apresentação, o grupo abrirá um bate-papo com o público para conversar sobre esses 25 anos de história do TPI, tendo ainda convidados especiais nas sextas-feiras. No bate-papo da estreia, o convidado é Felipe de Paula, que já escreveu um artigo científico sobre o Teatro Popular de Ilhéus e o audiovisual.

Os ingressos são limitados, e estão à venda na plataforma Sympla por 10 e 20 reais, onde também será feita a transmissão. O público pode ainda ajudar o grupo com colaborações voluntárias de 50 e 100 reais, e dessa forma contribuir para a manutenção da Tenda TPI durante a pandemia. Para realizar a compra dos ingressos, basta acessar o site www.sympla.com.br/teatropopulardeilheus.

Crise do coronavírus pode ficar “pior e pior e pior”, alerta OMS

Da Reuters:

A pandemia de coronavírus tem o potencial de piorar muito se os países não aderirem às precauções básicas de saúde, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta segunda-feira.

“Deixe-me ser franco, muitos países estão indo na direção errada, o vírus continua sendo o inimigo público número um”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista pela internet na sede da OMS, em Genebra.

“Se o básico não for seguido, o único caminho dessa pandemia será ficar cada vez pior e pior e pior.”

As infecções superaram a marca de 13 milhões em todo o mundo nesta segunda-feira, de acordo com uma contagem da Reuters, aumentando um milhão em apenas cinco dias, em uma pandemia que matou mais de meio milhão de pessoas.

Tedros, cuja liderança tem sido fortemente criticada pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que de 230.000 novos casos no domingo, 80% eram de 10 países e 50% de apenas dois países.

Estados Unidos e Brasil são os países mais afetados.

“Não haverá retorno ao antigo normal no futuro próximo. Há muito com o que se preocupar”, acrescentou Tedros, em um de seus comentários mais fortes nas últimas semanas.

Tedros disse que a OMS ainda não recebeu uma notificação formal da saída dos EUA anunciada por Trump. O presidente norte-americano diz que a OMS se alinhou à China, onde a doença Covid-19 foi detectada pela primeira vez, no início da crise.

Trump, que usou uma máscara protetora em público pela primeira vez no fim de semana, foi ele próprio acusado por adversários políticos de não levar o coronavírus a sério o suficiente, algo que ele nega.

Uma equipe da OMS foi à China para investigar as origens do novo coronavírus, descoberto pela primeira vez na cidade de Wuhan. Os membros da equipe ficaram em quarentena, de acordo com o procedimento padrão, antes de começarem a trabalhar com cientistas chineses, disse Mike Ryan, chefe do programa de emergências da OMS.

Bahia registra 1.128 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.128 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,1%), 52 óbitos (+2,1%) e 405 curados (+0,5%). Dos 106.891 casos confirmados desde o início da pandemia, 74.135 já são considerados curados, 30.221 encontram-se ativos e 2.535 tiveram óbito confirmado.

Os casos confirmados ocorreram em 398 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (40,73%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.709,63), Itajuípe (2.337,61), Ipiaú (2.012,08), Lauro de Freitas (1.760,23) e Itabuna (1.713,70).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 212.884 casos descartados e 95.589 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta segunda-feira (13).

Na Bahia, 11.385 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Todos os dados estão disponíveis no Painel Epidemiológico. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Câmara de Ilhéus retorna com sessões presenciais nesta terça-feira

Salão Nobre do Palácio Paranágua.

A Câmara Municipal de Ilhéus volta às sessões plenárias nesta terça-feira (14), a partir das 09h, no Salão Nobre do Palácio Paranaguá.

Como prevenção ao novo coronavírus, haverá lotação máxima de 25 pessoas no Salão Nobre e o uso obrigatório de máscara facial, luvas e álcool gel. As sessões da Câmara são transmitidas pela página oficial do legislativo de Ilhéus no Facebook.

Em breve, as sessões retornarão ao Plenário Gilberto Fialho, que foi completamente reformado.

Após 13 dias internado, Cacá Colchões teve alta e foi para casa

Cacá Colchões.

O empresário e ex-vice prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões, teve alta médica na tarde de ontem (domingo, 12). Cacá ficou internado 13 dias no Hospital de Ilhéus, ocupando também um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele foi diagnosticado com Covid-19. Cacá deverá ficar 3 dias em isolamento domicilar, conforme orientação médica.

Covid-19: Ilhéus registrou 7 óbitos em 24h; número de curados permaneceu o mesmo

82 pessoas já morreram em Ilhéus por causa da Covid-19. (Imagem ilustrativa / Adão Souza / PBH)

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Prefeitura de Ilhéus, o município registrou, entre sábado (11) e domingo (12), 7 óbitos por causa da Covid-19. No total, 82 vidas já foram perdidas em Ilhéus para a doença.

O número de curados (1.279) não apresentou aumento neste período, diferente dos casos ativos, que saltou de 514 para 563.

Dos 65 leitos de UTI disponíveis para Covid-19, 53 estão ocupados. No momento, Ilhéus confirma 1.977 casos da Covid-19.

Bahia tem 29.550 casos ativos da Covid-19

105.763 casos já foram confirmados no Estado.

Na Bahia, entre sábado (11) e domingo (12), foram registrados 1.575 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,5%), 47 óbitos (+1,9%) e 594 curados (+0,8%). Dos 105.763 casos confirmados desde o início da pandemia, 73.730 já são considerados curados, 29.550 encontram-se ativos e 2.483 tiveram óbito confirmado.

Os casos confirmados ocorreram em 398 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (41,08%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.660,25), Itajuípe (2.322.97), Ipiaú (2.005,54), Lauro de Freitas (1.739,57) e Itabuna (1.656,01).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 209.099 casos descartados e 98.366 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas de domingo (12).

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 44 milhões na terça-feira

Mega semana das férias terá três sorteios.

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do Concurso 2.278 da Mega-Sena sorteadas sábado (11), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo. Com isso, o prêmio para o próximo concurso, que ocorrerá, excepcionalmente, na terça-feira (14), está estimado em R$ 44 milhões.

Os números sorteados foram 08, 17, 34, 37, 43 e 45.

Já a quina teve 98 apostas vencedoras que vão receber, cada uma, R$ 35.640. A quadra teve 6.533 apostas vencedoras e paga prêmio de R$ 763 a cada.
Mega semana das férias

Tradicionalmente, a Mega-Sena tem dois sorteios semanais, aos sábados e quartas-feiras. Em julho, no entanto, a Caixa promove a mega semana das férias, com três concursos na próxima semana, que ocorrerão na terça-feira, quinta-feira (16) e sábado (18).

As apostas para o próximo concurso da Mega-Sena podem ser feitas até as 19h de terça-feira. Um jogo simples, de seis números, custa R$ 4,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país.