PP divulga nota de repúdio contra dancinha ridícula de Marão

Nota de repúdio do diretório do Partido Progressista de Ilhéus.

Ilhéus merece mais respeito.

Estamos há cinco meses enfrentando um vírus mortal. Milhares de brasileiros já perderam suas vidas para essa doença terrível. Em Ilhéus, enfrentamos também a doença do desrespeito, da falta de compromisso, da falta de empatia e da falta de liderança do atual gestor.

Em um vídeo que circulou na tarde de ontem (02) nas redes sociais, o prefeito Mário Alexandre aparece dançando mesmo diante do luto oficial decretado pelo próprio alcaide.

As atitudes do prefeito não me representam e me deixam totalmente indignado. Eu sinto a dor e o medo das famílias que estão convivendo com esse vírus. Eu passei por isso, foram momentos de muitas incertezas em minha família.

O prefeito foi omisso ao não tomar as medidas necessárias no início da pandemia. Ilhéus registra o maior número de mortes do interior do Estado, taxa de letalidade acima da média Nacional, o comércio sofre, o desemprego aumenta.

Assistimos, nas últimas semanas, o aumento do número de casos e óbitos em nossa cidade. Perdemos pais, mães, filhos, tios, primos, sobrinhos, amigos. Perdemos pessoas que amávamos. Perdemos pessoas que tinham sonhos, ambições, projetos. Ainda estamos chorando essas perdas. Ainda estamos aflitos pelos enfermos. Fazer DANCINHA na rua é falta de respeito. O único compromisso que Mário tem é com o erro e com seus interesses pessoais.

As ações do prefeito Mário Alexandre desrespeitam as 141 famílias que perderam seus entes queridos. Desrespeitam todos os ilheenses que estão cumprindo isolamento. Desrespeitam os curados e os que ainda estão lutando por sua vida. Desrespeitam todos os profissionais que trabalham no enfretamento do vírus. Desrespeitam aqueles que precisam sair de casa para garantir o sustento de sua família. Desrespeitam a mim, a você, nossos amigos e a nossa família.

Chega de IRRESPONSABILIDADE.

Cacá Colchões
Presidente Municipal dos Progressistas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *