Ângelo Coronel espera que o PT seja vice do PSD nas eleições estaduais de 2022

Ângelo Coronel, Otto Alencar e Jacques Wagner.

Na manhã do último sábado (01), o programa Bom dia Bahia, da Rádio Difusora de Itabuna, apresentado pelo jornalista Ederivaldo Benedito (Bené) e pelo advogado Andirlei Nascimento, teve como convidado o senador Ângelo Coronel (PSD).

O editor do BG, Emílio Gusmão, também participou do programa, e, na oportunidade, perguntou ao senador se haverá candidatura própria do PSD à sucessão do governador Rui Costa em 2022. Na Bahia, PT e PSD são aliados, mas o protagonismo petista completará 16 anos em 2022. Ao longo do tempo, o PSD tem se contentado com o papel do coadjuvante que ocupa espaços representativos.

Ângelo Coronel foi taxativo e assegurou que o PSD terá como candidato ao governo da Bahia o senador Otto Alencar, que pretende concluir o mandato de oito anos na câmara alta e concorrer ao executivo estadual.

“Além da candidatura ao governo do estado, o PSD também terá candidatura à presidência da república. Espero que dessa vez o PT seja vice do PSD nas eleições estaduais”, declarou o senador Ângelo Coronel em tom de recado.

O PT não demonstra querer abrir mão do papel principal. O ex-governador Jaques Wagner, hoje no Senado, é candidatíssimo e já trabalha para consolidar o próprio nome. A declaração de Coronel pode intencionar a conquista de mais espaços no futuro, afirmam figuras importantes da base governista.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *