Covid-19: Itabuna tem aumento de quatro mortes e 293 casos em 24 horas

Itabuna.

O boletim da Prefeitura de Itabuna da terça-feira (18) afirma que o município está com 7.975 casos confirmados de Covid-19. Na segunda-feira (17) o número era de 7.682. O aumento foi de 293 casos em 24 horas.

A cidade está com 171 mortes de acordo com o boletim. Um aumento de quatro mortes.

O número de casos ativos no município é de 4.294, um aumento de 187 em 24 horas. São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Itabuna tem 3.510 casos curados, 31 internados em UTI e 60 internados em leito clínico.

Covid-19: Ilhéus registra duas mortes e 255 casos a mais em 24 horas

O boletim municipal desta terça-feira (18) apresentou aumento de 255 no número de casos confirmados da Covid-19, chegando a 5.310. Na segunda-feira (17) eram 5.055 casos confirmados.

Nesta terça o boletim apresentou duas mortes a mais. Ilhéus está com 191 óbitos causados pela doença.

O número de casos ativos nesta terça é de 1.165, na segunda o número era de 996, uma acréscimo de 169 casos ativos.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Bahia tem 14.342 casos ativos da Covid-19 nesta terça (18)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.926 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,8%) e 2.976 curados (+1,5%). Dos 221.041 casos confirmados desde o início da pandemia, 202.157 já são considerados curados e 14.342 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 413 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (31,77%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Almadina (4.941,43), Dário Meira (4.547,15), Salinas da Margarida (4.257,36), Itapé (4.189,02) e Ibirataia (4.120,95).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 415.444 casos descartados e 84.674 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (18).

Na Bahia, 18.231 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 67 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 4.542, representando uma letalidade de 2,05%. Dentre os óbitos, 55,92% ocorreram no sexo masculino e 44,08% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 50,88% corresponderam a parda, seguidos por branca com 15,43%, preta com 15,17%, amarela com 0,88%, indígena com 0,13% e não há informação em 17,50% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 76,13%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (78,11%).

Cadastro estadual do trabalhador da cultura permanece aberto

O cadastro estadual dos trabalhadores e trabalhadoras da cultura, lançado em 14 de julho pelo Governo da Bahia, por meio das secretarias estaduais de Cultura (Secult) e do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), permanece aberto através de plataforma online. Além de traçar um panorama dos profissionais dos segmentos culturais nos 27 territórios de identidade baianos, fornecendo informações para a elaboração de políticas públicas no campo cultural, o cadastro servirá de base para o acesso ao auxílio emergencial da Lei Aldir Blanc.

A plataforma está disponível neste link. Ao final do cadastramento, é possível solicitar o envio, para o e-mail informado, de cópia das respostas submetidas no formulário. É necessário selecionar a opção indicada na tela final do cadastramento para receber a cópia da inserção de informações. Em caso de dúvidas, o profissional pode entrar em contato pelo endereço [email protected], informando nome completo, CPF e e-mail para verificação.

Na vanguarda tecnológica a Faculdade Madre Thaís iniciou o segundo semestre

Foto: Ascom/FMT.

Na vanguarda tecnológica, a Faculdade Madre Thaís (FMT) iniciou o segundo semestre letivo com aulas remotas, em Ilhéus. Antes mesmo da pandemia, os professores já navegavam por algumas plataformas buscando experiência nessa área.

Com a necessidade criada pela pandemia provocada pelo novo coronavírus, as aulas tiveram que ser realizadas de forma remota e os conteúdos disponibilizados para todos os acadêmicos da Faculdade, de forma on-line.

Para viabilizar esse ambiente, visando aulas mais participativas, colaborativas, criativas e atrativas a FMT ofereceu treinamento, online, para o seu corpo docente, que continuará durante todo semestre e, para os seus alunos, a aula inaugural 2020.2 tratou da operacionalização do Microsoft Teams.

A FMT quer oportunizar meios eficientes para que os seus docentes proporcionem e acompanhem o progresso dos alunos em seus trabalhos diários. A expectativa é ampliar as possibilidades educacionais para utilizar diferentes mídias e tecnologias que apoiem o processo de ensino e de aprendizagem.

A professora Tatiana Barcelos, diretora acadêmica da FMT, disse que a instituição está conseguindo suprir as necessidades dos alunos mesmo neste momento de dificuldades. “É uma crise que ninguém esperava, mas a Faculdade Madre Thaís vem se capacitando em ambientes remotos, isso ajuda muito aos professores e também aos alunos. Apesar de acreditar que talvez tenhamos que ministrar as aulas dessa forma durante todo o semestre, já montamos cronograma de retorno presencial gradativo (atendendo as determinações das autoridades), porém o mais importante é termos a certeza que o aproveitamento dos alunos está sendo satisfatório”, disse Tatiana Barcelos.

As drogas e a vida: onde estão os limites?

Nessa fase adulta e difícil da vida a droga estará presente, de uma ou outra forma. E o que ela tem para nos oferecer? Soluções? Despesas? Fugas? Alienação? Um pouco de alegria? Ou a derrota total?

Por Julio Gomes.

A vida começa com a plena força da juventude, com uma explosão incontrolável de hormônios e energia, com uma sede sem fim de viver aventuras, experiências, de combater por tudo aquilo em que acreditamos ou que queremos com todas as forças, de forma temerariamente ilimitada.

Ainda no início da juventude, como que em um ritual de passagem para nos tornarmos adultos, travamos um inevitável contato com as bebidas alcoólicas, normalmente apresentadas a nós por nossos pais ou parentes mais próximos, desde a infância. Não, eles não precisam nos oferecer, basta que consumam em nossa presença, pois os exemplos são mais eficazes do que as palavras.

Os primeiros contatos com as bebidas são sempre festejados, lúdicos, um desafio vencido! Daí podemos ou não progredir no uso do álcool, ou passarmos ao consumo de outras drogas, normalmente a maconha, mais popular e muito acessível.

Outros, querendo afirmar-se como “homens” ou “mulheres”, ou talvez por determinação biológica, seguirão rumo a drogas mais potentes, onde o consumo não é tido como social, mas gera um outro mundo em torno de si, absorvendo física e psicologicamente a muitos dos que nele adentram, amiúde sem retorno.

O roteiro acima, seja por experiência própria, de alguém bem próximo ou por ouvir dizer, é do conhecimento de todos, sem exceções. Por que, então, falar sobre isso?

Porque entre a juventude e a maturidade há um aumento crucial da responsabilidade, dos problemas, das dificuldades a serem superadas e de sua variedade, seja quanto à sobrevivência econômica, seja quanto ao lugar que ocupamos na sociedade, seja com o aumento da complexidade no relacionamento com as demais pessoas e com o mundo. O fato é que a vida vai recrudescendo, exigindo, decepcionando, marcando a ferro e fogo e ninguém escapa disso, por mais que poste fotos sorridentes nas redes sociais. (mais…)

Zona sul de Ilhéus registra aumento considerável no número de casos de Covid-19

Zona Sul de Ilhéus. Imagem área de José Nazal.

Houve crescimento no número de casos de Covid-19 na zona sul de Ilhéus. A informação é do vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, que analisou os dados das últimas 24 horas.

O bairro Nelson Costa teve aumento de 35 casos, Hernani Sá (29), Nossa Senhora da Vitória (29), São Francisco (14) e Pontal (13).

Em outros bairros o aumento também foi percebido, como é o caso da Conquista (29), Malhado (13), Avenida Esperança (12), Teotônio Vilela (12) e Banco da Vitória (09).

Vale lembrar que nas últimas 24 horas a cidade chegou a 5.055 casos confirmados da doença e  está com 189 óbitos.

Atualizado às 14h47min.

Correção: o aumento do número de casos informado neste texto aconteceu nas últimas 48 horas.

Teatro Popular de Ilhéus inicia fechamento definitivo do seu espaço cultural

Imagem: Larissa Paixão/Ascom-TPI.

O Teatro Popular de Ilhéus está fechando seu espaço cultural, a Tenda, localizada na Avenida Soares Lopes. Até o final desta semana, o TPI, que realiza suas atividades naquele local desde 2013, deve entregar seus dois containers onde funcionam a administração/bilheteria e os banheiros, e na semana seguinte deve ser efetuada a entrega da lona, encerrando assim o funcionamento da sua sede. Enquanto isso, a equipe está em busca de alternativa para a guarda de seus equipamentos.

O grupo enfrenta dificuldades financeiras desde o ano passado. Com a pandemia do Novo Coronavírus, teve que interromper suas atividades em 15 de março, deixando de contar com os recursos de bilheteria e venda de pautas. Além disso, o Teatro Popular de Ilhéus vem sofrendo com a descontinuidade dos repasses do Fundo de Cultura da Bahia, o que provocou 10 meses de atraso no pagamento do aluguel da lona e 9 meses dos containers, 4 meses sem pagamento de salários dos 15 trabalhadores e falta de pagamento das contas de água, telefone, internet e energia elétrica, que já foi interrompida duas vezes neste período.

Outro agravante é que o funcionamento da Tenda TPI, assim como de qualquer espaço cultural, demanda grande investimento em manutenção física e de equipamentos. Para piorar, a estrutura é situada à beira-mar, sujeita a sol, chuvas e fortes ventos, e o efeito da maresia nos equipamentos de som, luz e projeção, nos mastros, mastareis e paus-de-roda é devastador. Normalmente o grupo contaria com o recurso de bilheteria para pequenos investimentos. Este, nunca foi suficiente, o que já vinha tornando o espaço bastante deteriorado. A lona já deveria ter sido substituída, mas como isso até hoje não foi possível, a mesma se encontra em péssimo estado, o que inviabilizaria a reabertura da Tenda mesmo que a pandemia tivesse um fim agora.

Desde o início do ano, para tentar driblar essas dificuldades, o TPI lançou campanhas de apoio financeiro, como o “Passaporte TPI”, e o financiamento coletivo “Teatro Popular de Ilhéus + 25 anos”, na plataforma “Apoia.se”. Acontece que as campanhas obtiveram pouco engajamento, e o recurso arrecadado só foi suficiente para quitação de parte da dívida de energia elétrica e água. O grupo também buscou apoio da Prefeitura Municipal de Ilhéus. Através de Emenda Parlamentar, aprovada para o orçamento do exercício 2020, o Teatro Popular de Ilhéus poderia contar com um recurso fundamental para sua manutenção, mas, infelizmente esse apoio ainda não foi efetivado. (mais…)

Escolas seguem com testes para coronavírus em Ilhéus e Itabuna até sexta-feira

Foto: Divulgação.

As escolas da rede estadual dos municípios de Ilhéus e Itabuna entraram, nesta segunda-feira (17), na segunda semana de testagens para o novo coronavírus em estudantes, professores e funcionários. A atividade segue até a próxima sexta-feira (21) e faz parte do protocolo para a tomada de decisões relacionadas à retomada do ano letivo, mesmo ainda sem a data de retorno definida. O atendimento nas escolas é das 8h às 17h.

Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local, com disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testados devem utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais de testagem. Ao entrar, todos são direcionados para a higienização correta das mãos.

O estudante David Coelho, do Colégio Estadual Moyses Bohana, em Ilhéus, ressaltou a importância da iniciativa. “A gente ficar sabendo da nossa situação, seja o resultado positivo ou negativo, nos dá uma certa tranquilidade, porque podemos tomar as precauções necessárias”, disse.

Para Maria Bonfim, mãe de estudantes matriculados no Colégio Estadual Felix Mendonça, em Itabuna, a testagem da comunidade escolar também é fundamental para contribuir no controle da infecção no município. “Por ser uma doença nova, tenho certeza de que este trabalho vai ajudar na diminuição da curva de crescimento, pois vai apontar pessoas que estejam infectadas, ou que já tiveram, que serão devidamente orientadas”. (mais…)

Funcionários dos Correios entram em greve em todo o país

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (FENTECT) decidiu entrar em greve na segunda-feira (17). Segundo a entidade, não há prazo para o fim da paralisação na estatal, que começou às 22h.

De acordo com a federação, os grevistas são contra a privatização da estatal, reclamam do que chamam de “negligência com a saúde dos trabalhadores” na pandemia e pedem que direitos trabalhistas sejam garantidos.

A entidade afirma que desde julho os sindicatos tentam dialogar com a direção dos Correios sobre estes pedidos, o que, segundo eles, não aconteceu. Alegam que, em agosto, foram surpreendidos com a revogação do atual Acordo Coletivo que estaria em vigência até 2021.

De acordo com texto publicado no site da federação, “Foram retiradas 70 cláusulas com direitos como 30% do adicional de risco, vale alimentação, licença maternidade de 180 dias, auxílio creche, indenização de morte, auxílio creche, indenização de morte, auxílio para filhos com necessidades especiais, pagamento de adicional noturno e horas extras.”

Outro motivo da greve, segundo a federação, é a possível privatização dos Correios e o “aumento da participação dos trabalhadores no Plano de Saúde, gerando grande evasão, e o descaso e negligência com a saúde e vida dos ecetistas na pandemia da Covid-19”. (mais…)

Covid-19: Itabuna tem aumento de 243 casos em 24 horas

O boletim da Prefeitura de Itabuna da segunda-feira (17) afirma que o município está com 7.682 casos confirmados de Covid-19. No domingo (16) o número era de 7.439. O aumento foi de 243 casos em 24 horas.

A cidade permanece com 167 mortes de acordo com o boletim.

O número de casos ativos no município é de 4.107, um aumento de 125 em 24 horas. São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Itabuna tem 3.408 casos curados, 32 internados em UTI e 61 internados em leito clínico.

Ilhéus: mais um policial militar é vítima da Covid-19

Foto: Reprodução.

Na segunda-feira (17) mais um ilheense perdeu a luta contra a Covid-19. O sargento Marcelo Santos de Oliveira, de 48 anos, que estava internado no Hospital São José, era morador da Conquista e não resistiu à doença.

Segundo informações do site FRN, o policial era hipertenso e fazia uso do medicamento Ivermectina desde que a pandemia teve início. O militar estava internado há aproximadamente 15 dias e seu quadro se agravou 24 horas antes do falecimento.

*Com informações do site FRN.