Bahia está com 11.852 casos ativos de Covid-19 nesta terça (25)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 3.731 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,6%) e 4.095 curados (+1,9%). Dos 240.939 casos confirmados desde o início da pandemia, 224.036 já são considerados curados e 11.852 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 414 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (30,88%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Almadina (4.941,43), Dário Meira (4.547,15), Salinas da Margarida (4.257,36), Itapé (4.189,02) e Ibirataia (4.120,95).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 446.294 casos descartados e 85.077 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta terça-feira (25).

Na Bahia, 19.096 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos (mais…)

Estado encerra testagem para novo coronavírus na comunidade escolar em Ilhéus

Foto: Divulgação.

Os estudantes da rede estadual de Ilhéus, no sul da Bahia, que não fizeram a testagem para o novo Coronavírus tiveram mais uma oportunidade nas escolas. Nesta terça-feira (25), o Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) do Chocolate Nelson Schaun e o Colégio da Polícia Militar (CPM) Rômulo Galvão realizaram um dia extra para a aplicação dos testes, abertos a toda comunidade escolar. A ação fez parte do protocolo do Governo do Estado para a tomada de decisões relacionadas à retomada do ano letivo e já foi realizada em Itabuna, Jequié, Itajuípe, Ipiaú e Uruçuca.

A estudante Camille Vitória Menezes, do curso técnico de nível médio em Agroindústria, do CEEP do Chocolate Nelson Schaun, foi uma das que garantiram a sua testagem. “É uma forma de termos uma base de controle para garantir a nossa saúde e a dos nossos familiares. Achei muito importante esta iniciativa da escola”, disse.

O estudante Andres Nascimento, do Colégio Estadual Paulo Américo de Oliveira, também esteve no CEEP do Chocolate Nelson Schaun para ser submetido à aplicação do teste para o novo Coronavírus. “Acredito que deve contribuir nos cuidados com aqueles que derem positivo, além de ser um forma de planejar a volta às aulas o mais breve possível”, contou.

Para a estudante Ana Menezes, do CPM Rômulo Galvão, a testagem garante o maior cuidado com os familiares. “Não é apenas por nós. Com o teste, podemos saber se temos ou já tivemos o vírus e isso pode nos dar um indicativo de como proceder em casa com os nossos familiares”.

A coordenadora do Núcleo Territorial de Educação de Itabuna (NTE 5), Leninha Vila Nova, destacou o trabalho realizado para as testagens. “Tivemos este dia extra em Ilhéus a pedido da própria comunidade escolar, que passou por alguns imprevistos durante a semana passada, com dois dias de chuvas intensas. Mas acredito que foi realizado um amplo trabalho de atendimento, que continua com o acompanhamento dos estudantes que deram positivados. A população entendeu a importância desta ação do Governo do Estado, voltada ao cuidado com os estudantes, professores, funcionários e, consequentemente, para as suas famílias”, afirmou.

Parcerias

A testagem ocorre em municípios de pequeno e grande portes que apresentam elevados índices de contaminação, a partir da parceria entre as secretarias estaduais da Educação e da Saúde (Sesab) e as prefeituras municipais. A aplicação é feita por profissionais das secretarias de Saúde, seguindo todos os protocolos de segurança necessários. A divulgação dos resultados oficiais pela Secretaria da Educação será feita após análise científica, que está sendo realizada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Itabuna: SineBahia tem 09 vagas de emprego

Há uma vaga de técnico em refrigeração no Sinebahia Itabuna.

O SineBahia em Itabuna oferta  vagas de emprego até a próxima quinta-feira (27). Os candidatos interessados devem enviar um e-mail para [email protected] com o nome completo, números de CPF, PIS, telefone e o nome da vaga pretendida. O processo de seleção dos candidatos será feito exclusivamente on-line. As vagas são exclusivas para Itabuna.

 

GUARDA-VOLUME  (PCD)

Exclusiva para Pessoas Com Deficiência

Não exige escolaridade

Não exige experiência

Possuir laudo médico

01 VAGA

 

AUXILIAR DE LIMPEZA (PCD)

Exclusiva para Pessoas com Deficiência

Ensino Fundamental Incompleto

Não exige experiência

Possuir laudo médico

01 VAGA

 

MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO (PCD)

Exclusivo para Pessoas com Deficiência

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

Possuir laudo médico

01 VAGA

(mais…)

Concessionária de Corpos

Se você leu Aldous Huxley (Admirável Mundo Novo); George Orwell (1984); Júlio Verne (Vinte mil léguas submarinas); Franz Kafka (O Processo); H. G. Wells (A guerra dos mundos), Machado de Assis (O Alienista) e por aí vai… Entenderá perfeitamente os porquês e as influências que me levam a mergulhar na ficção possível, quase risível e algo relaxada que nos aguarda numa não tão distante posteridade, o amanhã. A fábrica de corpos.

Por Mohammad Jamal.

Esse surpreendente Mundo Novo. Estamos vivendo um mundo diferente daquele que foi objeto e inspiração para a obra de George Orwell descrita no livro 1984; à época, assustadoramente realista e chocante. De lá pra cá a humanidade avançou claudicante no âmbito das ideologias e quase estagnou no humanismo e nas relações internacionais onde predomina agressivamente um feroz colonialismo individualista pelo poder absoluto e a caça irrestrita pelo domínio dos bens de capital e recursos naturais dos países abaixo da sua linha de poder. Simultaneamente, ao poderio avassalador das armas e do capital agregam-se os avanços tecnológicos no campo da cibernética, da automação, das pesquisas no campo da medicina e farmacologia, incluindo-se aí o mapeamento dos genomas com a biotecnologia celular e molecular e o desenvolvimento das armas de destruição em massa, via energia atômica e a malignidade mortal das bactérias e vírus para uso estratégico sobre as massas. Algo semelhante tal como vemos agora nesse pipocar de vacinas para a Covid custeadas por financiamentos a fundos perdidos com milhões de dólares pelos governos dos países mais ricos e uns poucos gatos pingados, em desenvolvimento, na ânsia de evitar a falência das suas já combalidas economias.

O livro 1984, nessa “atualidade”, passou a condizer-se como sucinto relato da sociopolítica antiquada e sobejamente superada porquanto ainda baseada na recondução primitiva dos indivíduos a uma ressocialização conveniente ao ‘sistema’ através a infringência de privações fisiológicas, dor e o sofrimento físico e psicológico ao proletariado. Metodologia muito comum na Idade Média, depois ressuscitada e largamente empregada durante a dominação do ditador sanguinário Stálin para submeter o povo russo, dentre alguns outros semelhantes com idênticas metodologias que também fizeram suas histórias escritas com sangue humano, Haile Selassie; Idi Amin; Saddam Hussein, al-Gaddafi, etc. Diferente neste contexto, a geopolítica da União Soviética se refletiu na escolha do modelo econômico soviético, concebido originalmente para garantir a sobrevivência da URSS num contexto de quase autarquia, atenuo.

Só como o que me faz bem! Mas neste artigo – parêntese, por favor – porque abominei; não suporto mais ver por isso não leio nem ouço mais nada sobre a “Cov”, faz tempo; porque essas saturações impositivas das mídias pelos próprios interesses e audiência, tanto quando em sendo usadas como veículos dos interesses políticos financeiros predominantes, apenas se prestam a incutir e disseminar o desespero coletivo e agravando o sofrimento e angustiando mais a população diante de um problema gravíssimo de saúde pública cuja solução nos transparece longe, mesmo quando, precipitadamente, os interessados nos grandes negócios buscam desenvolver o remédio milagroso que será vendido a peso de ouro, enquanto os efeitos colaterais imprevistos, “Allah wahdah yaelam”, só Deus sabe. (mais…)

Diante de greve, Correios reforçam efetivo para cumprir entregas

Da Agência Brasil.

Os Correios informaram ontem (24) que entregaram no último fim de semana, dias 22 e 23/08, mais de 1,2 milhão de cartas e encomendas em todo o país. Esse número só foi possível porque a empresa contou com o reforço de empregados da área administrativa e de veículos extras. Isso porque os funcionários da estatal entraram em greve na semana passada.

Segundo a empresa, a rede de atendimento segue aberta em todo o país e os serviços, inclusive o SEDEX e o PAC, continuam ativos. Mas as postagens com hora marcada, suspensas desde o início da pandemia, ainda estão indisponíveis. “A Coleta Programada não sofreu alteração, assim como a Logística Reversa, que permanece operando normalmente em nossas agências, bem como o serviço de telegrama, que continua sendo prestado com um acréscimo de um dia ao prazo previsto de entrega”, afirmou a empresa.

Greve

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares (Fentect), parte dos trabalhadores decidiu cruzar os braços em protesto contra a proposta de privatização da estatal e pela manutenção de benefícios trabalhistas. A categoria também reivindica mais atenção, por parte da empresa, quanto aos riscos que o novo coronavírus representa para os empregados.

Em nota à imprensa, a empresa afirma que “têm preservado empregos, salários e todos os direitos previstos na CLT, bem como outros benefícios dos empregados”. Os Correios também dizem que a paralisação dos funcionários traz prejuízos financeiros à empresa e “a inúmeros empreendedores brasileiros”.

Além disso, os Correios entendem que o movimento grevista “afeta a imagem da instituição e seus empregados perante a sociedade”. “Os Correios esperam que os empregados que aderiram ao movimento paredista, cientes de sua responsabilidade para com a população, retornem ao trabalho nesta segunda-feira”, diz a nota.

A Fentect, por sua vez, divulgou uma nota hoje criticando a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que suspendeu o acordo coletivo dos trabalhadores da empresa, e prometeu intensificar a greve. “Quanto a continuidade da greve, a direção da Fentect e os sindicatos decidiram pela manutenção e ampliação do movimento, sendo este o único capaz de fazer com que venhamos garantir nossos direitos. A Fentect continuará desenvolvendo ações para garantir a manutenção dos direitos dos ecetistas junto aos sindicatos”, disse a federação sindical.

Ilhéus registra 25 casos de Covid-19 na segunda-feira (24)

O boletim municipal da segunda-feira (24) apresentou aumento de 25 no número de casos confirmados da Covid-19, chegando a 5.791. No sábado (22) eram 5.766 casos confirmados.

Ilhéus está com 197 óbitos causados pela doença.

O número de casos ativos na segunda é de 454, no sábado o número era de 984, uma diferença de 530 casos ativos.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Covid-19: Itabuna está com 197 mortes e 9.250 casos confirmados da doença

O boletim da Prefeitura de Itabuna da segunda-feira (24) afirma que o município está com 9.250 casos confirmados de Covid-19. No sábado (22) o número era de 8.693. O aumento foi de 557 casos em 48 horas.

A cidade está com 197 mortes de acordo com o boletim, um aumento de 12 óbitos.

O número de casos ativos no município é de 4.409, um aumento de 208 em 48 horas. São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Itabuna tem 4.436 casos curados, 24 internados em UTI e 58 internados em leito clínico.