Vacina da Sinovac contra a Covid-19 é aprovada para uso emergencial na China

© Reuters/Athit Perawongmetha/Direitos Reservados.

A China aprovou no final de agosto a vacina contra o coronavírus da fabricante Sinovac para uso emergencial em profissionais de saúde, sujeitos a maior risco para contaminação da Covid-19.

Chamada de CoronaVac, a vacina chinesa está em fase 3 de testes clínicos, inclusive sendo testada com cerca de 9.000 voluntários no Brasil. O governo de São Paulo fez um acordo com a farmacêutica Sinovac para transferência de tecnologia e produção da vacina junto com o Instituto Butantan no país.

A informação sobre a aprovação na China foi divulgada no último dia 28 de agosto pela agência de notícias Reuters em Pequim, que ouviu uma fonte próxima à farmacêutica.

Os resultados das fases 1 e 2 da vacina já mostraram bons resultados, com uma proteção acima de 97% após 28 dias. Foram avaliadas 148 pessoas entre 18 e 59 anos na fase 1 e mais 600 pessoas na fase 2. Os efeitos adversos reportados foram brandos. Não houve nenhum efeito colateral grave que pudesse indicar uma possível falha na segurança da vacina.

O estudo randomizado e duplo-cego contou com duas doses do imunizante, uma no primeiro dia de testes e outra 14 dias após. A quantidade de anticorpos no organismo foi medida 14 dias após cada dose.

Uma boa notícia é que a vacina induziu à produção de anticorpos neutralizantes, cuja função é justamente impedir a entrada do vírus nas células, sugerindo que a vacina pode ser eficaz em conter a infecção, não apenas o desenvolvimento da doença. (mais…)

Estado efetua novo pagamento de R$ 4,3 milhões do auxílio-estudantil pelo Mais Futuro

O Governo do Estado efetuou, nessa quinta-feira (3), o pagamento do auxílio-permanência aos 11.223 mil estudantes das universidades públicas estaduais baianas (UNEB, UEFS, UESB e UESC) beneficiários do programa Mais Futuro. O novo investimento do Governo do Estado é de R$ 4.346.700 milhões. No total, já foram pagos R$ 32.650.500 milhões diretamente aos estudantes, equivalentes aos meses de janeiro a agosto deste ano.

O coordenador de Programas e Projetos Estratégicos da Secretaria da Educação do Estado, Marcius Gomes, falou sobre a importância do programa. “Sabemos o quanto a bolsa é importante para os universitários, ainda mais neste período de pandemia do novo Coronavírus, tanto para que mantenham os aluguéis de suas casas ou mesmo para que ajudem suas famílias com despesas domésticas”.

Sobre o Mais Futuro

O programa Mais Futuro oferece uma bolsa de R$ 300 para quem estuda a até 100 quilômetros de onde mora e de R$ 600 para os que vivem a uma distância maior, pois para estes há a necessidade de moradia temporária na cidade onde estudam. Criado em 2017, pelo Governo do Estado, o Mais Futuro é um programa de assistência estudantil para garantir a permanência dos estudantes das universidades públicas estaduais baianas (UNEB, UEFS, UESB e UESC) que se encontram em condições de vulnerabilidade socioeconômica.

Ilhéus registra 36 casos novos de Covid-19 nesta sexta (04)

O boletim municipal desta sexta-feira (04) mostra que Ilhéus permanece com 207 mortes causadas por Covid-19.

Hoje a cidade apresentou aumento de 36 no número de casos confirmados da Covid-19, chegando a 6.302. Na quinta eram 6.266 casos confirmados.

O número de casos ativos diminuiu. Nesta sexta é de 335, na quinta o número era de 429, uma queda de 94 casos ativos.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

 

Bahia tem 9.402 casos ativos de Covid-19 nesta sexta (04)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.398 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,9%) e 2.836 curados (+1,1%). Dos 268.137 casos confirmados desde o início da pandemia, 253.145 já são considerados curados e 9.402 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 415 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (29,73%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (5.936,52), Almadina (5.838,21), Itabuna (5.052,46), Dário Meira (4.957,98), Salinas da Margarida (4.748,84).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 500.557 casos descartados e 87.144 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (4).

Na Bahia, 23.823 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

(mais…)

Caixa abre 51 agências na Bahia neste sábado (05) para pagamento do auxílio e FGTS emergenciais

A CAIXA abrirá 51 agências na Bahia neste sábado (5), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do Auxílio Emergencial e do Saque Emergencial do FGTS. Os trabalhadores com data de nascimento entre janeiro e abril já poderão fazer o saque em espécie do FGTS e os beneficiários nascidos de janeiro a setembro poderão sacar em dinheiro o Auxílio Emergencial. Ao todo, 770 agências vão prestar esses atendimentos em todo o país.

A relação de agências que estarão abertas pode ser conferida no site do banco: www.caixa.gov.br/atendimento.

O banco reforça que todas as pessoas que procurarem atendimento durante o funcionamento das agências serão atendidas e que não é preciso chegar antes do horário de abertura.

Auxílio Emergencial:

A partir deste sábado, 4 milhões de beneficiários nascidos em setembro poderão sacar o benefício nas máquinas de autoatendimento, nas unidades lotéricas e nos correspondentes CAIXA Aqui, além de transferir valores para contas da CAIXA ou de outros bancos, de acordo com o Ciclo 1 do calendário de pagamentos. (mais…)

Casos ativos de Covid-19: Avenida Esperança, Conquista e Malhado são os bairros mais preocupantes

Avenida Esperança à direita da imagem. Foto: José Nazal.

A Avenida Esperança é o bairro com mais casos ativos de Covid-19, de acordo com as informações do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com dados coletados até a quinta-feira (03).

Desde a última atualização, feita no dia 02, o número de casos ativos no bairro aumentou de 42 para 51, segundo o monitoramento municipal.

O bairro é seguido pela Conquista (49), Malhado (45), Banco da Vitória (42) e Teotônio Vilela (36).

O Banco da Vitória, que hoje está na quarta posição deste indicador preocupante. já esteve no topo da lista conforme o BG publicou no dia 29 de agosto.

Em relação aos distritos, Olivença (17) é a localidade que mais tem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

Serviço facilita acesso à última via do RG através do SAC Digital

Imagem ilustrativa.

O RG Expresso, serviço que oferece ao cidadão a possibilidade de obter a última via da carteira de identidade, modificou um dos critérios para facilitar a vida de mais pessoas. O prazo foi ampliado. Agora, o cidadão pode solicitar o serviço, caso o RG tenha sido emitido há, no máximo, seis anos.

Com o RG Expresso, o cidadão precisa ir ao posto SAC uma única vez, apenas para ir buscar o documento já pronto. “Já a solicitação da segunda via, exige que o cidadão faça dois deslocamentos. Além disso, ele gasta tempo para realizar, novamente, todas as etapas de confecção do novo RG, como biometria, fotografia e assinaturas”, explicou a diretora do Instituto de Identificação da Bahia Pedro Mello (IIPM), Socorro de Maria.

A partir da próxima terça-feira (8), 12 postos SAC estão aptos a realizar a entrega do documento. Na capital são as unidades do SAC Barra, Bela Vista, Paralela, Shopping da Bahia e Salvador Shopping, além de Cajazeiras, Comércio e Shopping Liberdade; no interior, Alagoinhas, Jacobina, Juazeiro e Senhor do Bonfim. Ainda no mês de setembro, outros postos do interior vão fazer parte do processo.

O serviço deve ser solicitado de forma on-line, através do SAC Digital. O prazo de recebimento é de até cinco dias úteis após o pagamento da taxa de R$ 37,77. “A nossa expectativa é que, com o aumento do prazo para solicitar a cópia da última via do documento, as pessoas só façam uma nova via caso não atendam aos critérios para o RG Expresso”, ressalta a diretora Operacional do SAC, Nilza Rios. (mais…)

Com ampliação no horário de funcionamento do shopping, Itabuna chega a 4ª fase de reabertura do comércio

Comércio de Itabuna. Foto: Patrícia Laís/TV Santa Cruz.

A partir desta sexta-feira (4), o shopping, as igrejas e o comércio de Itabuna, cidade do sul da Bahia, terão o horário de funcionamento ampliado. A decisão, divulgada na quinta-feira (3) no Diário Oficial do Município (DOM), faz parte da quarta fase de reabertura das atividades comercias durante a pandemia da Covid-19. O município continua com toque de recolher, das 22h30 às 5h.

O comércio estava funcionando desde julho e o shopping reabriu em agosto, quando foi iniciada a terceira fase de reabertura. Apesar disso, funcionava em um intervalo de tempo menor. O shopping, por exemplo, só poderia abrir das 12 às 20h, de segunda a sexta-feira.

Já com o avanço para a quarta fase, o centro de compras passará a funcionar das 10h às 22 h, e também aos finais de semana.

Agora, o comércio poderá funcionar aos sábados, das 8 às 13h. Na terceira fase, a atividade só estava liberada apenas de segunda a sexta, das 9h as 18h.

Durante a pandemia, o comércio foi alvo de impasse, e reaberto após o prefeito Fernando Gomes (PTC) dizer que ia começar a flexibilização na cidade “morra quem morrer”. Recentemente, a Justiça pediu a extinção do mandato dele. A ação foi derrubada dias depois.

Já as igrejas, ainda de acordo com a prefeitura, poderão funcionar até às 22h, seguindo medidas e protocolos de segurança, como o distanciamento entre as pessoas.

A prefeitura destaca que pode voltar a suspender total ou parcialmente as atividades comerciais e econômicas, no município, caso o número de casos de Covid-19 ou a ocupação dos leitos de UTIs aumente. A cidade já tem mais de dez mil casos confirmados do novo coronavírus.

Do G1/Bahia.

Itabuna está com 2.609 casos ativos de Covid-19 segundo boletim

O boletim da Prefeitura de Itabuna da quinta-feira (03) afirma que o município está com 10.427 casos confirmados de Covid-19.

A cidade está com 218 mortes de acordo com o boletim.

Na quinta a cidade registrou 2,609 casos ativos. São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Itabuna tem 7.600 casos curados, 31 internados em UTI e 54 internados em leito clínico.

Maia: reforma administrativa tem foco no futuro do serviço público

Presidente da Câmara dos Deputados, dep. Rodrigo Maia. Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados.

Da Agência Brasil.

O governo federal encaminhou na quinta-feira (3) à Câmara dos Deputados a proposta de reforma administrativa. O texto foi enviado pessoalmente pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, ao presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Nova Administração Pública abrange os Três Poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário – da União, dos estados e dos municípios. O texto prevê a criação de novos tipos de vínculo e maior tempo para efetivação no cargo.

Por se tratar de uma PEC de autoria do governo, a tramitação se inicia pela Câmara dos Deputados. Para ser aprovada, a proposta precisa ter o apoio de, pelo menos, 308 dos 513 deputados em dois turnos de votação. Em seguida, a matéria segue para o Senado e deve ter aprovação de 49 dos 81 senadores, também em dois turnos de votação.

Para Rodrigo Maia, a reforma atinge o ponto correto ao ter foco no “futuro do serviço público”. “Não podemos mais tirar dinheiro sociedade com os impostos e do outro lado sair muito pouco em serviços para sociedade”, afirmou o deputado.

“Diálogo aberto, franco e transparente nos dará a condição de cumprir um grande desafio nos próximos meses: o nosso acordo que acabou atrasando pela pandemia, que a Câmera tratava da reforma administrativa, o Senado, do pacto federativo, e o Congresso, da reforma tributária. Voltamos ao eixo do nosso trabalho”, completou Maia.

A reforma não altera as regras para os atuais, nem para os futuros membros do Poder Judiciário, que são os juízes, desembargadores e ministros, do Poder Legislativo – deputados e senadores – e do Ministério Público, que são promotores e procuradores. As novas regras também não valem para os militares, que não são enquadrados como servidores públicos.

O secretário-geral da Presidência, Jorge Oliveira, ressaltou que a proposta terá validade para os próximos servidores públicos. Segundo o Ministério da Economia, as mudanças são necessárias para o equilíbrio das contas públicas.

“[A PEC] vai preservar os atuais direitos dos servidores que estão em exercício dos cargos, aprovados em concurso. Mas é tempo de rever, diante da evolução do Estado, novas formas de provimento que possibilitem um Estado mais moderno, enxuto, que atenda as demandas [da sociedade] sem criar impacto previdenciário”, afirmou o ministro.