Cacá afirma que Marão afastou servidores de maneira cruel e defende a reintegração

O candidato a prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões.

O candidato a prefeito de Ilhéus, Cacá, da coligação O Futuro é Agora, reafirmou hoje, dia 24, o compromisso de adotar providências para a reintegração dos servidores admitidos entre 83-88, afastados pelo atual prefeito de forma desumana e cruel. Ao lado de Everaldo Anunciação, candidato a vice, Cacá conversou com uma comissão de servidores, na segunda-feira (19), e ouviu relatos emocionados desses trabalhadores diante das dificuldades que suas famílias vivem por causa da atitude do prefeito.

Afastados de seus postos de trabalho, desde janeiro de 2019, os servidores de 83-88 têm sofrido uma verdadeira perseguição política por parte do prefeito, que submete suas respectivas famílias a uma série de humilhações, deixando-os sem segurança alimentar e sérios problemas de saúde. Sem direito a salário, vale-alimentação ou qualquer outro benefício, os servidores aguardam a decisão do Tribunal de Justiça para a reparação de seus direitos trabalhistas.

Para Cacá, o prefeito agiu com profunda maldade contra os servidores, quando traiu os acordos mantidos com as diretorias dos sindicatos e os afastou da Prefeitura após 34 anos de serviços prestados ao município. “Isso é um erro histórico. O respeito a esses servidores é uma questão de Justiça”, afirmou Cacá.

O candidato a vice-prefeito, Everaldo Anunciação, disse que também já foi vítima desse tipo de ação política quando era servidor da Ceplac, mas resistiu e foi reintegrado pela Justiça. Para ele, o prefeito de Ilhéus tem um problema ético no trato dessas questões, além de não ter compromisso popular com o social.

Se eleito prefeito, Cacá afirmou que imediatamente reunirá os procuradores do município com os representantes jurídicos dos servidores afastados para encontrar uma solução diante desse problema. Até porque, essa atitude irresponsável do prefeito pode gerar precatórios milionários contra a Prefeitura.

Atendimento por videochamada no SAC inclui serviços do Procon-BA

Foto: Débora Fernandes/Saeb.

A pandemia do novo coronavírus mudou a vida das pessoas e antecipou futuros. Agora, o cidadão pode usar o celular ou computador, agendar dia e horário, e receber atendimento do SAC sem sequer sair de casa. Isso é possível e faz parte do presente. A partir de segunda-feira (26), a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA) também passa a atender por meio de chamada de vídeo na Rede SAC. O objetivo é orientar, analisar e intermediar reclamações individuais de consumidores. O atendimento deve ser agendado através do SAC Digital.

“Após o agendamento, o Procon-BA entrará em contato com o consumidor por telefone ou e-mail para análise da documentação e descrição dos fatos, visando dar o melhor encaminhamento à demanda. O nosso objetivo é ampliar ainda mais o atendimento e a solução de problemas dos consumidores”, explica a diretora de Atendimento do Procon-BA, Adriana Menezes.

Além do atendimento do Procon-BA, a Rede SAC já disponibiliza, desde o mês de agosto, atendimentos do Planserv e do Centro de Atendimento Previdenciário (Ceprev). Um exemplo é o caso de Durcilene Santos, 57 anos, que é uma das quase 600 pessoas com pedidos de pensão recepcionados pela Superintendência de Previdência (Suprev) desde o início da pandemia.

Atendimento (mais…)

Covid-19: número de casos ativos cai em distritos de Ilhéus

Olivença.

O número de casos ativos de Covid-19 tem diminuído nos distritos de Ilhéus, de acordo com os dados do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações colhidas até a sexta-feira (23).

Olivença, que no mapa compreende os locais de Acuípe de Baixo, Olivença, Acuípe do Meio e Águas de Olivença, está com seis casos ativos de Covid-19. Em localidades como Sambaituba, Japu, Castelo Novo e Banco Central, não há registro de casos ativos da doença.

O Teotônio Vilela (12) ainda é o bairro com mais casos ativos e é seguido pela Avenida Esperança (12), Nossa Senhora da Vitória (11), Conquista (10), Hernani Sá (10), Malhado (09) e Nelson Costa (05).

Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

Justiça eleitoral não registra candidaturas a vereador do MDB de Ilhéus

A justiça eleitoral indeferiu os pedidos de registro de candidatura a vereador do MDB de Ilhéus. Segundo a sentença do juiz Helvécio Argôllo (26ª zona eleitoral), de quarta-feira (21), o MDB não cumpriu a regra dos limites das cotas de gêneros estabelecida pela legislação.

Quando um partido extrapola o número de candidatos ou deixa de observar os limites máximo e mínimo de candidaturas por gênero, há motivos suficientes para que seu pedido de registro político seja indeferido, de acordo com o que dispõe a Resolução TSE 23.609/2019.

Em sua defesa, o MDB alegou que a “desistência” de dois candidatos regularizaria os percentuais de cotas de gêneros. Porém, o cartório eleitoral verificou que não houve desistência expressa por parte do pré-candidato Lucélio Ferreira Santos, e o Ministério Público indeferiu o registro da candidata Cristiana Gonçalves Silva, por irregularidade na documentação.

O MDB poderá recorrer.

Justiça proíbe passeatas, comícios e caminhadas em Ilhéus

As campanhas eleitorais de candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador estão proibidas em Ilhéus. A decisão é da juíza eleitoral Raquel Ramires François que percebeu que as aglomerações geram risco à saúde dos participantes por conta da pandemia do Covid-19.

Segundo a juíza, os partidos e coligações não poderão promover comícios, passeatas e caminhadas. Caso descumpram a decisão, os candidatos poderão sofrer detenção, pagar multas, bem como retenção de veículos e da aparelhagem de som.

De acordo com o documento, não há impedimentos quanto a realização de carreatas.