Valderico Junior denuncia abandono do CAIC, principal escola da Zona Sul

Professor Dorival Filho e Valderico Junior durante visita ao CAIC.

Na última terça-feira, 27, o candidato a prefeito de Ilhéus pelo DEM, Valderico Junior, e seu vice, o Professor Dorival Filho, visitaram o Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC). Localizado no bairro Hernani Sá, o colégio é o mais importante equipamento municipal de educação da Zona Sul.

Apesar da sua importância histórica e estratégica para a educação municipal, “o colégio está totalmente abandonado”, critica Valderico Junior.

O Professor Dorival, por sua vez, lembra que os centros integrais de ensino foram criados pelo Governo Federal, em diversas cidades brasileiras, e entregues aos cuidados das prefeituras.

Valderico Junior assumiu o compromisso de requalificar a escola para transformá-la num símbolo do resgate da educação de Ilhéus no seu governo.

Junior e Dorival falaram sobre o CAIC em dois vídeos publicados nas suas redes sociais. Para vê-los, clique aqui e aqui.

Da Ascom/DEM Ilhéus.

Cacá afirma que deixou Marão sem respostas

Cacá e Mário Alexandre.

Um dos momentos mais comentados entre os que assistiram ao debate dos candidatos a prefeito, promovido pela Faculdade de Ilhéus, na noite de quarta-feira (28), foi quando o candidato Cacá dirigiu perguntas ao prefeito Marão sobre a utilização dos recursos públicos, para ele justificar o alto custo dos preços dos contratos de serviços da Prefeitura. Marão (PSD) titubeou e não respondeu aos questionamentos de Cacá e de outros candidatos.

Na rodada de perguntas candidato para candidato, Nosso Cacá foi o primeiro a formular a questão e escolheu o prefeito candidato. Ele questionou o fato de Marão, no segundo mês de seu governo, ter “sujado” o nome do município de Ilhéus no CAUC, a certidão negativa de débito do Governo Federal, o que impediu a cidade de receber recursos federais e provenientes de emendas parlamentares.

“A gestão anterior deixou na Saúde 10 milhões de reais no caixa e você decretou estado de emergência na saúde, o que ocasionou o pedido de demissão da então secretária da pasta. Gostaria que o senhor esclarecesse por que o resíduo sólido (lixo) de Ilhéus custava, no governo passado, uma média de 800 mil reais por mês e o senhor gasta 1 milhão e 600 mil reais por mês?”, perguntou Cacá.

O Progressista ainda questionou: “por que o transporte escolar, no governo passado, não chegava a R$ 150 mil, e no seu governo, custa R$ 400 mil? Por que a iluminação pública era exatamente R$ 200 mil por mês e, no seu governo, custa R$ 372 mil? Gostaria de saber se esses contratos de alto valor agregado para o povo de Ilhéus vão continuar por mais quatro anos de sua gestão e que transparência o senhor vai ter?”

E totalmente sem graça, o prefeito Marão disse: “Não sei nem que pergunta responder”, ao fugir dos questionamentos do Nosso Cacá, que, por sua vez, lamentou, na réplica, a ausência de respostas do atual prefeito de Ilhéus, dando a entender não saber explicar os motivos que levaram ao aumento absurdo dos valores dos contratos da Prefeitura.

Da Ascom/PP Ilhéus.

Mulher agredida por Carlos Freitas Filho relata dificuldade para enxergar

Imagem extraída de vídeo.

A mulher que foi agredida com vários socos no rosto por Carlos Samuel Freitas Costa Filho, em Ilhéus, relatou à polícia que está com dificuldades na visão após as agressões. Ela passará por exames. O inquérito do caso foi concluído nesta quinta-feira (29) e será encaminhado à Justiça.

O crime aconteceu no dia 20 de junho, mas o vídeo que mostra as agressões começou a circular nas redes sociais neste mês. As imagens mostram Carlos Samuel atacando a vítima brutalmente com ao menos nove socos no rosto. Mesmo sabendo que estava sendo filmado, o agressor não se intimidou.

A vítima está sob acompanhamento psicológico e deve fazer os exames médicos para detectar possíveis sequelas da agressão nos próximos dias. Além da dificuldade na visão após os socos, ela também contou que passou a sentir muitas dores de cabeça.

Uma das testemunhas da agressão, que é a pessoa que registrou em vídeo, está sob proteção da polícia porque foi ameaçada por ter feito as imagens. Outra testemunha é uma ex-vizinha do casal, que também prestou depoimento. (mais…)

Estado autoriza retorno das atividades letivas nas instituições de Ensino Superior a partir do dia 3 de novembro

Uesc.

O Governo do Estado publicará no Diário Oficial, desta sexta-feira (30), a revogação do Decreto n° 19.586, autorizando a retomada das atividades letivas nas unidades de Ensino Superior públicas e particulares, na Bahia, a partir do dia 3 de novembro. A decisão foi tomada considerando a redução dos índices de contaminação pelo novo Coronavírus no Estado e leva em conta, ainda, a efetividade das ações de prevenção e combate à Covid -19, além de estabelecer protocolos de segurança homologados pelo Poder Executivo Estadual.

Caberá a cada instituição estabelecer o seu calendário de retorno às aulas, desde que os protocolos estejam devidamente implementados. Os protocolos objetivam padronizar, sistematizar e normatizar o procedimento de retorno às atividades e aulas e orientam estudantes, professores, colaboradores, pais, responsáveis, prestadores de serviço e visitantes sobre a execução do processo, de modo a assegurar a integridade e a saúde dos mesmos, conforme recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Cada instituição deverá seguir as orientações, conforme a infraestrutura e a capacidade de cada uma.

Dentre as orientações gerais, estão os protocolos quanto à recomendação para a higienização, por turno, das áreas de uso frequente, como por exemplo, corredores, elevadores, maçanetas, relógio de ponto, portas, pisos, bibliotecas, laboratórios, parques, estacionamentos, salas de aula e salas administrativas. Neste sentido, orienta-se também para que seja garantido o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas, inclusive nas salas de aulas, onde a ocupação máxima não deve ultrapassar os 50% de sua capacidade.

O documento apresenta, ainda, orientações para que haja restrições para o uso de elevadores e disponibilização de dispensadores de álcool gel a 70% em quantidade compatível à estrutura e número de circulantes na instituição de ensino (conforme Lei Estadual nº 13.706/2017). O protocolo prevê a capacitação específica para os trabalhadores sobre os critérios de higienização estabelecidos, bem como dos procedimentos de diluição de produtos de limpeza, seguindo as orientações dos fabricantes, além da garantia de que os trabalhadores responsáveis pela higienização utilizem Equipamentos de Proteção Individual (EPI) adequados para o desempenho de suas funções. (mais…)

Destruição de manguezal no Teotônio Vilela continua

Foto enviada via WhatsApp.

Moradores do bairro Teotônio Vilela denunciam a destruição de uma área de manguezal na Rua Pitágoras.

A falta de fiscalização do órgão ambiental do município tem contribuído para que a área de manguezal seja suprimida.

O manguezal é uma formação vegetal típica de zonas litorâneas, sendo muito comum nos locais em que os rios desembocam no mar.

Ele é de fundamental importância para o equilíbrio ambiental e para a manutenção da vida marinha, pois esse bioma abriga uma grande biodiversidade e consiste em um berçário natural para várias espécies marinhas, onde peixes, moluscos e crustáceos se reproduzem e se alimentam.

Veja o vídeo:

Bahia tem 7.535 casos ativos de Covid-19 nesta quinta (29)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.566 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.411 recuperados (+0,4%). Dos 351.277 casos confirmados desde o início da pandemia, 336.171 já são considerados recuperados e 7.535 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,19%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia ((8.483,54), Almadina (6.570,28), Itabuna (6.521,34)) Madre de Deus (6.452,38), Apuarema (6.125,51).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 717.337 casos descartados e 85.127 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (29).

Na Bahia, 28.859 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos (mais…)

Operação Alcateia cumpre mandados em três cidades

Foto: Divulgação MPBA.

Desde as primeiras horas da manhã de hoje (29), a Operação Alcateia cumpre mandados de prisão e de buscas e apreensão em Salvador, Feira de Santana e Paulo Afonso, na Bahia, e em Petrolina, em Pernambuco.

A ação integrada realizada pela Força Tarefa de Combate a Grupo de Extermínio e Extorsões da Secretaria da Segurança Pública e o Ministério Público cumpriu cinco mandados de prisão contra quatro policiais militares com atuação nas duas cidades baianas e um homem (não policial), além de 14 de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Crime, Juri e Execuções Penais da Comarca de Paulo Afonso.

Os investigados são acusados de participação em grupo criminoso envolvido em homicídios, tráficos de drogas e lavagem de dinheiro. A medida judicial também determinou o afastamento cautelar das funções públicas e proibição de uso dos serviços militares por 180 dias a um oficial, um dos alvos de mandado de busca e apreensão.

Veículos, armas e celulares foram apreendidos na operação.

Teresópolis, Jardim Atlântico e Vila Nazaré não apresentam casos ativos de Covid-19

Vila Nazaré.

Bairros como Tapera, Salobrinho, Boa Vista, Teresópolis, Jardim Atlântico, Vila Nazaré e Vila Cachoeira não apresentam casos ativos de Covid-19, segundo os dados são do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com dados coletados até a quarta-feira (28).

A Avenida Esperança (16) continua sendo o bairro com mais casos ativos de Covid-19 em Ilhéus.

O bairro é seguido pelo Hernani Sá (12), Nossa Senhora da Vitória (11), Teotônio Vilela (08), Malhado (07), Conquista (06) e Pontal (05).

Em relação aos distritos, Olivença (05) é a localidade que mais tem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

Alto do Nerival: duas casas podem desabar a qualquer momento

Foto enviada via WhtasApp.

Segundo informações enviadas ao BG por moradores do Alto do Nerival, duas casas podem desabar por conta das fortes chuvas que caíram em Ilhéus nos últimos dias.

O local passa por obras de contenção que duram meses. A responsabilidade é da prefeitura. O descaso com a população e a constante mudança de empresas executoras da obra impedem a finalização. A comunidade está preocupada com a possibilidade de uma tragédia.

Foto enviada via WhtasApp.

Segundo um dos moradores, a Prefeitura de Ilhéus sabia do risco de desabamento e mandou cavar dois metros a dentro do local, piorando a situação que já era crítica.

Algumas pessoas, movidas pela medo, saíram de suas residências para ficar com parentes.

Ruas do Joia do Atlântico estão intransitáveis

Foto enviada via WhatsApp.

Mais uma vez moradores de uma comunidade de Ilhéus entram em contato com o BG para reclamar da condição das ruas do bairro.

Desta vez, moradores do Joia do Atlântico, zona norte de Ilhéus, enviaram fotos para mostrar como as ruas ficaram após uma máquina enviada pela Prefeitura ter passado no local.

Muitos moradores estão revoltados e afirmam que o local está intransitável.

Foto enviada via WhatsApp.

Prefeitura de Ilhéus abandona posto de saúde e escola de Maria Jape

Posto de Saúde. Foto enviada via WhatsApp.

Moradores de Maria Jape reclamam do abandono em que se encontram a escola municipal e o posto de saúde da comunidade.

As unidades estão sem manutenção, fechadas e deterioradas pela ação do tempo.

A comunidade culpa a Prefeitura de Ilhéus pelo total descaso com a população e cobra soluções urgentes.

Escola de Maria Jape.

Prefeito usou expressão racista durante debate, acusou Bernadete do PSOL

Bernadete Souza.

A candidata a prefeita pelo PSOL, Bernadete Souza, repudiou durante o debate promovido pela Faculdade de Ilhéus na noite da quarta-feira (28) uma expressão racista utilizada pelo atual prefeito Mário Alexandre (PSD).

Durante troca de farpas entre o ex-vice-prefeito Cacá (PP), Mário Alexandre utilizou a expressão “história negra de Ilhéus” para fazer referência, de forma pejorativa, às antigas gestões do município.

A atribuição negativa à palavra negra não passou despercebida pela candidata Bernadete Souza. Durante sua fala, ela exigiu que o prefeito pedisse desculpas. Na ocasião, Mário falou após a observação da adversária, mas não se desculpou.

*Com informações do site Ilhéus Comércio.