Moradores da Avenida N. Senhora Aparecida reclamam da poluição sonora das campanhas eleitorais

Foto: Enviada por whatsapp.

Em contato com a redação do BG, moradores da Avenida Nossa Senhora Aparecida (antiga Barreira), zona sul de Ilhéus, afirmaram que estão sendo atormentados por uma infinidade de carros de som, paredões, minitrios, etc., de candidatos a prefeito e a vereador.

Foto: enviada por whatsapp.

Pessoas idosas, com deficiência, doentes e até pessoas que se recuperam da Covid-19 dizem estar sofrendo muito com a poluição sonora.

Foto: enviada por whatsapp

“A intensidade sonora é altíssima, ensurdecedora”, afirmou um morador ao BG.

Segue vídeo:

Cacá poderá sair da eleição com derrota vexatória; “paz e amor” fez campanha do PP derreter

Notinhas.

Cacá Colchões (PP).

A campanha de Cacá Colchões à prefeitura de Ilhéus cometeu erros primários que poderão desencadear um trauma eleitoral ao Partido Progressista (PP).

Em 2016, o PP do então prefeito Jabes Ribeiro perdeu a tentativa de reeleição e foi reduzido à condição de segunda força política do município. Em 2020, o resultado poderá ser pior.

Fontes confiáveis do BG preveem que “Nosso Cacá” ficará em terceiro lugar. Esta previsão não se baseia em pesquisas, mas caso seja confirmada, o PP será rebaixado ao posto de terceira força política de Ilhéus.

Diante de um cenário em que há rejeição considerável ao atual prefeito, Cacá e seus coordenadores resolveram adotar a postura “paz e amor” no início da campanha eleitoral. A necessidade de ser protagonista do discurso de oposição foi estupidamente colocada em último plano.

Essa visão amadora e despolitizada não tem conexão com a história do “marketing político” e desconhece a tradição helênica da Ágora, que imprimiu nos debates das questões públicas a crítica e a divergência como elementos fundamentais.

Alguns petistas inconformados com a falta de criticismo cobraram mudanças nos rumos da campanha e esboçaram a criação de um núcleo paralelo. A iniciativa fracassou na intensidade necessária, uma vez que as ferramentas de criação gráfica, sonora e audiovisual estavam controladas pela teimosia típica de quem não tem o hábito de ler história e geografia politica, e mesmo assim, dá a última palavra.

Cacá entregou sua campanha à ignorância de quem acha que o marketing político se reduz à posse de equipamentos de gravação e de edição. Leitura política advinda do conhecimento histórico é pré-requisito menor para a coordenação de marketing de Cacá.

O candidato do PP, na iminência da terceira derrota em candidaturas a prefeito, cometeu um erro crasso. Dificilmente Cacá terá condições de se posicionar como candidato competitivo em eleições futuras.

Conquista volta a registrar o maior número de casos de Covid-19 em Ilhéus, segundo levantamento

 

Vista aérea da Conquista. Foto: José Nazal.

O bairro Conquista (12) é o novo líder na quantidade de casos ativos de Covid-19 em Ilhéus. É o que mostra o último mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com dados coletados até esta sexta-feira (06). O Teotônio Vilela é o segundo bairro com o maior número de infectados ativos no município.

Na sequência, Hernani Sá (6), Nossa Senhora da Vitória, Barra de Itaípe e Iguape (5), Malhado e Pontal (4), Boa Vista e Jardim Atlântico (3) e Esperança, Nelson Costa, Centro, Teresópolis e Ilhéus II (2).

Entre os distritos, Olivença (06) segue com o maior número de pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

 

 

Ilhéus volta a registrar mais uma morte por Covid-19, de acordo com o boletim

O boletim municipal divulgado nesta sexta-feira (6) mostra que em Ilhéus o número de mortes sofreu alteração, já que a cidade voltou a registrar mais um óbito.  A última morte decorrente da doença havia sido registrada no boletim do dia 23 de outubro.

Ainda de acordo com o boletim municipal, a cidade possui 7317 casos confirmados da Covid-19. Houve aumento de 33 casos desde o último boletim divulgado no último dia (5).

O número de casos ativos em Ilhéus é de 81, sendo que 46 cumprem isolamento e 35 em UTI. 6983 pessoas estão curadas da doença.

Itabuna registra mais uma morte por Covid-19, segundo boletim

Foto: Reprodução.

De acordo com o Boletim da Prefeitura de Itabuna divulgado nesta sexta-feira (06), o município registra 13.752 casos confirmados de Covid-19, com 44 casos ativos a mais, que no último boletim divulgado na última quinta-feira (05), quando haviam 13. 708 casos.

Já chega a 330 o número de pessoas que perderam a vida para a Covid-19 em Itabuna. De acordo com o boletim, os óbitos inseridos a cada boletim correspondem aqueles que ocorreram em dias anteriores e estavam sob investigação, não tendo, necessariamente, ocorrido nas últimas 24h.

Itabuna tem 13.180 pessoas curadas da doença, 19 pessoas em internamento clínico e 15 internados na UTI.