Ilhéus registra mais uma morte por Covid-19; número de óbitos é de 255 pessoas

Subiu para 255 o número de pessoas mortas por covid-19 em Ilhéus, de acordo com boletim divulgado nesta quinta-feira (12).

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, a cidade possui  7359 casos confirmados da Covid-19. São 16 casos a mais que no último boletim divulgado na quarta-feira (11).

O número de casos ativos é de 50, sendo 24 ativos em isolamento e 26 em UTI. 943 pessoas aguardam o resultado dos exames.

Bahia registra 1.590 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.590 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,4%) e 1.407 recuperados (+0,4%). Dos 369.259 casos confirmados desde o início da pandemia, 354.813 já são considerados recuperados e 6.564 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível no Business Intelligence.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (25,54%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (8.979,89), Itabuna (6.692,05), Madre de Deus (6.689,42), Almadina (6.661,79) e Aiquara (6.567,70).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 760.605 casos descartados e 87.993 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (12/11).

Na Bahia, 29.836 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

Óbitos

O boletim epidemiológico desta quinta-feira (12) contabiliza 23 óbitos que ocorreram em diversas datas. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19.

Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.882, representando uma letalidade de 2,13%. Dentre os óbitos, 56,10% ocorreram no sexo masculino e 43,90% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,38% corresponderam a parda, seguidos por branca com 18,09%, preta com 14,96%, amarela com 0,75%, indígena com 0,10% e não há informação em 11,72% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,80%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,54%).

 

Conquista segue como bairro que possui maior número de casos ativos de Covid-19 em Ilhéus

Bairro Conquista. Foto: Reprodução.

O bairro Conquista (9) segue com mais casos ativos de Covid-19 em Ilhéus. Os dados são do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações coletadas até quarta-feira (11).

O bairro é seguido pelo Pontal (8), Jardim Savoia (5), Teotônio Vilela e Hernani Sá (4), Esperança e Barra do Itaípe (3), Nelson Costa e Centro (2), Malhado, Nossa Senhora da Vitória, Banco da Vitória, Tapera, Boa Vista, Cidade Nova, Ilhéus II, São Miguel e São Sebastião (1).

Olivença e Aritaguá (1), de acordo com o boletim, são os únicos distritos que possuem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus.

Confira a tabela.

São considerados ativos os casos que permanecem monitorados pela vigilância epidemiológica, com sintomas da Covid-19 e que podem infectar outras pessoas. Esses casos descartam pacientes curados e aqueles que infelizmente faleceram. Formam um indicador importante para saber se a pandemia ganha ou perde força.

Veja o mapa.

Unidades do Detran-BA no interior alteram horários de atendimento

Para otimizar os serviços, as unidades do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA), localizadas em municípios do interior, vão mudar os horários de atendimento por hora marcada. A partir da próxima segunda-feira (16), todas as Ciretrans, Retrans informatizadas e postos avançados do órgão passarão a funcionar durante a semana, das 7h às 14h (serviços agendados) e das 14h às 16h (expediente interno). As exceções são a Retran de Pojuca e o Posto Avançado de Luís Eduardo Magalhães, que irão funcionar das 8h às 15h (hora marcada) e das 15h às 17h (expediente interno). Nas Retrans que ainda não foram informatizadas, o atendimento será das 7h às 13h.

De acordo com a coordenadora das unidades descentralizadas do Detran-BA, Carla Santiago, as mudanças têm o objetivo de melhorar o padrão de atendimento, em sintonia com as demandas das cidades. “A Bahia é grande. Temos postos em todas as regiões do estado, que agora vão funcionar com uma nova dinâmica e horários definidos em cima das necessidades dos municípios por serviços de trânsito, além de minimizar as dificuldades impostas pelo novo coronavírus”, explicou.

Em função da pandemia da Covid-19, o Detran-BA oferece os procedimentos de habilitação e veículos, na capital e no interior, somente por agendamento prévio no portal (www.sacdigital.ba.gov.br) ou aplicativo SAC Digital, para evitar aglomerações. Na plataforma eletrônica do Estado, o cidadão tem a comodidade de escolher a data, o horário e local em que deseja realizar o serviço.

Ofertas do Supermercado Mangostão: leite longa vida Damare por R$ 3,79; parcele suas compras em 3x sem juros no cartão de crédito

Confira as ofertas imperdíveis do Supermercado Mangostão válidas até o próximo domingo (15). 

Você pode parcelar suas compras no cartão de crédito em 3x sem juros.

O Mangostão fica localizado no prédio do antigo Rondelli, Malhado, Ilhéus.

SineBahia Ilhéus tem 19 vagas de emprego na sexta-feira (13)

Sinebahia Itabuna tem duas vagas para recepcionistas.

Confira abaixo as 18 vagas de emprego disponíveis no Sinebahia Ilhéus até sexta-feira, 13 de novembro. Os candidatos interessados devem enviar um e-mail para sinebahia.ilhé[email protected] com o nome completo, números de CPF, PIS, telefone, currículo e o nome da vaga pretendida.

ARRUMADEIRA

Ensino Médio Incompleto

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA 

AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

Possuir Curso NR10

01 VAGA 

CHAPEIRO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na carteira

01 VAGA  (mais…)

Justiça proíbe Marão de usar imagens e a voz de Rui Costa na campanha eleitoral

Rui Costa e Mário Alexandre.

No entendimento da justiça eleitoral, Marão não é o candidato de Rui Costa.

Em nova decisão, a juíza eleitoral Raquel Ramires François, da 25ª Zona Eleitoral, determinou que o prefeito Mário Alexandre (Marão) retire imagens do governador Rui Costa (PT) de todo o material gráfico distribuído na sua campanha à reeleição, sob pena de pagar multa de R$ 5 mil, por dia, no caso de descumprimento da medida.

No início da semana, a juíza já havia determinado a retirada da foto do governador da placa do comitê de Marão, mas o prefeito ainda não cumpriu a decisão judicial.

A decisão da juíza atendeu a representação do candidato a prefeito Cacá Colchões, da Coligação “O Futuro é Agora”, que acusa o prefeito Marão de cometer crime eleitoral por meio da imagem de Rui Costa na sua propaganda. Rui Costa é do Partido dos Trabalhadores (PT), que apoia Cacá e Everaldo, e não o prefeito.

As provas encaminhadas à juíza eleitoral mostram que a coligação do prefeito usou de forma indevida a imagem e a voz do governador extraída de reportagens antigas. Segundo a magistrada, o recurso utilizado “tem potencial de confundir o eleitorado a até induzi-lo a erro”.

A juíza expediu liminar determinando que a coligação do prefeito recolha os materiais no prazo de 48h. Leia a decisão.

Comentário do BG.

Não por culpa do judiciário, a decisão é tardia e não trará o efeito esperado. Provavelmente o prefeito vai descumprir a liminar, já que recursos não lhe faltam.

Coletivo de Ciclistas assina carta de compromisso com os candidatos a prefeito de Ilhéus

Coletivo Ciclomobilidade Urbana de Ilhéus.

Os ciclistas de Ilhéus se organizaram para colocar as questões referentes à mobilidade urbana, segurança no trânsito e ciclismo na pauta de discussões da campanha para prefeito de 2020.

Isso ocorreu a partir da formação do Coletivo Ciclomobilidade Urbana, formado pela união de lideranças de alguns dos vários grupos de ciclistas existentes em nossa cidade, que resolveram dar voz às necessidades de quem usa a bicicleta, seja como meio de transporte, para o lazer, como esporte, para trabalhar ou de diversas outras formas.

Atentos às discussões surgidas a partir das ciclovias e ciclofaixas implantadas na cidade em vias importantes como a Av. ACM e a nova ponte Jorge Amado, o Coletivo de ciclista buscou, nestes últimos dez dias, todos os candidatos, sem deixar nenhum fora do diálogo, para defender as vias de tráfego para bicicletas já implantadas e lutar pela ampliação e interligação das já existentes, a ser feita na administração de quem for eleito para governar Ilhéus nos próximos quatro anos.

(mais…)

Decreto municipal autoriza funcionamento do comércio de Ilhéus em horário normal

Comércio de Ilhéus.

O decreto 078 do dia 9 de novembro de 2020, autoriza o comércio de Ilhéus a funcionar, conforme jornada ordinária, ou melhor, no horário de funcionamento normal. O decreto, que foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (10), traz ainda a necessidade de continuar respeitando os protocolos sanitários e epidemiológicos estabelecidos por conta da pandemia.

Ilhéus não registra novos casos da Covid-19, de acordo com último boletim

O boletim municipal desta quarta-feira (11) mostra que em Ilhéus o número de mortes permanece em 254.

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, a cidade está com 7343 casos confirmados da Covid-19. Não houve aumento de casos de acordo com o boletim da terça-feira (10).

O número de casos ativos é de 51, sendo 22 ativos em isolamento e 29 em UTI.

 

Direito de resposta

O texto a seguir é a resposta da coligação “O Trabalho Não Para”, determinada pelo Juízo da 25 ª Zona Eleitoral em Ilhéus, por sentença proferida na ação nº 0600086-96.2020.6.05.0025.

No exercício do direito de resposta, conferido pela Justiça Eleitoral, referente à matéria divulgada na terça-feira (13/10/2020), o Prefeito Mário Alexandre (Marão) vem a público esclarecer que não são verdadeiras as informações ali veiculadas, pois, o Governo MARÃO JAMAIS foi a favor de qualquer censura ou opressão, sendo totalmente a favor da liberdade de expressão e de imprensa, sabendo que a imprensa tem um papel e um dever importante: informar a todos com seriedade.

Em verdade, a matéria que fora retirada de circulação no presente blog fez referência à conduta de servidores públicos municipais de forma desonrosa e inverídica, o que ensejou na propositura de ação cível por um deles (até porque o direito de ação é pessoal e personalíssimo).

Ademais, declaro apoio ao serviço jornalístico prestado de forma séria e honesta, sem divulgar informações inverídicas para a população e que não tenha intenções puramente políticas, com o objetivo de denegrir a imagem do Prefeito MARÃO ou de quem quer que seja.

Portanto, ESCLAREÇO que JAMAIS o Prefeito MARÃO ajuizou nenhuma ação no sentido de privar o exercício de liberdade de expressão e/ou de imprensa, porém, manifesta apoio ao Poder Judiciário nas Decisões de retirar publicações e matérias ofensivas a qualquer pessoa que seja, pois, a liberdade de expressão não pode servir como escudo para que sejam publicadas ofensas à honra e à imagem das pessoas, bens jurídicos protegidos pela Lei Maior como direitos fundamentais.

Faculdade Madre Thaís realiza Seminário Integrador nos dias 18 e 19

Realizar a interação entre os calouros, acadêmicos dos diversos períodos e docentes com a comunidade local é o objetivo do X Seminário Integrador dos cursos de graduação em bacharelado e tecnológico da Faculdade Madre Thaís (FMT-Ilhéus). O evento será online, com o tema “Construindo conhecimento de forma integrada no espaço virtual”, vai acontecer nos dias 18 e 19 de novembro.

O Seminário é mais um exemplo da FMT na construção de espaços coletivos de políticas e ações institucionais voltadas para a Instituição de Ensino Superior e para a população em geral.

Também, com a finalidade de formar uma comunidade acadêmica de diálogo e interação que possibilite integrar alunos e professores em debates sobre as diversas áreas de atuação profissional. Serão abordados temas nas áreas de humanas exatas tecnologia saúde, arquitetura & urbanismo.

Haverão mesas redonda, discutindo “Empreendedorismo e Inovação como ferramentas para a retomada das empresas pós-pandemia” com as participações dos cursos de Administração, RH, Cacau e Chocolate, Logística e Gastronomia; “Covid-19: Afinal é uma Doença Ocupacional?” com os cursos de Saúde e Direito e “Consciência Negra com os cursos de Serviço Social e Direito”.

Os cursos de Saúde vão abordar “Nutracêutico: O que são e como podem auxiliar na saúde”; “Covid-19 e a importância da equipe multidisciplinar. Domótica e Construções Sustentáveis”, com Engenharia Elétrica e Engenharia Civil.

Todos os cursos vão trabalhar sobre “O TCC na produção do conhecimento científico e inovação tecnológica: desafios no cenário virtual” e uma Roda de Conversa sobre Conjuntos Habitacionais e o caso Morada do Porto com os professores Wellington Duarte, Adriane Batata, Marilene Lapa, Carol Érika, Andréia Moraes.

Conselho Estadual de Educação da Bahia emite nota sobre o retorno às aulas presenciais

Sala de aula. Foto: Reprodução.

O Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE/BA), vinculado à Secretaria da Educação, emitiu, nesta quarta-feira, 11,  uma nota pública sobre o retorno às aulas presenciais no âmbito do sistema estadual de ensino. Responsável por disciplinar as atividades educacionais na Bahia, o órgão representativo da sociedade enfatiza a necessidade das instituições de ensino seguirem, rigorosamente, as recomendações das autoridades no âmbito da saúde pública, destacando que as instituições localizadas no município de Luís Eduardo Magalhães e outros, cujas autoridades locais indicam a retomada das atividades presenciais, devem se posicionar acatando as premissas constituídas na legislação educacional, em particular na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/1996).

Para o presidente do Conselho, Paulo Gabriel Nacif, desde o decreto Nº 19.529/2020, que suspende as aulas presenciais, o CEE/BA vem orientando os integrantes do sistema estadual de ensino da Bahia com diretrizes educacionais acerca das atividades curriculares para o período pandêmico da COVID-19, de acordo com os decretos das autoridades no âmbito da saúde pública, cumprindo com suas funções deliberativas, normativas, fiscalizadoras e consultivas.

“Assim, por meio da Resolução CEE/BA Nº 27/2020, este Conselho elaborou o plano de  desenvolvimento das atividades curriculares, em regime especial e, adicionalmente,  adotou uma série de medidas de maneira a criar as condições para que o sistema estadual de ensino atravesse essa quadra histórica com segurança, com destaque para Resolução CEE/BA N.º 48/2020, que normatiza procedimentos acerca do planejamento do retorno às atividades educativas nas instituições da Educação Básica”, disse o professor na nota que foi aprovada pelos 24 conselheiros na sessão plenária desta terça-feira (10).

O presidente Paulo Gabriel Soledade Nacif mostra-se atento ao processo formativo dos estudantes e destaca que, neste momento, torna-se necessário, ainda mais, exemplos de alteridade, diálogo e convergência de atitudes que possibilitem a sociedade baiana avançar mais rapidamente no combate à pandemia da COVID-19. Acerca das ações realizadas distantes das recomendadas, este Conselho pode ensejar medidas regulatórias, conforme a legislação vigente.

Fonte: ASCOM CEE