Direito de resposta

O texto a seguir é a resposta da coligação “O Trabalho Não Para”, determinada pelo Juízo da 25 ª Zona Eleitoral em Ilhéus, por sentença proferida na ação nº 0600086-96.2020.6.05.0025.

No exercício do direito de resposta, conferido pela Justiça Eleitoral, referente à matéria divulgada na terça-feira (13/10/2020), o Prefeito Mário Alexandre (Marão) vem a público esclarecer que não são verdadeiras as informações ali veiculadas, pois, o Governo MARÃO JAMAIS foi a favor de qualquer censura ou opressão, sendo totalmente a favor da liberdade de expressão e de imprensa, sabendo que a imprensa tem um papel e um dever importante: informar a todos com seriedade.

Em verdade, a matéria que fora retirada de circulação no presente blog fez referência à conduta de servidores públicos municipais de forma desonrosa e inverídica, o que ensejou na propositura de ação cível por um deles (até porque o direito de ação é pessoal e personalíssimo).

Ademais, declaro apoio ao serviço jornalístico prestado de forma séria e honesta, sem divulgar informações inverídicas para a população e que não tenha intenções puramente políticas, com o objetivo de denegrir a imagem do Prefeito MARÃO ou de quem quer que seja.

Portanto, ESCLAREÇO que JAMAIS o Prefeito MARÃO ajuizou nenhuma ação no sentido de privar o exercício de liberdade de expressão e/ou de imprensa, porém, manifesta apoio ao Poder Judiciário nas Decisões de retirar publicações e matérias ofensivas a qualquer pessoa que seja, pois, a liberdade de expressão não pode servir como escudo para que sejam publicadas ofensas à honra e à imagem das pessoas, bens jurídicos protegidos pela Lei Maior como direitos fundamentais.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *