Mário é favorito para ganhar a eleição; Valderico e Cacá juntos podem vencê-la

Notinhas.

Marão, Cacá e VJ.

A hipótese quase improvável exposta na segunda frase do título desta “notinha”, caso venha ocorrer, mudaria a expectativa de resultado da eleição municipal de Ilhéus.

O fato de o PP pertencer à base de Rui Costa no plano estadual e o DEM ser o partido do prefeito soteropolitano ACM Neto (principal adversário do governador) representa uma barreira quase intransponível a essa coalizão de última hora. Contudo, a história da política registra que o impossível às vezes acontece.

Se Valderico tivesse colocado de lado a raiva familiar ao ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP), muitos apoiadores de Cacá já estariam ao seu lado, levando em consideração o naufrágio à vista. Antes das convenções, JR tentou uma aproximação, mas “Juninho” preferiu regar a plantinha do ressentimento.

Ao repelir o contato, VJ acreditou que a rejeição a Ribeiro lhe faria mal eleitoralmente. Hoje percebe-se que o legado político do pai lhe foi pior.

O resultado dessa imaturidade política pode ser mais quatro anos de irresponsabilidade.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *