Dupla faz buraco na parede e com auxílio de “terezas” foge do presídio Ariston Cardoso

Eliando e Felipe sumiram no mundo.

Por volta das 03h30 desta segunda-feira (23), dois homens que cumpriam prisão no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, conseguiram fugir da cela por meio de um buraco feito na parede.

Os fugitivos conseguiram pular a cerca de proteção com o auxílio de lençóis emendados (artifício conhecido como “tereza”). Mais três encarcerados tentaram fugir, mas foram impedidos pelos agentes penitenciários e policiais militares.

De acordo com a direção do Ariston Cardoso os detentos que fugiram são: Eliandro Silva Neves (36 anos), e Felipe Mendes da Silva (24 anos). A dupla estava no módulo 2, ala B.

A Polícia Militar empreende buscas em bairros de Ilhéus, mas até a publicação dessa notícia não conseguiu encontrá-los.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *