Ilhéus registra mais duas mortes por Covid-19; total de óbitos chega a 265

O boletim resumido da Secretaria de Saúde de Ilhéus desta quinta-feira (10) informa que mais duas pessoas faleceram devido aos males da Covid-19. Infelizmente, desde o início da pandemia o município registra 265 mortes..

Há 50 leitos de UTI direcionados ao tratamento da Covid-19, mas apenas 2 estão vagos.

O número de casos ativos diminuiu levemente. O boletim de ontem registrou 374 casos, o de hoje 345.

Ilhéus: Informativo da UESC prevê esgotamento de leitos de UTI em 2 dias

Imagem ilustrativa.

O Informativo Epidemiológico da UESC traz números preocupantes sobre Ilhéus. A taxa de ocupação dos leitos de UTI para tratamento de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e Covid-19 é de 94%. Em 48 horas todos os leitos poderão estar ocupados.

De acordo com o boletim resumido da Secretaria de Saúde de Ilhéus divulgado ontem (quarta-feira, 9), a cidade possui 50 leitos de UTI disponíveis, mas apenas 2 não possuem pacientes em tratamento.

Ilhéus tem avaliação de risco “muito alta” e a medida ideal para conter o avanço das contaminações é a “restrição máxima” com quarentena na cidade.

Avaliação de risco do Informativo Epidemiológico da UESC.

 

Leia o Informativo da UESC.

Microrregião de Ilhéus-Itabuna reúne os 10 municípios com maior taxa de mortalidade por Covid-19 no estado

Mapa da Microrregião Ilhéus-Itabuna. Fonte: Informativo Epidemiológico publicado pela UESC.

O Informativo Epidemiológico da UESC publicado nesta quinta-feira (10) revela que os 10 municípios baianos com maior coeficiente de mortalidade estão na Microrregião Ilhéus- Itabuna.

Pau Brasil, Itabuna, Coaraci, Ibirataia, Ibicaraí, Ilhéus, Uruçuca, Itapé, Itajuípe e Almadina são as cidades que integram essa preocupante lista.

Outro dado que desperta atenção está no coeficiente de mortalidade da Microrregião Ilhéus-Itabuna (116,86) maior do que indicador da Bahia (57,16) e do Brasil (85,20).

(mais…)

Governo da Bahia assina protocolo que padroniza investigação de feminicídio

O governo da Bahia lançou nesta quinta-feira (10) o Protocolo do Feminicídio, documento com quase 200 páginas que traz orientações, diretrizes e linhas de atuação para melhorar todo o processo judicial e de investigação desse tipo de crime. O ato de assinatura do documento, realizado no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), no CAB, nesta quinta-feira (10), teve a participação do vice-governador João Leão, e de dois secretários diretamente envolvidos com a elaboração do documento: Julieta Palmeira, secretária de Políticas para as Mulheres da Bahia, e Maurício Barbosa, secretário de Segurança Pública. Participaram também a titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, entre outras autoridades civis e militares.

O Protocolo do Feminicídio padroniza os diversos procedimentos entre os vários órgãos responsáveis pela investigação e aplicação da justiça nos casos de mortes violentas de mulheres motivadas por razões de gênero. O documento tem como base o modelo latino-americano para investigação do feminicídio elaborado pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUHDH) em colaboração com a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres).

(mais…)

Muitos casos de tontura e zumbido têm surgido durante a pandemia de Covid-19, afirma professor da Faculdade Madre Thaís

“Por que falar sobre isso? Porque o estilo de vida que as pessoas adotaram, principalmente nos primeiros meses da pandemia, são propiciadores ao surgimento da “labirintite” ou intensificação do quadro de quem já possui esse tipo de problema”. A avaliação é do professor e fisioterapeuta Dr. Renato Barreto, Mestre em Gerontologia pela Universidad Europea del Atlántico (Espanha), titular do curso de Fisioterapia da Faculdade Madre Thaís (FMT-Ilhéus)

Complicações no labirinto, que se localiza no ouvido interno, acomete pessoas de todas as idades e podem ser desencadeadas por diferentes motivos. Segundo o Dr. Renato Barreto, “alterações psicoemocionais, como o aumento de ansiedade, são fatores para esse tipo de problema, bem como, hábitos alimentares não saudáveis e o sedentarismo que muitos têm tido neste momento crítico”.

Ele lembra que “muitas pessoas ficaram mais sedentárias ou deixaram de ser ativas por ficarem em suas casas sem praticar exercícios físicos e também diminuíram a produção de vitamina D por reduzirem a exposição à luz solar nos horários adequados”. Tudo isso induz a tipos específicos de complicações labirínticas causando vertigem, tontura, zumbido entre outras queixas. Ainda mais é importante destacar que a própria infecção pela Covid-19 pode provocar lesões neurológicas, gerando estes sintomas.

Professor e fisioterapeuta Renato Barreto.

“Outro problema percebido na pandemia é a relação do uso das máscaras que por vezes provoca tensão na região cervical e face, podendo facilitar o surgimento de algum tipo de “labirintite”. Então todas essas questões precisam ser chamadas à atenção. Tontura é considerada a segunda maior queixa nos consultórios médicos. É uma queixa importante, inclusive como suspeita também de infecção por Covid-19”, concluiu o professor e fisioterapeuta Renato Barreto.

Renato Barreto é graduado em Fisioterapia pela Faculdade de Tecnologia e Ciências – FTC (2010), pós-graduado em Fisioterapia Cardiorrespiratória e UTI pela Faculdade Independente do Nordeste  (FAINOR) e fez mestrado em Gerontologia pela Universidad Europea del Atlántico (UNEATLANTICO da Espanha em 2015).

SineBahia Itabuna tem 27 vagas de trabalho até o dia 14 de dezembro

Há duas vagas para pedreiros.

Os candidatos interessados devem enviar um e-mail para [email protected] com o nome completo, números de CPF, PIS, telefone, currículo e o nome da vaga pretendida.

Horário de funcionamento: das 8h às 17hÉ imprescindível enviar por e-mail todos os dados necessários.

As vagas valerão até segunda-feira, 14 de dezembro.

ATENDENTE DE TELEMARKETING (JOVEM APRENDIZ)

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

Possuir entre 18 e 21 anos

05 VAGAS

AUXILIAR ADMINISTRATIVO (ESTÁGIO)

Cursando Superior a partir do 6° semestre de Engenharia de Produção

Possuir conhecimento em pacote office

02 VAGAS

AUXILIAR DE PRODUÇÃO (PCD)

Exclusivo para Pessoas com Deficiência

Não exige escolaridade

Não exige experiência

05 VAGAS

(mais…)