Bahia tem 12.589 casos ativos de Covid-19 neste sábado (16)

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 5.832 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,1%) e 3.987 recuperados (+0,8%). O total de registros em 24 horas superou o contabilizado nesta sexta-feira (15), passando a ocupar o segundo dia com maior número de confirmações em 24 horas desde o início da pandemia. O recorde do número de casos, dentro de um dia, ocorreu em 22 de julho, quando foram totalizados 6.401 casos. Isto é reflexo, sobretudo, das festas e aglomerações ocorridas no final do ano e da retomada das notificações por parte de alguns municípios que tiveram as equipes de vigilância reestruturadas devido às novas gestões.

Dos 534.371 casos confirmados desde o início da pandemia, 512.176 já são considerados recuperados e 12.589 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/. (mais…)

Ilhéus tem 270 casos ativos de Covid-19, segundo boletim da sexta (15)

Segundo o boletim resumido da Secretaria Municipal de Saúde, da sexta-feira (15) Ilhéus tem 270 casos ativos. Dos 50 leitos de UTI pactuados pelo SUS para o tratamento da doença, 49 possuem pacientes em tratamento e 01 está vago.

Desde o início da pandemia, Ilhéus perdeu 285 moradores que morreram devido aos males da Covid-19.

Vamos vacinar para reabrir tudo!

É dessa forma que todos os países do mundo, sem exceção, estão começando a superar os problemas gerados pela Covid-19, com vacinação em massa, e ponto final.

Por Julio Gomes.

Na manhã deste sábado, dia 16/01/2021, vi passar pelo Centro de Ilhéus um carro de som acompanhado de outros veículos particulares, formando um pequeno cortejo em que se pedia a reabertura das escolas e o reinício das aulas no Município de Ilhéus.

Sem nos estendermos por questões legais, decretos e normatizações advindas do Poder Público, tenho a dizer que é natural o anseio das pessoas pela volta às aulas, que faz parte do tão sonhado retorno ao que um dia chamamos de normalidade e que, neste momento, ainda nos parece uma distante utopia. (mais…)

Bahia está preparada para vacinar 5,08 milhões de pessoas até maio

Foto: Carol Garcia/Arquivo GOVBA.

O plano estadual de vacinação contra a Covid-19 prevê a imunização de 5,08 milhões de baianos nas quatro primeiras fases, que envolvem os grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde, até o mês de maio. Essa é a previsão da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), tendo como premissa o recebimento das vacinas do Ministério da Saúde ainda em janeiro, em quantitativo suficiente. Estão previstas 5.114 salas de vacina em todo o estado e serão necessárias 10,16 milhões de seringas e agulhas, considerando que os imunobiológicos possuem duas doses.

De acordo com a Sesab, é possível que os idosos com mobilidade limitada ou que estejam acamados sejam vacinados em casa. Nos centros urbanos, o drive-thru será estimulado e, no caso dos profissionais de saúde que trabalham nos hospitais, a vacinação ocorrerá nas próprias unidades. (mais…)

Especialistas defendem que presos estejam entre grupos prioritários na vacinação contra a covid-19

Foto: Wilson Dias / Abr.

Na última quinta-feira (14), o BG publicou uma matéria sobre o plano de imunização elaborado pela Prefeitura de Ilhéus, que não contempla os presos que aguardam julgamento ou cumprem penas no Presídio Advogado Ariston Cardoso.

Em matéria publicada no site da BBC News Brasil, especialistas afirmam que é imprescindível que a população carcerária seja imunizada. Especialistas em saúde pública ressaltam o alto risco de exposição nas prisões e o impacto não apenas sobre detentos e funcionários, mas também na população das cidades onde estão localizadas. (mais…)

Manaus: familiares buscam cilindros de oxigênio para salvar pacientes

© Divulgação/Força Aérea Brasileira (FAB).

Da Agência Brasil.

A crise na saúde do estado do Amazonas levou os familiares de pacientes infectados por covid-19 a buscarem cilindros de oxigênio por conta própria para tentar evitar que seus parentes morressem por asfixia. Eles chegaram a sair com cilindros vazios dos hospitais da capital Manaus em busca de locais que pudessem enchê-los. O estoque de oxigênio acabou em vários hospitais da cidade na quinta-feira (14), o que levou pacientes internados à morte, segundo relatos de médicos que trabalham na cidade.

A informação foi confirmada pelo presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas (Simeam), Mário Vianna, que trabalha no Hospital Universitário Getúlio Vargas, em Manaus, e está na linha de frente de combate à covid-19. “Nós estamos em um cenário de guerra e, nesse cenário, principalmente na linha de frente, há pessoas que vêm a falecer, ou seja, que são abatidas em combate”, desabafou o médico sobre as mortes causadas pela falta de oxigênio. (mais…)