Mutirão do Hospital Regional Costa do Cacau já realizou mais de 80 exames de cateterismo

O médico Paulo Vansconcelos. Foto: Ascom/HRCC.

Iniciado no dia 1º de dezembro de 2020, o mutirão de exames de cateterismo do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, já realizou 84 procedimentos, até a última segunda-feira (18). Esses pacientes chegaram à unidade hospitalar por encaminhamento do Núcleo Regional de Apoio a Gestão da Regulação, em Itabuna, setor integrante da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Houve um aumento da demanda para exames de cateterismo na macrorregião sul da Bahia, de solicitação em nível ambulatorial, o que motivou a organização e o atendimento desses pacientes.  Em média, são realizados 12 procedimentos por semana, e a atuação do HRCC pretende diminuir a fila de espera, além de ter como meta sanar essa demanda específica do Núcleo Regional de Apoio a Gestão da Regulação até fevereiro de 2021.

Em dezembro, o mutirão realizou exames de cateterismo em pacientes de Ilhéus e Itabuna. Em janeiro, além desses dois municípios foram atendidos pacientes de Coaraci, Camacan e Boa Nova. Os procedimentos são realizados seis dias por semana, e o planejamento de atendimento segue o fluxo, atendendo a demanda indicada pelo Núcleo Regional de Apoio a Gestão da Regulação e as orientações da Sesab.

Cateterismo – De acordo com o médico Paulo Vasconcelos, hemodinamicista do HRCC, o cateterismo serve para o diagnóstico de doença arterial coronariana, sendo o exame de melhor precisão para verificar entupimento nas artérias do coração. “Todos os outros exames que existem na medicina, eles podem dar errado, ou falso positivo, ou falso negativo. O cateterismo não, ele vê exatamente a artéria por dentro. Porém é um exame invasivo, ou seja, você precisa fazer anestesia local e acessar o coração do paciente. Para critério de diagnósticos de doenças no coração, para tirar dúvidas, se tem entupimento das coronárias, ele é o melhor exame que existe, é o padrão ouro”, afirmou.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *