Professora da FMT coordena Rede Universitária de combate a Hanseníase

Professora Gracielle.

A Professora Gracielle Santos, do curso de Fisioterapia da Faculdade Madre Thaís (FMT) é a coordenadora da Rede Estadual Universitária de Hanseníase (Reuna-Hans-Bahia), para o período de 2021-2023. Também foram indicados para primeira secretaria a fisioterapeuta egressa do curso na FMT Iasmin Melo, como segundo secretário Matias Mendes, discente de Fisioterapia na mesma Faculdade.

“O objetivo da Reuna-Hans é busca integrar as instituições de ensino, gestão, serviços de saúde, movimentos sociais e associações de natureza científica das áreas da saúde, social e humanas para fortalecer as atividades de ensino, pesquisa e extensão contribuindo para o controle e eliminação da doença,” explica a coordenadora nacional, a professora da Universidade Federal do Ceará, Clodis Maria Tavares.

O desafio das unidades regionais é fortalecer a temática da hanseníase nas instituições de ensino superior, públicas e privadas, da área da saúde, social e humanas; sensibilizar e capacitar a comunidade acadêmica através da criação de ligas acadêmicas e grupos de pesquisa para a problemática da hanseníase; estimular o cuidado integral às pessoas acometidas pela doença, incluindo o pós-alta; estimular a comunidade acadêmica nas atividades de pesquisa, extensão, elaboração de trabalho de conclusão de curso, dissertações de mestrado, tese de doutorado e publicações que envolvam a temática; promover integração entre as instituições de ensino, gestão, serviços de saúde, movimentos sociais, associações de natureza científica.

Gracielle e Iasmim.

A criação da rede se concretizou no ano de 2015 e em 2016 utilizando os espaços disponibilizados pelos congressos da área, Depois da divulgação e captação de profissionais para integrarem a rede, surgiu a ideia de redes estaduais. A Reuna – Hans foi fundada por três enfermeiras docentes e duas fisioterapeutas das Universidades Federal de Alagoas; Federal do Ceará; Federal de Sergipe; Federal do Pará e Faculdade de Rondônia.

A professora Gracielle Santos destaca-se coordenando o Programa de Orientação e Reabilitação de Incapacidades em Pessoas com Hanseniase (PROREABIH), um Projeto de Extensão do curso de Fisioterapia da Faculdade Madre Thaís.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *