Construtora Cicon deixa clientes do Alphapark na mão

Condomínio Alphapark. Foto: reprodução.

Proprietários de lotes e moradores do Condomínio Alphapark localizado no Cururupe (zona sul de Ilhéus) estão preocupados com a situação do empreendimento inacabado de responsabilidade da Construtora CICON.

Por meio de uma nota, a associação dos condôminos afirma que as obras passaram por diversos atrasos e sucessivos descumprimentos dos prazos de conclusão. A situação se agravou em meados de 2020, com a paralisação completa por parte da construtora. Em outubro uma notificação extrajudicial foi enviada à CICON para obter informações sobre o cronograma das obras.

Em novembro a CICON informou ser “praticamente impossível” concluir o empreendimento por falta de recursos financeiros. Segundo a associação, em janeiro de 2021 a CICON abandonou por completo a obra.  Deixou contas de água e energia sem pagar, retirou os funcionários do local, inclusive os contratados responsáveis pelo serviço de portaria e segurança.

Para não perder a estrutura existente por conta da depreciação, os moradores se uniram para pagar as despesas fixas (energia, água e serviço de portaria), custos administrativos e de honorários advocatícios, além de contratar uma empresa para realização de auditoria da obra. Após algumas pesquisas, foram descobertos débitos de IPTU, alguns deles em fase de execução fiscal e notícias de lotes comercializados em duplicidade.

Os moradores sentem-se lesados e vão realizar uma assembleia no dia 21 de fevereiro de 2021 (domingo), às 9 horas, no empreendimento para avaliar danos e prejuízos causados pela CICON.

*Com informações do Ilhéus 24h.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *