Embasa quer construir estação de esgoto em local sagrado dos povos de terreiros

Praça da Maramata, local dos festejos do dia de Iemanjá (2 de fevereiro). Foto: Jornal do Radialista/reprodução.

Obra desconfigura a Praça da Maramata de importância também ambiental.

A Embasa pretende construir uma estação elevatória de esgoto na Praça da Maramata, na comunidade de Nova Brasília, em Ilhéus.

O novo equipamento, muito importante para o saneamento básico da cidade, será erguido numa área tida como sagrada pelos povos de terreiros, onde todos os anos é comemorada a Festa de Iemanjá, no dia 02 de fevereiro.

Mãe Laura, do terreiro Ilê Axé Guaniá de Oiá, comemora a Festa de Iemanjá no local há 42 anos. Segundo depoimentos de moradores, a sacerdotisa está muito triste com a obra. A iniciativa mobilizou o Movimento Cultural Povos de Terreiros de Ilhéus, pois a área já foi cercada com tapumes.

Além deste significado religioso, a praça possui muitas árvores e foi planejada pelo professor Soane Nazaré (fundador da Maramata) para servir como local de exposição da biodiversidade da Mata Atlântica. Durante as primeiras horas das manhãs e nos fins de tarde, muitos pássaros costumam pousar nas copas das árvores.

Antes, a Embasa tentou construir a estação no bairro Sapetinga e na Praça São João Batista do Pontal. Os moradores das comunidades conseguiram impedir.

Os críticos da obra afirmam que a empresa estadual sempre busca áreas verdes e de uso público para diminuir o custo, gerando revolta em comunidades que desenvolveram pertencimento pelos locais. O ideal seria que a Embasa tentasse desapropriar (com indenização) áreas particulares.

O BG tentou ouvir a empresa, mas fomos informados de que ainda não há uma resposta pronta sobre os questionamentos.

Assista o vídeo gravado pela professora Fernanda.

Atualizado às 9 horas de 25/02/2021.

A Embasa enviou resposta, clique neste link.



2 responses to “Embasa quer construir estação de esgoto em local sagrado dos povos de terreiros

  1. Em Ilhéus com um gestor desse tudo pode. Mas vai um ambulante tentar sobreviver em uma praça para os paus mandados chegarem desstruindo tudo.

  2. O Aeroporto tem uma área imensa, porque não constrói dentro dele? Queriam construir na Praça São João, agora na Praça da Maramata, ficaria igual a aquele “bostodromo” da Av. Soares Lopes, o caminho mais fácil é dentro do Aeroporto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *