Ilhéus: Sesab confirma mais dois casos de coronavírus, secretaria municipal não divulga dados

Mais dois casos de Covid-19 foram confirmados em Ilhéus, segundo o boletim epidemiológico disparado à imprensa pela Secretaria Estadual de Saúde.

Vale destacar que o boletim atualizado foi enviado à imprensa antes da Secretaria Municipal de Saúde confirmar os casos, ou seja, o órgão municipal não está atualizando a imprensa sobre os novos casos.

Às 19h17min., não havia dados atualizados no site da Prefeitura de Ilhéus, na aba Covid-19.

O boletim epidemiológico da Sesab foi disparado à imprensa às 17h57min.

IF Baiano suspende aulas por tempo indeterminado

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano), presente em 14 municípios baianos, vem se mobilizando e executando medidas de proteção para o enfrentamento da pandemia causada pelo COVID-19 (novo Coronavírus). Desde segunda-feira, 16, aulas presenciais e demais atividades acadêmicas estão suspensas e se mantêm assim por tempo indeterminado, conforme nota emitida pela instituição nesta sexta-feira, 20.

Além de seguir os protocolos dos órgãos como o Ministério da Saúde e Ministério da Educação, o IF Baiano vem estimulando que a comunidade permaneça em suas residências, faça reuniões por videoconferência, cancele eventos, visitas técnicas e quaisquer atividades que envolvam aglomerações. Por não dispor de aparato tecnológico condizente, a instituição não adotará atividades na modalidade EAD para os cursos presenciais e orienta a suspensão das defesas de TCC e dissertações de mestrado.

Situação dos trabalhadores da instituição

Também foi criada uma Instrução Normativa, com orientações às unidades e instituindo o regime de jornada em trabalho remoto para servidores enquadrados no grupo de risco da Covid-19, que tenham filhos em idade escolar ou inferior, que retornarem de outros estados ou países no período de quarentena e que desenvolvam atividades consideradas essenciais que não se caracterizem como atendimento ao público.

Em relação às atividades dos servidores terceirizados, será observado o disposto em cada contrato, assegurando as orientações do Ministério da Saúde.

Comitês de acompanhamento (mais…)

Bahia tem 437 casos confirmados da Covid-19

Bahia registra 437 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 6,7% do total de casos notificados. Até o momento, 2.511 casos foram descartados e houve dez óbitos, sendo 08 no município de Salvador (05 idosos do sexo masculino, 01 idosa do sexo feminino, 01 pessoa do sexo masculino de 55 anos e 01 pessoa de 41 anos do sexo feminino), 01 óbito no município de Utinga (sexo masculino, 80 anos) e 01 no município de Itapetinga (sexo feminino, 28 anos). A letalidade foi de 2,28%.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta segunda-feira (6). Ao todo, 83 pessoas estão recuperadas e 46 encontram-se internadas, sendo 26 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

A mediana de idade é 40 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 26,77% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (5,92/100.000 hab), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária.

Os casos confirmados estão distribuídos em 51 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (59,95%).

(mais…)

Prefeito de Vitória da Conquista fecha comércio novamente

Herzem Gusmão, prefeito de Vitória da Conquista.

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB) voltou atrás e vai publicar um decreto determinando o fechamento do comércio na cidade. O decreto deve ser publicado ainda nesta segunda-feira, 06.

O prefeito decretou que o comércio fosse reaberto e causou grande repercussão em todo o estado. Após a reposta negativa, o prefeito decidiu fechar o comércio por conta do coronavírus.

OAS demite funcionários e não paga salários e indenizações


A OAS Engenharia, responsável pela construção da nova ponte de Ilhéus, demitiu nos últimos 40 dias cerca de 150 funcionários.

Segundo informações que chegaram ao BG, a empresa não pagou salários e indenizações.

Segundo relatos, os funcionários não esperavam ficar financeiramente desprotegidos em plena pandemia da Covid-19.

Até o momento a empresa não deu qualquer tipo de satisfação. A maior parte das demissões ocorreu no dia 02 de março.

Muitos dos demitidos estão sem alimento e não conseguem pagar despesas básicas como aluguel, energia e água.

Bahia tem 431 casos confirmados de Covid-19 e 10 mortos

Bahia registra 431 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Até o momento, 1914 casos foram descartados e houve dez óbitos, sendo oito notificados em Salvador, um em Utinga e outro em Itapetinga. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 12 horas desta segunda-feira (6). Ao todo, 83 pessoas estão recuperadas e 46 encontram-se internadas, sendo 26 em UTI. Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Diferente do divulgado anteriormente, o município de Ouriçangas não possui casos positivos de Covid-19. Houve uma retificação na ficha de notificação do paciente, pois o mesmo reside em Salvador. Cabe ressaltar, que os pacientes são responsáveis pelo correto preenchimento dos dados a fim de que as autoridades sanitárias façam as investigações epidemiológicas no tempo mais breve possível.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Prefeitura de Ubaitaba realiza dedetização em ambientes públicos

Foto: Ascom/Ubaitaba.

A Prefeitura de Ubaitaba realizou ao longo da semana a dedetização dos locais mais movimentados da cidade, para eliminar pragas.

O objetivo desta ação é evitar a proliferação de pragas urbanas bem como ajudar no combate do novo coronavírus. Os agentes aplicaram um inseticida que não oferece risco direto á saúde humana, mas elimina todo foco de pragas.

Temporal afeta equipamentos e interrompe abastecimento de água nesta segunda-feira, 06

Imagem ilustrativa.

A Embasa informa que o forte temporal que atingiu Ilhéus durante a noite de ontem (5) e a madrugada de hoje interrompeu o funcionamento de equipamentos que fazem a captação de água bruta para as estações de tratamento da cidade, o que provocou a interrupção temporária do abastecimento de água hoje (6).

Técnicos estão avaliando os danos e adotando as medidas corretivas necessárias; a empresa recomenda economia de água até que o fornecimento seja regularizado.

Na zona sul, cujo abastecimento estava em recuperação após realização de obras e manutenção emergencial na rede distribuidora, houve intermitência no fornecimento de energia elétrica ao longo do final de semana. Adicionalmente, o temporal deste domingo prejudicou o acionamento automático das bombas que fazem a captação de água bruta para a Estação de Tratamento de Água (ETA) Pontal.

No centro-oeste, zona norte e em Olivença, onde o distribuição de água estava acontecendo normalmente, o temporal deste domingo provocou desabastecimento prolongado de energia até às cinco da manhã de hoje. O temporal também levou a estrutura de sustentação de trecho da rede adutora de água bruta, o o que demandou nova suspensão das operações para que o reparo seja executado.

Prefeitura de Vitória da Conquista decreta que aulas de escolas sigam suspensas e comércio volte a funcionar em horário integral

Vitória da Conquista.

A prefeitura de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, decretou que as aulas da rede municipal de educação e instituições privadas de ensino seguem suspensas por mais 30 dias. Além dessa medida, o órgão liberou o funcionamento do comércio de rua, que vai voltar a funcionar com revezamento de horários.

Segundo informações da prefeitura, a medida adotada com o comércio começa na segunda-feira (6) e tem validade de sete dias. O funcionamento se dará em horário parcial, mediante distribuição das atividades em dois blocos que se revezarão diariamente entre os turnos da manhã e da tarde.

Conforme órgão, os dias de sábado e domingo vão ficar reservados para as feiras livres e demais atividades essenciais.

Do G1 Bahia.

Atualizado às 16h12min.

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), voltou atrás e vai publicar um decreto determinando o fechamento do comércio na cidade. O decreto deve ser publicado ainda nesta segunda-feira, 06.

O prefeito decretou que o comércio fosse reaberto e causou grande repercussão em todo o estado. Após a reposta negativa, o prefeito decidiu fechar o comércio por conta do coronavírus.

Obesidade pode ser fator de risco para a covid-19, afirma cardiologista

Foto: Reprodução.

O cardiologista e especialista em hipertensão, Oscar H. Cingolani, afirma que a obesidade pode ser um fator de risco para o agravamento da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Em entrevista à BBC News Brasil, o professor da Faculdade de Medicina da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, lembrou que estudo recente do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos apontou para a relação entre quadros mais graves de covid-19 e a obesidade mórbida.

Nesse sentido, ele destaca o número elevado de casos da doença registrados em Estados americanos como o de Nova Orleans, onde o nível de obesidade é alto.

Do Metro1.

Brasil registra 11.130 casos de covid-19 e 486 mortes

© Divulgação/Josué Damacena (IOC/Fiocruz).

Fonte: Agência Brasil

O Ministério da Saúde divulgou, na tarde de ontem (05), os números atualizados do novo coronavírus. De acordo com a pasta, o número de infectados, no momento, é de 11.130. Isso representa um aumento de 852 casos em relação ao balanço divulgado na sexta-feira (4). O número de mortes é de 486. Foram 54 mortes nas últimas 24 horas. A taxa de letalidade do vírus no Brasil é de 4,2%.

O estado de São Paulo ainda concentra o maior número de casos (4.620) e também o maior número de mortes (275). Todas as regiões, no entanto, apresentaram aumento no número de casos. Em relação às mortes, apenas o Centro-Oeste não teve aumento, permanecendo com 12 óbitos registrados.

Na região Sudeste, o Rio de Janeiro, com 1.394 casos e 64 mortes; e São Paulo, com 4.620 casos e 275 mortes, se destacam. Na região Norte, o Amazonas concentra o maior número de casos, com 417, além de 14 mortes.

Na região Nordeste, o Ceará se destaca, com 823 casos e 26 mortes. No Centro-Oeste, o Distrito Federal tem o maior número de casos, muito à frente dos demais, com 468 casos e sete mortes. Os estados do Sul do Brasil apresentam um número de casos mais parelho. O Paraná é o estado da região com mais casos, 438, e Santa Catarina é estado com menos casos, 357.

Dentre os óbitos cuja investigação foi concluída, 228 são de homens e 160 de mulheres. O grupo de pessoas com 60 anos ou mais concentra a maior parte, com 312 (86%). As mortes de pessoas entre 40 e 59 anos somam 54. Além disso, 20 pacientes com idades entre 20 e 39 anos morreram.

Entre os grupos de risco com mais mortes estão os que sofrem de cardiopatia e diabetes. O Ministério da Saúde também registra mortes em pacientes com quadros de pneumopatia, doença neurológica, doença renal, imunodepressão, obesidade, asma, doença hematológica e doença hepática.

Governo Marão assina contrato de R$ 490 mil para compra de álcool gel em Coaraci; BG pede a atenção do promotor Pedro Nogueira

Governo Marão volta às compras em Coaraci.

O promotor do Ministério Público Estadual, Pedro Nogueira Coelho, tem um trabalho importante em Ilhéus na assistência jurídica a pessoas “esquecidas” pelo SUS. Por meio de ações levadas ao poder judiciário, ele tem ajudado usuários à espera de cirurgias ou que necessitam de remédios caros ou que aguardam tratamentos essenciais à sobrevivência.

Por meio deste texto, o BG pede ao promotor que observe atentamente um contrato assinado pela Secretaria de Saúde de Ilhéus para a compra de álcool gel, produto de extrema importância para os profissionais de saúde. A previsão de custo total pode chegar a R$ 490 mil.

A empresa, aberta não faz muito tempo (dezembro de 2019) e com capital social de R$ 50 mil, é da pequena Coaraci e já está habilitada para fornecer o produto.

O extrato que merece atenção redobrada.

Coaraci é, coincidentemente, a cidade onde o atual superintendente do Fundo Municipal de Saúde de Ilhéus, Kadu Castro, pretende ser eleito prefeito nas eleições deste ano.

Não é a primeira vez que a Secretaria de Saúde de Ilhéus firma contratos com empresas de Coaraci, uma cidade que não tem o comércio como principal referência econômica.

O governo Mário Alexandre já foi denunciado por atividades estranhas como, por exemplo, o caso dos “carros fantasmas” que foi denunciado por este blog. A denúncia trata do contrato com a empresa “Sol Dourado Comércio, Representações, Serviços e Transporte – Eireli”, cujo valor chega a R$ 1.369.171,20 para locação de veículos pelo prazo de 12 meses.

Durante a execução do contrato foi observado que seis dos veículos alugados não foram abastecidos pelo município, conforme relatórios do Sistema Integrado de Gestão Administrativa (SIGA), do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCM-BA). Os aluguéis dos “carros fantasmas” custaram ao erário mais de R$ 317 mil.

Promotor Pedro Nogueira.

O BG enfatiza o pedido ao promotor Pedro Nogueira Coelho e lembra que não está acusando o governo de nada. Por se tratar de dinheiro público, pedimos redobrada atenção. Nesse período de pandemia, os recursos precisam ser gastos adequadamente, pois a população vai precisar bastante do SUS.

Sabemos que neste momento de crise e de forte demanda, os insumos da saúde serão vendidos a preços mais altos, mas por outro lado, há muitos exemplos pelo Brasil afora de gestores que se aproveitaram dos “estados de calamidade pública” para praticar atos ilícitos com o dinheiro do povo.

Homem de 55 anos é o oitavo óbito pelo coronavírus na Bahia

Imagem ilustrativa.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, neste sábado (4), o oitavo óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado. O paciente era um homem de 55 anos, que apresentou febre, tosse, dispneia e dor de garganta. Esteve internado em um hospital particular no município de Lauro de Freitas. O paciente era residente de Salvador.

A pandemia do coronavirus e a epidemia de feminicídio: precisamos falar de autocuidado!

Posto dessa forma, a quarentena me chamou à reflexão. Na verdade, o isolamento social nos impôs a imersão em dimensões até aqui esquecidas. Refiro-me a ter de enxergar aquilo que só via. Enxergar-me.

Por Nicole Rodrigues Vieira.

Sabemos que variadas são e serão as consequências da Covid-19. Sem dúvidas, implicações sanitárias, econômicas e políticas têm sido noticiadas com destaque pela grande mídia. Contudo, como mulher, devo lembrar que a pandemia criou uma atmosfera propícia ao patriarcado, pois o machismo – com toda carga de subjugação imposta às mulheres – faz com que, nesse momento de isolamento social, os casos de violência contra a mulher tenham aumentado de maneira assustadora. Para usarmos as palavras da filósofa Djamila Ribeira, vivemos associada à pandemia uma “epidemia de feminicídio”.

Em todo o país, verifica-se um aumento das chamadas para o Ligue 180, serviço de denúncias ligado à rede de atendimento à mulher. Foi registrado um aumento de 9% das denúncias de violência contra a mulher em apenas uma semana. Esse dado vai de encontro com os fornecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo os quais uma em cada três mulheres ao redor do mundo sofre violência física ou sexual, a maioria sendo provocada por parceiro íntimo. Estamos ainda muito longe de um estado de conscientização, até por parte de grande número de mulheres que não sabem, por exemplo, identificar violências e abusos mais sutis ou naturalizados (e não menos graves).

É claro que essa situação exige uma discussão mais aprofundada, principalmente para melhor orientar as medidas protetivas. No entanto, entidades da sociedade civil e o poder público têm se mobilizado contra tal estado de coisas. Exemplo da intransigência observada contra o feminicídio é a campanha “Quarentena Sim! Violência Não”, criada pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA). Na mesma toada do judiciário baiano, o Núcleo de Apoio à Mulher do Ministério Público de Pernambuco (NAM/MPPE) lançou a ação “Mulher, você não está sozinha! ”. Somam-se a essas inciativas os canais de denúncias e campanhas em prol da proteção das mulheres vitimadas pela violência. (mais…)