Em nota, César Porto explica atuação da Câmara de Ilhéus na cassação de mandatos e posse de suplentes

Na sexta-feira (03), o Presidente César Porto utilizou o Diário Oficial para expedir uma nota de esclarecimento abordando, de forma detalhada, a atuação da Câmara Municipal de Ilhéus em atenção aos pedidos de cassação e extinção de mandatos de vereadores, além da posse dos respectivos suplentes.

Na nota, César Porto esclarece que a medida visa atender o amplo debate sobre o tema veiculado na imprensa local, além de responder uma solicitação do suplente do PSB, protocolada na Câmara em 02/04/2020, em homenagem aos mais elevados padrões de transparência e acesso à informação.

Confira na íntegra o conteúdo do ato informativo clicando aqui.

Decreto do governo Marão não fornece segurança jurídica para a rede hoteleira, afirma presidente da Atil

O tradicional Ilhéus Hotel e Átila Eiras, presidente da ATIL.

O presidente da Associação de Turismo de Ilhéus (ATIL), Átila Eiras, numa conversa com o BG explicou como tem reagido o ramo hoteleiro de Ilhéus na pandemia da Covid-19. Na sexta-feira, 03, data em que dialogamos com Átila por telefone, o BG publicou que o Hotel Jardim Atlântico demitiu 96 funcionários.

De acordo com Átila, alguns hotéis e pousadas suspenderam as atividades após o decreto editado pela prefeitura, que ele classificou como “meia boca”. Outros continuam em funcionamento, diferente de Itacaré onde empresas do setor foram proibidas de receber hóspedes.

Segundo o  decreto nº 020 do dia 24/03/2020, a rede hoteleira está proibida de hospedar e realizar reservas de estrangeiros de qualquer origem ou brasileiros oriundos de cidades com casos confirmados de coronavírus. Além disso, é responsável por comunicar à Vigilância Epidemiológica caso algum hóspede apresente sintomas da doença e devem suspender atividades recreativas que causam aglomeração. Os funcionários que integram o grupo de risco devem ser afastados com a possibilidade de adoção do regime de teletrabalho. As empresam devem disponibilizar EPI’s para os funcionários que permanecem nos postos de trabalho.

Na opinião de Átila Eiras, o decreto da prefeitura de Ilhéus não fornece segurança jurídica para os empresários. “Funcionar com quadro mínimo e faturamento baixo não é fácil. Se um hotel aceitar um hóspede que estiver doente vai ter que manter ele lá e arcar com toda responsabilidade”.

“O decreto atual torna público que a atitude da prefeitura não resolve nada, pois ninguém deste ramo está resguardado”. Segundo o presidente da ATIL, a entidade vai pedir ao governo municipal a publicação de outro decreto que possa garantir algum alívio para os empresários do turismo.

Religião x Ciência

No mundo atual, ciência e religião conseguem conviver bastante bem, mas isto desde que uma continue respeitando o limite da outra, o que depende, talvez, mais de cada um de nós, pessoas comuns, do que dos profissionais das ciências e das religiões.

Por Julio Gomes.

Ao longo da história da humanidade, um dos temas centrais de debates, disputas e fortes controvérsias é a oposição que durante séculos marcou a relação das instituições religiosas, com relação às realizações científicas.

Enquanto a religião se baseia sobretudo na fé, nos sentimentos, naquilo que há de mais subjetivo, a ciência, por seu próprio caráter e por definição, é racional, lógica, e prima pela objetividade.

As características acima explicam, em parte, o porquê de religião e ciência terem sido, durante séculos, antagonistas, inimigas, pois enquanto a fé queria nos conduzir tão-somente pela crença cega, muitas vezes contra fatos do mundo real; a ciência procurava se impor unicamente pelo que os limitados sentidos humanos apreendiam, sem dar chance para aquilo que o sexto sentido, a alma – ou espírito – pudessem manifestar, negando peremptoriamente tudo o que proviesse deste campo.

Durante séculos a Igreja queimou vivos aos pesquisadores acusando-os de bruxaria, assim como àqueles que estudavam fisiologia humana utilizando cadáveres – o que impediu o avanço da medicina durante séculos – e forçou cientistas a abjurarem publicamente suas descobertas científicas, para poderem continuar vivos. (mais…)

Marão é chamado de “mentiroso” mais uma vez; ex-funcionários da Viametro afirmam que não há acordo

Mesaque Soares e o prefeito Mário Alexandre.

O advogado Mesaque Soares reuniu alguns ex-funcionários da empresa de transporte coletivo Viamentro e gravou um vídeo para mostrar a insatisfação do grupo com a versão irreal divulgada pelo prefeito de Ilhéus.

Após decreto da prefeitura, a empresa demitiu quase 100 pessoas.

Segundo Mesaque, Marão enviou notas à imprensa sobre um suposto acordo com a empresa para garantir a reintegração dos trabalhadores, mas a realidade é bem diferente.

Pais e mães de família passam dificuldades e a direção da empresa até o momento não entrou em contato. Os trabalhadores afirmam que a Viametro depositou em suas contas valores que não correspondem ao que ela deve.

Funcionários com deficiência, que têm mais dificuldade para entrar no mercado de trabalho, também lamentam a demissão e questionam a promessa de reintegração feita pelo prefeito.

“A decisão de demitir foi drástica. A [empresa] São Miguel, que é bem menor, conseguiu, mesmo com dificuldade, pagar os funcionários e não demitiu” disse o advogado.

“Esse é um governo de mentiras, que usa o sofrimento do povo para se promover” afirmou Mesaque.

Clique aqui para ver o vídeo.

Uruçuca confirma primeiro caso da Covid-19

O Laboratório Central da Bahia – Lacen, confirmou neste sábado, 4, o primeiro paciente com a Covid-19, doença causada pelo Coronavírus, em Uruçuca. O paciente, sentiu os primeiros sintomas no dia 24 e permaneceu em isolamento domiciliar desde esta data.

A vigilância epidemiológica do Município já adotou todos os protocolos necessários para a situação e mais detalhes serão passados posteriormente.

O Prefeito Moacyr Leite Júnior reforça a recomendação para que todos continuem a adotar as medidas de precaução e monitorando possíveis sintomas da doença.

O Prefeito destaca, ainda que, por meio do comitê de crise, vem monitorando a situação do município e tomando medidas mitigatórias para evitar o contágio desenfreado da doença.

Mulher de 28 que fez cesária é o sétimo óbito pelo novo coronavírus

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que registrou, neste sábado (4), o sétimo óbito pelo novo coronavírus (Covid-19) no estado. A paciente era uma mulher de 28 anos, que tinha ido a Itapetinga realizar uma cesária.  Teve alta e, sete dias após o parto, apresentou quadro de insuficiência respiratória, tendo sido internada em um hospital público no município.

Ela evoluiu para óbito em 1º de abril. A paciente era residente da região de Trancoso, em Porto Seguro.

Rui estende suspensão de transporte intermunicipal e interestadual até 15 de abril

Rodoviária de Ilhéus.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), estendeu, até o dia 15 de abril, a suspensão de transporte municipal em 45 cidades, em uma medida de contenção ao avanço do novo coronavírus.

A medida foi oficializada por meio de decreto publicado no Diário Oficial do Estado de hoje (4). O decreto ainda amplia a suspensão de transporte intermunicipal, até o dia 15, nos municípios de Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité e Utinga, a partir de amanhã (5).

Com isso, 49 cidades ficam com transporte suspenso: Conde, Uruçuca, Itapetinga, Conceição do Coité, Utinga, Belmonte, Eunápolis, Santa Cruz Cabrália, Barra do Rocha, Alagoinhas, Barra, Candeias, Catu, Coaraci, Itajuípe, Medeiros Neto, Itagibá, Itamaraju, Itororó, Pojuca, Dias d’Ávila, Ipiaú, Salvador, Feira de Santana, Porto Seguro, Prado, Lauro de Freitas, Simões Filho, Vera Cruz, Itaparica, Itabuna, Ilhéus, Itacaré, Camaçari, Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Guanambi, Vitória da Conquista, Santa Maria da Vitória, Correntina, Entre Rios, Jequié, Brumado, Conceição do Jacuípe, Juazeiro, Teixeira de Freitas, Nova Soure, São Domingos e Canarana.

Também fica suspensa, até 15 de abril, a saída e chegada de ônibus do transporte interestadual em todo o território baiano.

Do Metro1.

Caixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial

Aplicativo Caixa Econômica Federal- FGTS. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Fonte: Agência Brasil

A partir da próxima terça-feira (7), dezenas de milhões de brasileiros poderão baixar um aplicativo lançado pela Caixa Econômica Federal que permitirá o cadastramento para receberem a renda básica emergencial, de R$ 600 ou de R$ 1,2 mil, no caso de mães solteiras. O banco também lançará uma página na internet e uma central de atendimento telefônico para a retirada de dúvidas e a realização do cadastro.

O próprio aplicativo avaliará se o trabalhador cumpre os cerca de dez requisitos exigidos pela lei para o recebimento da renda básica. O pagamento poderá ser feito em até 48 horas depois que a Caixa Econômica receber os dados dos beneficiários, mas o presidente do banco não se comprometeu em apresentar uma data específica. Quem não tem conta em bancos poderá retirar o benefício em casas lotéricas.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou que o banco lançará outro aplicativo, exclusivo para o pagamento da renda básica. O benefício será depositado em contas poupança digitais, autorizadas recentemente pelo Conselho Monetário Nacional, e poderá ser transferido para qualquer conta bancária sem custos. Segundo ele, o calendário de pagamentos será anunciado na próxima semana, depois de o banco conhecer o tamanho da população apta a receber a renda básica emergencial.

Segundo Guimarães, o decreto que regulamenta a lei que instituiu o benefício será finalizado hoje, mas ele não informou se o texto será publicado ainda nesta sexta-feira (3) ou no início da próxima semana. Na segunda-feira (6), a Caixa Econômica detalhará o funcionamento dos dois aplicativos.

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, informou que só precisarão se inscrever no aplicativo microempreendedores individuais (MEI), trabalhadores que contribuem com a Previdência Social como autônomos e trabalhadores informais que não estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Caso o trabalhador esteja inscrito no cadastro único, o aplicativo avisará no momento em que ele digitar o número do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

Bolsa Família (mais…)

Bahia tem 290 confirmações e seis óbitos por Covid-19

Bahia registra 290 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 4,5% do total de casos notificados. Até o momento, 1913 casos foram descartados e houve seis óbitos, cinco residentes em Salvador que apresentavam comorbidades associadas e outro em Utinga. O caso do interior do estado estava como óbito suspeito e após investigação foi confirmada a causa da morte por Covid-19. Era um senhor de 80 anos com doença cardíaca preexistente. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta sexta-feira (3). Ao todo, 63 pessoas estão recuperadas e 35 encontram-se internadas.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 50,51% são do sexo masculino. A mediana de idade é 40 anos, variando de 6 meses a 95 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 23,88% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (3,66/100.000 hab) , indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Diferente do que foi divulgado anteriormente, o município de Irecê não possui casos confirmados de Covid-19. Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus.

As unidades de saúde devem realizar a coleta de amostras somente quando o caso suspeito de Covid-19 se enquadrar nos critérios abaixo: (mais…)

Grupo Petrópolis produz álcool 70% para doação na Bahia

Foto : Reprodução/TV Integração.

O Grupo Petrópolis está trabalhando em parceria com o Governo do Estado na luta contra o avanço da Covid-19 na Bahia. Desde que anunciou a produção e envase de álcool 70%, em Alagoinhas, para a distribuição aos seus colaboradores, a companhia foi procurada pelo Governo do Estado para firmar uma ação de reforço no controle da pandemia.

Cerca de 100 mil unidades de álcool 70% serão produzidas na fábrica do Grupo Petrópolis. A solução antisséptica com glicerina é elaborada a partir do álcool extraído da cerveja e pelo álcool cedido pelo Estado por meio da doação de usinas localizadas no estado.

Envasado em embalagens PET de 500 ml, o produto é entregue ao Governo do Estado, que está responsável por fazer o repasse às prefeituras e aos órgãos de saúde, além de outras instituições entidades assistidas pelo SUS. A parceria já atende dezenas de cidades baianas, a exemplo de Salvador, Feira de Santana, Alagoinhas, Terra Nova, entre tantas outras.

Além da distribuição da solução antisséptica e a ampliação da comunicação sobre hábitos seguros, desde o início da crise da Covid-19 o Grupo Petrópolis adotou todas as medidas de prevenção necessárias, como home office e férias aos colaboradores, regras de horários alternativos para uso dos refeitórios e proibição de viagens sem urgência, entre outras ações.

Ilhéus registra mais dois casos de Covid-19

Mais dois casos de infecção por Covid-19 foram registrados nesta sexta-feira (3), em Ilhéus, totalizando dez casos positivos na cidade. A informação foi divulgada no fim da tarde pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Trata-se de uma senhora de 66 anos e de um homem de 33 anos, ambos residentes no Malhado, zona norte da cidade. A mulher retornou de viagem de outro Estado, já com apresentação dos sintomas. Quando chegou a Ilhéus, a senhora entrou em contato com a Central Covid-19. Os dois pacientes se encontram em isolamento social.

“A população precisa entender que o vírus é perigosíssimo, e mais ainda, iremos conviver por algum tempo com essa doença. Por isso, é importante que as pessoas permaneçam em casa, a fim de evitar o aumento do contágio”, reforçou o secretário municipal de saúde, Geraldo Magela.

Câmara aprova adicional para conselheiros tutelares de Ilhéus

Foto: Ascom/Câmara de Ilhéus.

A Câmara de Ilhéus aprovou o Projeto de Lei 012/2020, que altera o artigo 48 da Lei 3.709 de 25 de abril de 2014, atualizando o valor do salário dos conselheiros tutelares do município.

A aprovação ocorreu na sessão extraordinária que aconteceu no Salão Nobre do Palácio Paranaguá desta sexta-feira (03). A alteração concede aos membros titulares do Conselho Tutelar será concedido um adicional de risco de vida no valor de até 30% (trinta por cento) sobre o salário base.

O conselheiro tutelar suplente, que estiver substituindo o conselheiro tutelar titular, também terá direito ao recebimento dessa vantagem. O valor será proporcional ao período em que estiver no efetivo exercício da função.

Também foram aprovados o Projeto de Lei 011/2020, que proíbe o corte de fornecimento dos serviços públicos de energia elétrica, telefonia, gás e de água e esgoto, prestados ao consumidor, durante o estado de calamidade pública e o Projeto de Lei 010/2020, que dispõe sobre a Abertura de Crédito Adicional Especial.

Além destes, a Câmara aprovou também o Plano de Carreiras, Cargos e Salários (PCCS) da Guarda Municipal de Ilhéus e o projeto que adiciona benefícios às categorias de profissionais do Samu por capacitação e cursos de aperfeiçoamento profissional.

O otimismo extravagante de Fábio Vilas-Boas e as subnotificações em massa da Covid-19 na Bahia

Fábio Vilas-Boas. Foto: Reprodução do Facebook.

Editorial do Blog do Gusmão.

Numa entrevista coletiva do governador Rui Costa transmitida na quinta-feira, 02, no Youtube, o secretário de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, afirmou que a taxa de crescimento da doença no território baiano está abaixo de outros estados e de países da Europa.

Vilas-Boas “acha” que esse resultado vem do esforço dos governos estadual e municipais somado ao sacrifício da sociedade baiana. O secretário fez uma ressalta ao dizer que o número de casos vai aumentar quando a doença atingir bairros populosos das cidades maiores.

No mesmo dia, o médico Dráuzio Varella, acompanhado de outros especialistas, afirmou no programa UOL Debate que “nós não temos a ideia de quantas pessoas infectadas existem. Os números apresentados não são confiáveis. Não há testes suficientes. As previsões dadas não possuem precisão científica. Estamos tratando de uma doença que pode apresentar desde sintomas muito leves até os quadros mais graves. Neste momento, enquanto não testarmos grandes amostras populacionais estaremos no escuro”, afirmou Dráuzio Varella.

O otimismo de Vilas-Boas soa extravagante quando é colocado diante do esclarecimento científico. Por falta de kits para o exame PCR, que identifica o vírus no organismo, a secretaria estadual de saúde está promovendo subnotificações em massa. Um fato atenuante para a SESAB é que o mesmo erro acontece em todo o Brasil, por ausência de planejamento e indisponibilidade de insumos.

No Sul da Bahia, a SESAB está errante. Passou quase oito dias divulgando que o Hospital de Base de Itabuna só receberia pacientes com a Covid-19. Ao perceber o óbvio, a procura desmedida pelo Hospital Costa do Cacau a partir da recusa do “Base” em receber todo o tipo de caso, a SESAB mudou drasticamente de plano. Segundo Vilas-Boas, agora o governo vai implantar leitos de UTI no que sobrou do velho Hospital São Lucas.

No Sul da Bahia, Vilas-Boas já demonstrou em outra ocasião que planejamento não é o seu forte. Em março de 2018, fechou repentinamente o Hospital Regional de Ilhéus, decisão que deixou milhares de crianças sem atendimento pediátrico. Ao perceber o erro, colocou a culpa na precária rede de atenção básica do município e pediu a cabeça da então secretária de saúde Elizângela Oliveira.

O debate sobre a pandemia ocupa amplo espaço nos meios de comunicação e possibilita posições científicas consensuais. Uma delas é que o número de casos notificados da Covid-19 no Brasil é “a ponta do iceberg”. Soa demagógico ouvir o secretário Vilas-Boas fazer quase um autoelogio e evidenciar um esforço sem finalidade e perspectiva de êxito.

A peste está no ar em ritmo crescente. Que as covas sejam abertas, pois a realidade das subnotificações de casos, escassez de equipamentos de proteção e número insuficiente de respiradores esmaga tristemente o otimismo do secretário Vilas-Boas.

Ouça este editoral na voz de Emilio Gusmão.

Embasa emite nota sobre reclamação de moradores do Nossa Senhora da Vitória

Em atenção à reclamações de leitores do bairro Nossa Senhora da Vitória, Ilhéus, sobre aspecto da água que chegou às torneiras nesta manhã (03), a Embasa esclarece que a alteração foi provocada pelo transporte de sedimentos após a ligação de uma nova rede de reforço realizada ontem (2), serviço amplamente divulgado no dia 31/03. A divulgação foi feita com intuito de que a população se prevenisse reservando água e usando-a com economia até a completa regularização do serviço.

A Embasa está adotando as medidas corretivas necessárias, dentre as quais a correção de um vazamento de rede que está afetando a regularização do abastecimento na zona sul, inicialmente prevista para acontecer ao longo do dia de hoje.

Solicitamos que os usuários que receberam a água fora do padrão de qualidade habitualmente mantido pela Embasa entrem em contato com os canais de atendimento munidos do número de matrícula preferencialmente enviando evidências desta anormalidade; e recomenda que esses clientes providenciem a limpeza do reservatório, de modo a remover sedimentos do fundo.