Classe cultural de Ilhéus é convocada para cadastro em plataforma para solicitar auxílio emergencial

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), convoca os agentes e entidades culturais de Ilhéus, sejam pessoas físicas, com CNPJ ou entes despersonalizados  para a realização do Cadastro Municipal de Cultura na plataforma – disponível no link https://cutt.ly/ypdiGmW – da comissão especial exclusiva de análise, acompanhamento e implementação da Lei Federal nº 14.017/2020, para requerimento de auxílio emergencial, nominada Aldir Blanc em homenagem ao músico e compositor que morreu em maio, vítima da Covid-19.

O Secretário de Cultura e Turismo, Fábio Manzi Júnior, ressalta a importância do cadastramento. “É fundamental que todo o segmento da cultura ilheense efetive logo o seu cadastro, tendo em vista que além de ser o meio de requerimento do auxílio financeiro emergencial, temos um prazo máximo de 60 dias, a partir do recebimento do recurso no fundo de cultura, para realizar a destinação de um milhão duzentos e oito mil reais. A Secult está à disposição para auxiliar o público na realização do cadastro na plataforma,”

Em conjunto com a Secretaria de Assistência Social (SDS), a pasta da Cultura realizará um mutirão de cadastramento nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) a partir do dia 20 de julho, nas unidades de Olivença, do Nossa Senhora da Vitória, do Teotônio Vilela, do Savóia e do Banco da Vitória para garantir o acesso ao cadastro aos agentes que não tem acesso à internet.

Fazem jus à inscrição, todos os artistas, contadores de histórias, produtores, agentes, gestores, técnicos, curadores, oficineiros, professores de escolas de arte e capoeira, grupos, coletivos, espaços, empresas, associações, instituições, cooperativas, manifestações e organizações que integram a cadeia produtiva da Cultura no Município de Ilhéus.

A renda emergencial corresponde ao valor de seiscentos reais e deverá ser pago mensalmente em 3 (três) parcelas sucessivas para pessoas físicas. Já para os agentes culturais com CNPJ ou entidades despersonalizadas, o recurso pode variar de 3 a 10 mil reais.

Do total do recurso federal destinado ao município, 20% deve ser aplicado em editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural e outros instrumentos destinados à manutenção de agentes, de espaços, de iniciativas, de cursos, de produções, de desenvolvimento de atividades de economia criativa e de economia solidária, de produções audiovisuais, de manifestações culturais, bem como para a realização de atividades artísticas e culturais que possam ser transmitidas pela internet ou disponibilizadas por meio de redes sociais e outras plataformas digitais.

Itabuna se aproxima dos 2 mil casos ativos da Covid-19

79 pessoas já morreram vítima da Covid-19 em Itabuna.

De acordo com o boletim epidemiológico da Prefeitura de Itabuna, o município possui 1.963 casos ativos da Covid-19.

Segundo as informações, 225 pessoas ainda aguardam o resultado de exame e 451 aguardam a coleta de material.

Os internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) somam 21. Apenas 2 leitos desse tipo estavam disponíveis até ontem (sábado, 11).

Os casos confirmados da Covid-19 em Itabuna somam 3.495.

Ilhéus: número de UTIs aumentou, mas pacientes internados também

61 dos 65 leitos de UTIs disponíveis estão ocupados em Ilhéus.

De acordo com o boletim epidemiológico da Prefeitura de Ilhéus, o município agora conta com 65 leitos de UTIs (Unidade de Terapia Intensiva)  para Covid-19.

Apesar do aumento no número de leitos (+5), o número de pacientes internados também aumentou, saindo de 49 para 61.

Ainda de acordo com as informações municipais, são 514 casos ativos da Covid-19 em Ilhéus (+3) e 1.929 casos confirmados (+45). Até o momento, 75 pessoas já perderam a vida por causa da doença no município.

Idosa de Itacaré morreu vítima de Covid-19 em Ilhéus

Idosa tinha 68 anos e hipertensão.

Uma idosa de 68 anos veio a óbito vítima de Covid-19 em Ilhéus. Residente em Itacaré, ela ficou internada em um hospital da rede pública entre os dias 16/06 e 22/06. De acordo com a secretaria de saúde do Estado, a idosa era portadora de hipertensão. Essa foi a  2436° morte causada pela doença na Bahia.

Campanha de Vacinação contra o Sarampo continua até 31 de agosto

Somente 350 mil tomaram a vacina na Bahia. Meta é de 6,5 milhões.

Foi prorrogada até o dia 31 de agosto a Campanha de Vacinação contra o Sarampo. A informação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) indica que, na Bahia, a estimativa é de se vacinar 6,5 milhões de pessoas, mas, desde o começo da campanha (23/03), somente 350 mil tomaram a vacina contra a doença. O público alvo a ser imunizado está na faixa de 20 a 49 anos.

O sarampo é uma doença viral aguda, considerada uma das mais contagiosas, com potencial para ser extremamente grave, afetando principalmente crianças menores de 5 anos, especialmente as mal nutridas e bebês não vacinados, mas que pode acometer também pessoas em qualquer idade não vacinadas.

A única medida efetiva de prevenção contra o sarampo é a vacina Tríplice Viral, distribuída gratuitamente nos postos de saúde e que também imuniza contra caxumba e rubéola. Essa imunização faz parte do calendário vacinal.

A primeira dose deve ser tomada com um ano de vida e a segunda é aplicada três meses depois. Caso a vacinação não seja feita no tempo ideal, ainda é possível se proteger. Até os 29 anos é preciso tomar as duas doses. Entre 30 e 59 anos é ministrada dose única. Na rotina, a vacina é aplicada até 59 anos.

Casos na Bahia

Na Bahia, em 2019, o surto foi iniciado em junho, a partir de casos importados, porém, novas cadeias epidemiológicas foram identificadas, totalizando 80 casos confirmados, distribuídos em 25 municípios do estado.

Este ano, até a Semana Epidemiológica (SE) nº 20 (16/05/2020), foram notificados, na Bahia, 92 casos suspeitos de sarampo e 14 de rubéola, totalizando 106 casos de doenças exantemáticas distribuídos em 45 municípios. Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve redução de 24,8% do número de casos notificados.

Após 90 dias de monitoramento, um surto de sarampo foi controlado nos municípios de Lauro de Freitas, Juazeiro e Belo Campo, porém, a recente confirmação de um caso de sarampo em Paripiranga (data de exantema de 05/04/2020), homem de 47 anos, não vacinado, com histórico de contato com caso confirmado importado, residente em Sergipe, município de Simões Dias, fez com que o estado da Bahia retornasse ao status de surto ativo da doença, reacendendo o alerta para o risco de ocorrência de novos surtos no território baiano

Extremo sul da Bahia em 100% de ocupação de UTIs; região sul tem 84%

1.535 leitos de UTIs estão ocupados na Bahia.

Na Bahia, dos 2.378 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.535 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%.

No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 926 leitos exclusivos para o coronavírus, 733 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%. A região Extremo-Sul da Bahia possui a maior taxa de ocupação, com 100% dos leitos de UTI ocupados, seguida da região Sul, com 84%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Desde esta sexta-feira, 10 de julho, a Sesab divulga mais uma ferramenta estatística para avaliar a tendência, denominada de média móvel, como pode ser vista na figura 4 do boletim (página 19). Nos últimos sete dias, verifica-se uma tendência de aumento mais evidente nos casos confirmados, enquanto que os casos ativos apresentam-se com evolução mais discreta.

Bahia: 3.002 casos novos de Covid-19 foram registrados

Número de óbitos cresceu 2,2%

Na Bahia, de sexta (10) para sábado (11), foram registrados 3.002 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +3,0%), 53 óbitos (+2,2%) e 1.210 curados (+1,7%). Dos 104.188 casos confirmados desde o início da pandemia, 73.136 já são considerados curados, 28.616 encontram-se ativos e 2.436 tiveram óbito confirmado.

Os casos confirmados ocorreram em 397 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (41,72%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.586,18), Itajuípe (2.318,09), Ipiaú (1.900,90), Lauro de Freitas (1.701,27) e Itabuna (1.626,47).

O boletim epidemiológico contabiliza 104.188 casos confirmados, 204.428 casos descartados e 101501 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado (11).

Na Bahia, 11.188 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Todos os dados estão disponíveis no Painel Epidemiológico (bi.saude.ba.gov.br/transparência/). Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio estimado em R$ 40 milhões

Apostas podem ser feitas até as 19 horas.

O concurso 2278 da Mega-Sena deste sábado (11) deve pagar um prêmio estimado em R$ 40 milhões aos apostadores que acertarem as seis dezenas sorteadas.

Também são premiados os que acertam a cinco e quatro números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Em cada volante devem ser marcados de seis 6 a 15.

A aposta mínima, com seis números, custa R$ 4,50. A mais cara, com 15 dezenas, sai por R$ 22.522,50. Os jogos podem ser feitos das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h.

Decreto com restrições mais duras para 62 cidades baianas é publicado Diário Oficial

Estratégia, que inclui toque de recolher, visa barrar o crescimento da disseminação da Covid-19 no estado.

As medidas mais duras estabelecidas pelo governador Rui Costa (PT), em conjunto com prefeitos e prefeitas de 62 cidades do interior da Bahia, para barrar o crescimento da disseminação da Covid-19 no estado, foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (11).

Entre as ações que serão adotadas estão a restrição de circulação de pessoas à noite, a restrição de atividades econômicas e a delimitação do horário de funcionamento dos serviços essenciais. O governo da Bahia ainda encaminhou ofício ao Tribunal de Justiça da Bahia e o Ministério Público com solicitação de apoio ao Estado e Municípios.

Divisão em grupos

O decreto 19.829 estabelece medidas voltadas a três grupos distintos de municípios. Fazem parte do anexo 1, 22 cidades: Cachoeira, Camamu, Campo Formoso, Catu, Conceição do Coité, Filadélfia, Gentio do Ouro, Guaratinga, Ibirapitanga, Igrapiúna, Ipiaú, Ituberá, Maragogipe, Nazaré, Nilo Peçanha, Nova Soure, Paulo Afonso, Ruy Barbosa, Santo Estêvão, Taperoá, Uauá e Valença.

Compõem o anexo 2, outros 22 municípios: Alagoinhas, Amélia Rodrigues, América Dourada, Barra do Choça, Barro Preto, Buerarema, Casa Nova, Ibirataia, Iraquara, Irecê, Jaguaquara, Jequié, João Dourado, Macururé, Mucuri, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Santa Bárbara, São Gonçalo dos Campos, Serrinha, Ubaitaba e Wenceslau Guimarães.

Por fim, o anexo 3 lista 18 cidades: Apuarema, Caravelas, Conceição do Almeida, Conceição do Jacuípe, Cruz das Almas, Gandu, Ibotirama, Ilhéus, Itapetinga, Jacobina, Luís Eduardo Magalhães, Nova Ibiá, Porto Seguro, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Ubatã, Uma e Vera Cruz.

As medidas

1 – O toque de recolher está determinado das 18h às 05h, a partir da 0h da próxima segunda-feira (13) até as 24h do dia 19 de julho, para os municípios dos anexos 1 e 2, em conformidade com as condições estabelecidas nos respectivos Decretos Municipais. A circulação noturna estará liberada apenas para ida a serviços de saúde ou farmácia, ou ainda em situações em que fique comprovada a urgência.

2 – Nos municípios que integram o anexo 2, também entre 13 e 19 de julho, está autorizado entre 5h e 16h apenas o funcionamento dos serviços essenciais, e em especial as atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.

(mais…)

Decreto que suspende aulas, eventos e transporte intermunicipal é prorrogado até 31 de julho

O Governo do Estado publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (11), decreto que mantém suspensas em todo território baiano, até o dia 31 de julho, as aulas nas redes pública e privada e as atividades que envolvem aglomeração de pessoas, eventos religiosos, shows, feiras, apresentações circenses, eventos científicos, passeatas, aulas em academias de dança e ginástica, além da abertura e do funcionamento de zoológicos, museus, teatros, dentre outros. Outro decreto publicado no DOE também determina medidas mais duras em 62 municípios.

Todas essas restrições estão estabelecidas no decreto n° 19.586, que teria validade até este domingo (12). A prorrogação do decreto também inclui a suspensão do transporte intermunicipal em 385 cidades baianas, conforme anexo publicado no DOE. Central, Iramaia, Lafaiete Coutinho, Macaúbas, Marcionílio Souza, Mirante e Saúde passaram a fazer parte desta lista neste sábado.

Nesta sexta-feira (10), o governador Rui Costa também afirmou que os jogos de futebol, sem público, não poderão ser realizados na Arena Fonte Nova. No estádio foram instalados leitos de enfermaria e de Unidade de Terapia Intensiva para tratar pacientes contaminados pelo novo coronavírus.

“Entendemos que a Arena Fonte Nova não deve ser utilizada até porque, para a plena alegria e comemoração do futebol e jogadores é melhor que os jogos sejam realizados no estádio de Pituaçu”, destaca.

Corte de árvores e mudança de atitude

É preciso, sim, defender cada árvore de nossa cidade, pois não podemos perder as poucas que ainda temos (em toda a Av. Itabuna, por exemplo, não se acha uma árvore sequer); nem cair na falácia de que “árvores foram plantadas”. É mentira! Não se planta árvores, planta-se mudas, que, se sobreviverem – o que é difícil ante as dificuldades naturais, o descuido e o vandalismo que sofrem – poderão se tornar árvores, mas somente daqui há 15 ou 20 anos.

Por Julio Gomes.

Nesta semana a cidade de Ilhéus viveu momentos de alvoroço, polêmica e até reação pública, ante o corte de diversas árvores na Avenida Soares Lopes, destruindo, além delas, os ninhos e desalojando centenas de pássaros, sobretudo maritacas, que nidificavam naqueles grandes vegetais. Conseguiu-se a admirável façanha de, rapidamente, a golpes de tratores e motosserras, causar grande e simultâneo prejuízo à flora e à fauna.

Como até as ações mais indesejáveis podem trazer algo de bom (veja-se, por exemplo, os avanços tecnológicos surgidos durante as guerras), houve um fato surpreendente e, nas proporções em que ocorreu, absolutamente inédito em nossa cidade: uma grande comoção popular contra o corte daquelas árvores, que ocupou intensamente as redes sociais durante toda a semana, resultando, entre outras ações, em um abaixo assinado e também em convocação para concentração pública – mesmo em tempos de pandemia – contra o infeliz ato da Prefeitura de Ilhéus.

Esta reação popular merece especial destaque, pois as gerações mais antigas sempre foram mestras em atribuir às árvores situadas em Ilhéus as mais tristes ações, acusando-as de sujar ruas, de entupir redes de águas pluviais, de quebrar calçadas e alicerces de edificações, de sujar e causar prejuízo em carros com as fezes de pássaros e galhos que delas caem. Confesso que nunca vi inofensivas árvores serem agraciadas com tanto protagonismo negativo como acontece em nossa cidade!

Desta vez, porém, foi diferente.

Seja pelo deprimente espetáculo das centenas de pássaros em desespero, esvoaçando sem rumo no espaço urbano após a perda irreparável de seus ninhos; seja porque aquilo que há cinquenta anos é dito nos meios de comunicação e nas escolas sobre as árvores finalmente tocou nossas almas, parece que descobrimos subitamente o que o mundo inteiro já sabia: que árvores quebram a aridez das cidades, que amenizam o clima, que permitem a existência de uma fauna urbana mais rica, que amenizam a paisagem e o espírito humanos com seu verde natural, que fornecem sombra benfazeja e tornam o ar mais leve e puro, enfim, que árvores são bem vindas e imprescindíveis para um espaço urbano moderno e melhor.

(mais…)

Itabuna: loja foi multada por ter mais de 100 pessoas no interior e em fila

Comércio movimentado no segundo dia de reabetura (Imagem: reprodução \ G1)

O segundo dia de reabertura do comércio de Itabuna rendeu uma multa para uma loja de eletrodomésticos, localizada na Avenida Cinquentenário. De acordo com as informações da Prefeitura Municipal, a empresa deverá desembolsar R$ 1.700 como penalidade. Após denúncias indicando aglomeração na loja, fiscais constataram que mais de 100 pessoas estavam no interior e em fila para entrar no loja.

Bahia registra 2.867 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Boletim Epidemiológico 10/07.

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.867 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de + 2,9%), 55 óbitos (+2,4%) e 2.828 curados (+4,1%). Dos 101.186 casos confirmados desde o início da pandemia, 71.926 já são considerados curados, 26.877 encontram-se ativos e 2.383 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 397 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (42,31%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Gandu (2.484,34), Itajuípe (2.318,09), Ipiaú (1.879,10), Lauro de Freitas (1.664,48) e Itabuna (1.588,95).

O boletim epidemiológico contabiliza 101.186 casos confirmados, 198.550 casos descartados e 101.253 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (10).

Na Bahia, 10.997 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Todos os dados estão disponíveis no Painel Epidemiológico (bi.saude.ba.gov.br/transparencia/). Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.368 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.532 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 915 leitos exclusivos para o coronavírus, 725 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%. A região Extremo-Sul da Bahia possui a maior taxa de ocupação, com 96% dos leitos de UTI ocupados, seguida da região Oeste, com 90%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

A partir de hoje, 10 de julho, a Sesab divulga mais uma ferramenta estatística para avaliar a tendência, denominada de média móvel, como pode ser vista no gráfico 4 do boletim. Nos últimos sete dias, verifica-se uma tendência de aumento mais evidente nos casos confirmados, enquanto que os casos ativos apresentam-se com evolução mais discreta.

Coelba vai interromper fornecimento de energia em localidades de Ilhéus nesse sábado

Interrupção acontecerá para melhoria da elétrica nas localidades, segundo a Coelba.

A Coelba informa que o fornecimento de energia elétrica será temporariamente interrompido nesse sábado (11), das 10h às 13h, em algumas localidades de Ilhéus.

As localidades informadas pela Coelba foram: Av. Governador Roberto Santos, Av. Ilhéus, Av. Marginal, Av. Oduvaldo Evaristo Bacelar, Av. Tancredo Neves, Condomínio Areia Branca, Condomínio Monte Serrat, Condomínio Sol Nascente, Conjunto Vivendas do Atlântico, estrada Praia Lenções Canto das Águas, estrada Una Lençóis, Fazenda Boa Esperança, Fazendo Dois de Maio, Loteamento Acuípe, Loteamento Águas de Olivença, Loteamento Aldeia Atlântida, Loteamento Barra do Acuípe, Loteamento Cantos das Águas, Loteamento Ilha do Desejo, Loteamento Mar a Vista, Loteamento Mar Azul, Loteamento Mar de Ilhéus, Loteamento Oiteiro, Loteamento Praia do Sul, Loteamento Praia Dourada, Povoado Aldeia Tupa Olivença, Povoado Reg. Acuípe de Baixo, Povoado Reg. Acuipe do Meio, Povoado Reg. Barro Branco I, Povoado Reg. Cajueiro (I,II), Povoado Reg. Lençóis, Rodovia BA 001 Comandatuba, Rodovia Ilhéus (CCS1, CCS2, CCS6), Rodovia Ilhéus Canavieiras, Rodovia Ilhéus Una, rodovia Ilhéus Olivença LT. STA Felicidade, Rodovia Ilhéus Olivença Rua C, Rodovia Ilhéus Olivença, Rua Alto da Bela Vista, Rua Anisio Pererira, Rua Apolo, RUA (B,C), Rua Capixaba, Rua da Feira, Rua da Patria, Rua Dom Eduardo, Rua Felicidade, Rua Nova, Ruaa Planalto, Rua Projetada, Sitio Coqueiro, Sitio Paraná e Sitio Sete Anões.

De acordo com a Coelba, o interrompimento será necessário para que técnicos realizem, com segurança, melhoramento da rede elétrica. A manutenção poderá ser cancelada ou interrompida devido às condições climáticas.

A Coelba ainda orienta que, para evitar acidentes, eventuais reparos nas instalações elétricas internaso ou em equipamentos sejam feitos com a chave geral desligada e os aparelhos retirados das tomadas, mesmo durante o período da interrupção de energia, pois o fornecimento pode ser restabelecido antes do horário previsto.