Moradores do Edifício Solaris acusam empresário da construção civil de criar problemas no condomínio

Cancela teria sido quebrada de propósito. Imagem copiada de vídeo,

Fábio Nogueira, um dos principais empresários da Construção Civil em Ilhéus, é acusado de criar problemas no Edifício Solaris Residencial Club (construído pela Cicon) localizado na Praia do Sul em frente à Cabana Guarany. Segundo boletim policial registrado na 7ª Coorpin nesta segunda-feira, 28, Fábio Nogueira causou danos ao patrimônio do condomínio.

O empresário alugou um apartamento que pertence aos proprietários dos Supermercados Meira e após um problema com o fornecimento de energia elétrica (cuja responsabilidade não é dos condôminos) teria chutado e desferido socos na porta da sala dos medidores. Na companhia de um chaveiro, Fábio Nogueira queria entrar no ambiente sem autorização do condomínio e teria ficado nervoso ao ser impedido. O fato teria ocorrido no dia 11 de novembro deste ano.

(mais…)

Mensalidades dos planos de saúde vão subir até 35% em 2021

Os clientes de planos de saúde terão de um reajuste de até 35% nos contratos já para 2021, segundo reportagem do UOL. Este aumento vai ocorrer pelo acréscimo anual (e normalmente acima da inflação) de 2020, que não pôde ser cobrado devido à pandemia, com aumento de 2021.

Neste ano, a Agência Nacional de Saúde (ANS) pediu a suspensão do reajuste que seria de 8,14% sobre planos individuais e de 15% sobre os planos coletivos (no caso 81% dos usuários). E esta suspensão será cobrada em 2021, ainda segundo o UOL.

(mais…)

Jerbson Moraes: “três ex-presidentes da Câmara respondem processos e isso exige mais responsabilidade e atenção”

Jerbson Moraes.

O Blog do Gusmão conversou nesta segunda-feira (28) com o vereador reeleito Jerbson Moraes (PSD), que tem se colocado como candidato à presidência da Câmara de Ilhéus para o biênio 2021/2022.

De maneira sincera e até surpreendente, Jerbson lembrou que três dos últimos presidentes da casa legislativa respondem processos por acusações graves. Esse fato vai exigir do próximo presidente mais responsabilidade e maior atenção com os recursos públicos.

O vereador não quis entrar no mérito e se posicionar sobre as acusações, apenas citou os processos que correm contra Josevaldo Machado (Dr. Jó), Tarcísio Paixão e Lukas Paiva, que chegou a ser preso por atrapalhar investigações do Ministério Público do Estado da Bahia na operação Citrus.

(mais…)

Prefeitura de Ilhéus decreta ponto facultativo nos dias 24 e 31 de dezembro

 

A Prefeitura de Ilhéus estabeleceu ponto facultativo nas repartições públicas municipais nos dias 24 e 31 de dezembro de 2020, vésperas de Natal e Ano Novo.

Conforme o decreto, os serviços considerados de natureza essencial não serão suspensos, bem como as atividades nas áreas da saúde, educação, limpeza urbana, iluminação e da segurança pública.

Aulas na rede estadual serão reiniciadas assim que o calendário de vacinação for divulgado

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) já possui um planejamento para recuperar o ano letivo de 2020, que ficou comprometido por conta da pandemia do coronavírus. De acordo com o titular da pasta, Jerônimo Rodrigues, o plano envolve a realização de atividades complementares aos finais de semana e feriados, entre outras ações.

(mais…)

Operação Anóxia: Érica de Jesus prestou depoimento na PF; amiga de Marão atuou como fiscal do contrato com a HSC

Marão e Érica de Jesus.

O BG conseguiu acessar um processo de pagamento da Prefeitura de Ilhéus para a empresa HSC Soluções Empresariais que é investigada pela operação Anóxia desencadeada pela CGU e Polícia Federal.

No documento está anexada a Portaria nº 211 de 8 de julho de 2020 em que o secretário municipal de saúde, Geraldo Magela, designou os servidores responsáveis para fazer a fiscalização do contrato com a empresa HSC, cuja finalidade foi a contratação de profissionais para o enfretamento à Covid-19.

Dentre os servidores designados, aparece Érica de Jesus, diretora de alta e média complexidade alçada ao cargo por ser amiga de longa data do prefeito Mário Alexandre (PSD).

(mais…)

Primeiro semestre 2021 da UESC não será presencial

O Conselho Superior de Ensino Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (CONSEPE/UESC) regulamentou, na 51ª reunião extraordinária realizada nesta terça(22), a organização e funcionamento das atividades acadêmicas nos aspectos técnicos, didáticos e científicos relacionados ao Ensino Não Presencial, tendo em vista o novo coronavírus SARS-CoV-2 causador da COVID-19, bem como o calendário acadêmico referente a 2021.1.

As atividades se darão com o uso e desenvolvimento de estratégias de ensino e aprendizagem por meio de formas não presenciais, prioritariamente por processos de educação mediados por Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), como alternativas às atividades presenciais para o ensino de graduação e pós-graduação.

(mais…)

Operação Anóxia: Governo Marão fez pagamentos integrais de faturas sem fiscalizar o serviço da empresa HSC

Auditores da CGU na sede da empresa investigada HSC. Foto: site da CGU.

A Controladoria-Geral da União (CGU), em parceria com a Polícia Federal (PF), deflagrou nesta terça-feira (22) a Operação Anóxia, visando desarticular um esquema de desvio de recursos públicos destinados a ações de combate à pandemia da Covid-19. O trabalho investiga a contratação de mão de obra, pelo município de Ilhéus, para atuar em unidades de saúde da prefeitura.

Investigações

Os trabalhos investigativos tiveram origem na análise da dispensa promovida pela prefeitura de Ilhéus/BA, que tinha como objeto a contratação de empresa especializada na terceirização de serviços de mão de obra temporária para atendimento das demandas da Secretaria de Saúde no combate à Covid-19.

Na condução do processo de dispensa, entre outras falhas, foi constatado que a Prefeitura de Ilhéus/BA solicitou cotação de preços a empresas que não atuavam predominantemente na área de terceirização e que tinham como atividade econômica principal o transporte escolar e a construção de edifícios.

O contrato previa que os serviços seriam prestados no Centro de Triagem Covid-19 e no PA Zona Sul, cabendo à empresa contratada fornecer os profissionais solicitados pelo município.

(mais…)

Vacina não é questão individual, é proteção coletiva, afirma infectologista do Hospital Couto Maia

Infectologista Ceuci Nunes. Imagem de vídeo produzido pela SECOM-BA.

A médica infectologista Ceuci Nunes é diretora-geral do Instituto Couto Maia (Icom), um dos primeiros hospitais a receberem os pacientes de Covid-19 na Bahia. Nesta breve entrevista, ela responde perguntas e fala sobre a importância da vacina, especialmente diante do grande número de notícias falsas circulando nas redes sociais. Para ela, a vacina contra a Covid-19 surge rapidamente, impulsionada pela existência da pandemia, que uniu cientistas de todo o mundo na pesquisa em busca da cura, e também pelo estágio de desenvolvimento tecnológico que o planeta alcançou.

Para a infectologista, a rapidez na produção da vacina não coloca em cheque a segurança nem a eficácia do medicamento. Ceucí também destaca que, para que o vírus pare de circular, como foi a erradicação da varíola, é preciso que grande parte das pessoas seja imunizada – mais de 80% da população. “Não vamos ter medo da vacina, a gente precisa ter medo da doença que está matando milhões de pessoas no mundo. A vacina é a luz no fim do túnel. A gente precisa é pedir ao Ministério da Saúde, aos governantes, que consigam vacinas, as mais diversas, para todos os brasileiros”.

Leia a entrevista ou assista o vídeo abaixo.

Pelo menos cinco vacinas diferentes foram desenvolvidas em prazo inferior a um ano. Essa velocidade causa algum tipo de insegurança em relação à vacina e sua eficácia?

(mais…)

Segundo Magela, operação da PF que fez busca e apreensão na casa dele é “normal”

Magela durante entrevista à TV Santa Cruz. Imagem de vídeo.

Em entrevista à repórter Patrícia Lais da TV Santa Cruz na manhã desta terça-feira (22), o secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, considerou a operação Anóxia um evento “normal”.

Na manhã de hoje a Polícia Federal cumpriu 9 mandados de busca e apreensão na cidade. A casa onde Geraldo Magela reside, em Olivença, e a sede da Secretaria Municipal de Saúde foram “visitados”. A PF investiga o contrato firmado entre a Prefeitura de Ilhéus e a empresa HSC Soluções Empresariais, que possibilitou a contratação emergencial de profissionais de saúde para o enfretamento à Covid-19.

(mais…)

Imagem do dia: Magela recebe a “visita” da Polícia Federal

 

Foto que circula no Whatsaap.

Na manhã desta terça-feira (22), o secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, recebeu a “visita” inesperada da Polícia Federal.

Segundo a Controladoria Geral da União (CGU), há indícios de superfaturamento no contrato firmado entre a empresa HSC Soluções Empresariais e a Prefeitura de Ilhéus para a contratação de profissionais de saúde que trabalharam no enfrentamento à Covid-19. Só no mês de julho de 2020 podem ter sumido R$ 110 mil.

Segundo fontes do BG, a PF fará outras visitas no futuro nada distante.

É bom a turma do governo ir se acostumando.

STF suspende reintegração de posse em aldeia Tupinambá na região de Olivença

Índios Tupinambás do Sul da Bahia. Imagem de arquivo retirada do blog da Associação Deus é Fiel.

O ministro Ricardo Lewandowski suspendeu, na última sexta-feira (18), a reintegração de posse determinada pela Justiça Federal de Ilhéus, no último dia 7, de uma área denominada Loteamento Canto das Águas, que estaria sobreposta à Terra Indígena Tupinambá de Olivença, na Rodovia Ilhéus- Una, KM 30, BA 001.

O ministro acolheu Reclamação Constitucional, feita ao Supremo Tribunal Federal (STF) pela assessoria jurídica do Conselho Indigenista Missionário (Cimi).  O defensor regional de Direitos Humanos (DRDH) substituto na Bahia, Gabriel César, também ingressou, na última sexta-feira, 18, com Reclamação Constitucional com o mesmo pedido.  A íntegra da decisão ainda não foi publicada.

A empresa Ilhéus Empreendimentos S/A ajuizou ação possessória em face do Cacique Val, da Comunidade Indígena Tupinambá de Olivença, da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e da União Federal, com o objetivo de obter a reintegração de aproximadamente 30 lotes do loteamento.

(mais…)

Magela convoca servidores do grupo de risco para o trabalho com a pandemia descontrolada

Geraldo Magela.

Um dia antes de ser “visitado” pela Polícia Federal (veja aqui), o secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, revogou a portaria nº 118 de 31 de março de 2020 que afastou do trabalho os servidores da saúde integrantes do grupo de risco mais sensível aos efeitos nocivos da Covid-19.

A partir da medida, servidores idosos, cardiopatas, diabéticos e portadores de doenças respiratórias serão obrigados a voltar ao serviço.

Quem não tiver condições de retornar, mediante comprovação em laudo médico deverá requerer auxílio doença ao INSS. O problema é que o Instituto de Seguridade não concede o benefício para quem corre riscos. Sendo assim, percebe-se facilmente que Magela deseja forçar a volta ao trabalho, mesmo diante do perigo que esses servidores estarão submetidos.

Veja a portaria que afastou os servidores e a outra com a revogação.

Operação da PF investiga contrato do governo Marão com a empresa HSC de Itororó

Agentes da PF em frente à secretaria de saúde de Ilhéus. Foto que circula nas redes sociais.

Ilhéus amanheceu nesta terça-feira (22) com mais uma operação da Polícia Federal. Desta vez, a força policial denominada Operação Anóxia, integrada também pela Controladoria Geral da União (CGU), cumpre 9 mandados de busca e apreensão para levantar provas de irregularidades no contrato da empresa HSC Soluções Empresariais com a Prefeitura de Ilhéus.

A empresa HSC está sediada em Itororó e foi contratada para terceirizar mão de obra especializada no enfrentamento ao novo coronavírus no município. Os profissionais contratados atuam no Centro de Covid-19, instalado na Avenida Soares Lopes.

Em julho deste ano, a HSC foi contratada sem licitação por quase R$ 3 milhões. Segundo informações apuradas pelo BG, a empresa foi indicada pelo grupo político do deputado estadual Rosemberg Pinto (PT), contudo, não há nenhum mandado de busca contra o parlamentar.

Equipes da PF estiveram na casa do secretário municipal de saúde, Geraldo Magela, em busca de documentos e provas. Conforme apurou a CGU, só no mês de julho de 2020 o superfaturamento foi de R$ 110 mil.

Rui confirma determinação de proibir festas e aglomerações no fim do ano

Governador Rui Costa.

O governador Rui Costa gravou na tarde desta segunda-feira (21) um pronunciamento oficial, no qual pede apoio aos baianos neste momento de segunda onda do novo coronavírus. Rui também reiterou a sua determinação às forças policiais do Estado de proibir aglomerações durante as comemorações de fim de ano na capital e interior.

(mais…)