SOBRE O ADVOGADO RUY CORREA NO PMDB

Deu no Pimenta na Muqueca.

Ruy Correa afirma que a filiação ao PMDB somente ocorrerá após discussões sobre qual o papel desempenhado pela legenda no sul da Bahia e, principalmente, em Itabuna. “Não vou me filiar ao PMDB apenas para votar em Renato Costa (pré-candidato a deputado estadual) e Geddel Vieira Lima. Isso eu posso fazer sem me filiar a partido. Já voto naturalmente [neles]“.

O advogado deixa clara a sua proposta para o PMDB: “Precisamos definir a cara do partido em Itabuna, interagir com a sociedade. É preciso discutir uma proposta política para 2012″, diz. Um ponto considerado fundamental por ele é a definição se é oposição ou governo de Capitão Azevedo (DEM):

– Devemos ter uma proposta clara para 2012. O PMDB não pode ficar com uma parte dentro e outra fora, como se fosse hermafrodita.

Hoje, pelo menos dois nomes peemedebistas em Itabuna integram o governo Azevedo. São eles o secretário de Desenvolvimento Urbano, Fernando Gomes Vita, e o administrador de estádio Ricardo Xavier, ex-secretário de Esporte. Definido está que ele não entra na legenda de Geddel no próximo dia 30, no encontro regional de Itabuna.

COMUNIDADES ACADÊMICAS QUESTIONAM POLÍTICA EDUCACIONAL DO GOVERNO WAGNER

Entidades representativas das quatro universidades baianas criticam o governo do estado e sua atuação na área educacional.

Carta à sociedade baiana.

Nós, docentes, estudantes e técnico-administrativos das Universidades Estaduais da Bahia (UEFS,UNEB, UESC e UESB), vimos a público denunciar a política do governo Wagner para a Educação Superior.

Neste momento, vivenciamos um aprofundamento da crise permanente que este e outros governos anteriores submetem as universidades estaduais. Os recursos orçamentários não acompanham nem a necessidade de sua consolidação, nem do seu crescimento. Faltam docentes, servidores técnicoadministrativos, instalações físicas, equipamentos e recursos para uma política de assistência estudantil, de assistência ao servidor técnico-administrativo e recursos para a pesquisa e a extensão. Os salários continuam aviltantes e as velhas práticas do descaso e do desrespeito se mantêm.

É falacioso o discurso oficial de que os recursos cresceram nestes últimos dois anos, pois ele não situa nem as carências antigas, nem as novas necessidades. Se, por um lado, houve um pequeno crescimento, por outro ele ainda não retirou as Universidades do estrangulamento orçamentário. Também é falacioso o anúncio de uma prioridade para a Educação Superior, pois em quase nada o tratamento deste governo é diferente dos que lhe antecederam. Em 2007, muitas promessas foram feitas, mas, o que foi cumprido?

(mais…)

NOVELA DA MEIA-PASSAGEM: PREFEITO DE ILHÉUS VOLTA ATRÁS E MUDA DECRETO

Temendo uma manifestação gigantesca dos estudantes, com a possível adesão de outros segmentos, o prefeito Newton Lima alterou o decreto 072, garantindo aos alunos o uso da meia-passagem aos domingos, feriados e no período de férias.

Os alunos dos cursos de pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado) voltam a ter direito ao desconto de 50% na tarifa do transporte coletivo.

Com a medida, é provável que a manifestação programada pela “estudantada” para amanhã (quarta-feira), não mais aconteça.

PREFEITURA DISCUTE AÇÕES DE APOIO PARA CATADORES DE LIXO

Prefeitura discute ações de apoio para catadores de lixo-02-foto Waldyr GomesO vice-prefeito e secretário da Saúde Antônio Vieira, além dos secretários da Agricultura e Meio Ambiente, Antônio Marcelino; do Planejamento e Tecnologia, Mauricio Athayde e da Administração, Gilson Nascimento, discutiram nesta terça-feira (18) com catadores do lixão de Itabuna estratégias de apoio e de inclusão social para famílias que atuam na coleta de material reciclável. A reunião teve a participação das procuradoras do Ministério Público do Trabalho, Elisiane Santos e Maria Roberta Melo da Rocha, além da presidente do Instituto de Atendimento à Família e Adolescente (Iafa), Elizabeth Soares; do engenheiro agrônomo e coordenador da Unidade de Compostagem da Ceplac, Agamenon Farias e de técnicos das secretarias municipais de Assistência Social, Educação e Desenvolvimento Urbano.

Antônio Vieira, que representou o prefeito Capitão Azevedo no encontro, adiantou que o governo quer discutir com os catadores um conjunto de propostas que assegurem melhoria das condições de trabalho, saúde e qualidade de vida das pessoas que atuam no lixão. Na oportunidade, foi discutida a estratégia para o recadastramento dos moradores da área, que vem sendo implementado pela Secretaria de Assistência Social e tem enfrentado de certa forma a resistência dos catadores, o que inclusive atrasou a entrega de equipamentos de proteção individual (EPI) e o fortalecimento do associativismo.

(mais…)

SECRETÁRIO PEDE DESCULPAS AOS IDOSOS DE ILHÉUS

Após pedir desculpas, secretario melhora atendimento aos idosos.
Depois de pedir desculpas, secretario melhora atendimento aos idosos.

Augusto Macedo, secretário de ação social e trabalho de Ilhéus, admitiu hoje (17), no programa O Tabuleiro, apresentado por Vila Nova, que a secretaria cometeu erros na condução do recadastramento dos idosos, que têm direito ao passe livre no transporte coletivo municipal.

Augusto pediu desculpas públicas, e considerou que a equipe montada carecia de um número maior de membros, para atender em menos tempo as pessoas da terceira idade. Ele informou que o problema já foi corrigido, com a ampliação da equipe, o aumento do número de senhas (de 30 para 70), e a descentralização do atendimento aos bairros Teotônio Vilela e Nossa Senhora das Vitórias, a partir da próxima quarta-feira, dia 19.

Em contato com o Blog do Gusmão, o secretário explicou que os idosos acima de 65 anos possuem direito à gratuidade nos ônibus, independente de fazer o recadastramento, ou não, porém, ressaltou que a carteira emitida pelo sistema de transporte permite que eles passem pelas catracas, sem nenhum custo, podendo fazer uso dos demais assentos nos veículos.

Ouça na Rádio Gusmão, o pedido de desculpas do secretário Augusto Macedo.

Duração 02:45.

ENCONTRO EM JEQUIÉ REAFIRMA GEDDEL COMO ADVERSÁRIO DE WAGNER EM 2010

DSC00333

O PMDB do ministro Geddel Vieira Lima realizou neste domingo (16), o 11º Encontro Regional do partido, em Jequié, no sudoeste da Bahia.

O Blog do Gusmão esteve no evento para conferir a festa peemedebista, e tirou algumas conclusões.

O PMDB tem estrutura, força política e um discurso preparado para entrar na disputa com muitas chances de vitória.

A pré-candidatura de Geddel, hoje, é consenso no partido. Não há espaço para teses divergentes.

Dos 115 prefeitos filiados, 25 estiveram na “Cidade Sol”,  e todos, absolutamente todos, externaram grande insatisfação com o atual governo.

O ministério da integração nacional, segundo relato de muitos prefeitos, está suprindo as carências que “Ondina” não consegue sanar. Isto faz de Geddel uma espécie de governador “paralelo”, com mais prestígio do que Wagner em muitos municípios.

As constatações descritas indicam que Geddel tem condições de complicar, ou, impedir a reeleição de Wagner.

Os democratas e tucanos da Bahia, enfim unidos através do nome do ex-governador Paulo Souto, não devem subestimá-lo. Pelo  que este blogueiro observou, os palanques do “MDB” já foram montados, por sinal, com muita facilidade. Situação parecida, ainda não é possível notar nas hostes dos remanescentes do “carlismo”.

Após o final do evento, o ministro Geddel concedeu uma entrevista coletiva, onde fez diversas críticas ao governo Wagner.

Ouça agora na Rádio Gusmão.

Duração: 14 minutos.

SEGUNDO A COELBA, LEI QUE REGULAMENTA “CALL CENTERS” É SÓ “TEORIA”

Pelo telefone, a Coelba aplica um "gato" nos clientes.
Pelo telefone, a Coelba aplica um "gato" nos clientes.

Na madrugada da última terça-feira (11), um pouco antes da primeira hora, faltou energia em boa parte de Ilhéus, deixando vários bairros às escuras.

Daí em diante, as muriçocas não me deixaram dormir. Sem “luz” para usar o mata-mosquito, decidi ligar para a COELBA, ela mesmo, a saudosa e eficiente COELBA, dos tempos em que pertencia ao governo do nosso estado.

Hoje, a companhia que foi dos baianos, está  disputando com a Telemar (OI), o título de pior empresa  no atendimento aos consumidores.

A Telemar ainda lidera, mas, devagarzinho, a “instável elétrica” ainda chega lá.

Fiquei na linha por 16 minutos, aguardando atendimento e ouvindo o péssimo “repórter COELBA”, personagem que dá dicas óbvias, na enfadonha e repetitiva gravação.

Quando consegui falar com a atendente, lembrei da lei que regulamenta o atendimento pelo telefone, através dos chamados “call centers”. O texto prevê que em 70% dos casos, o consumidor seja atendido em até um minuto de espera. Em casos excepcionais, o limite será de dois minutos.

Ouça na Rádio Gusmão, a explicação dada a este blogueiro.

PS: para não abusar da paciência dos visitantes, cortamos os 15 minutos “iniciais” da gravação.  Quem quiser na íntegra, basta pedir por email.

“DEMOCRACIA NÃO É DEMOCRATISMO”

geddel 1Gusmão entrevista o ministro Geddel.

Para inaugurar a nova fase do Blog do Gusmão, fizemos uma entrevista com o ministro da integração nacional, Geddel Vieira Lima. A conversa foi gravada no domingo, 09 de agosto, dia dos Pais.

Principais destaques:

“Este é um drama que Fábio terá que enfrentar, não por falta de aviso”, Geddel comenta a situação do deputado estadual Capitão Fábio, que provavelmente não terá o apoio “exclusivo” do deputado federal Geraldo Simões (PT), em sua tentativa de reeleição.

“Trair como? Já que deixamos o governo diferentemente do que fizeram com o prefeito João Henrique, no momento que o governador ainda está em primeiro lugar nas pesquisas”, Geddel comenta a saída do governo, afirmando que não houve traição.

“Só me cabe agradecer! Estou pronto para conversar com todos”, ao comentar a simpatia que o prefeito de Ilhéus, Newton Lima, tem por ele, Geddel.

“Trair como? Deixamos o regaço confortável do poder, as varandas cobertas de Ondina, para nos submetermos a todo tipo de retaliação”, o ministro afirma que o PMDB decidiu pagar um preço alto, e que está na oposição.

Ouça na Rádio Gusmão.

Nascemos no meio da crise “fora Valderico”

A câmara de vereadores pediu o afastamento do prefeito de Ilhéus, Valderico Reis, em maio de 2007.

No dia 11, à tarde, Valderico resistia bravamente dentro do Palácio Paranaguá, enquanto os vereadores buscavam um meio de tirá-lo do poder. Por volta das 14:00 horas, peguei minha handycan hc 1000 e fui para a praça JJ Seabra, esperar que os vereadores e centenas de pessoas invadissem o palácio.

Nas escadarias do suntuoso prédio, encontrei Roberto Rabat fumando, e com um gravador na mão. Nos apresentamos. Daí veio a pergunta do “Pai dos Blogs” : ” você tem como colocar as imagens na internet?”

Respondi que sim.

Tudo começou exatamente desse jeito.