Tartaruga é encontrada morta em Ilhéus após ficar presa em rede de pesca

Três tartarugas marinhas fêmeas, das espécies verde e cabeçuda, foram encontradas mortas no litoral sul da Bahia, na praia de São Domingo, em Ilhéus, e nas praias do Cassange e Saquaíra, em Maraú.

Os animais foram encontrados entre a sexta-feira (23) e o domingo (25). Com isso, subiu para 88 o número de tartarugas marinhas mortas entre Maraú e Canavieiras, área de monitoramento do projeto A-mar.

A primeira foi uma tartaruga verde, filhote, com cerca de 72 cm de comprimento. Ela foi encontrada morta em Ilhéus, na sexta, após ficar presa em uma rede de pesca.

As outras duas foram encontradas já no domingo. Uma delas, também filhote, com cerca de 80 cm de comprimento, foi encontrada com um lacre plástico preso no pescoço, na praia de Cassange.

De acordo com Wellington Laudano, sub-coordenador do projeto A-mar, que monitora a região, o animal tinha idade aproximada de 20 anos e deve ter ficado com esse lacre por muito tempo. Ainda segundo ele, o objeto cortou o pescoço da tartaruga. Informações do G1 Bahia.

Temporada de Cruzeiros deve trazer mais de 70 mil visitantes a Ilhéus

14 mil tripulantes e 70 mil visitantes são aguardados na próxima temporada, segundo Governo do Estado. (Foto: Tribuna da Bahia)

A expectativa de movimentação do Porto de Ilhéus durante a temporada de navios 2019/ 2020, que começa em dezembro é de mais de 14 mil tripulantes e 70 mil visitantes. Para atender a demanda, Governo do Estado, prefeitura local e trade turístico estarão alinhados para melhorar a qualidade dos serviços aos turistas.

Nessa última quinta-feira (22), o secretário do Turismo do Estado, Fausto Franco se reuniu com o comandante da capitania dos porto, Giovane Andrade, com o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, com o presidente da Codeba, José Alfredo, comandante da 68º Companhia de Polícia Militar, representantes dos cruzeiros, secretários de turismo e cultura, infraestrutura, mobilidade e ordem pública e demais representantes do segmento.

Entre os assuntos tratados estão a segurança do passageiro, desde o atracamento do navio, até a ida dos turistas à cidade e o retorno à embarcação. De acordo com o Presidente da Codeba, José Alfredo, essa iniciativa é fundamental para que “tudo corra bem, pois em um único dia vamos receber 8.500 turistas, com a chegada de dois navios no dia 3 de dezembro”.

De acordo com Franco, esta é uma oportunidade para o turismo local, pois essas pessoas movimentam toda a cadeia produtiva, desde alimentação, bebidas, taxis, aluguel de vans, aquisição de souvenir, dentre outros. De acordo com a associação dos navios, cada turista de cruzeiro, gasta mais de R$500 quando está visitando uma cidade. Informações da Secom Ba.

Maioria do STF considera inconstitucional corte de salário de servidor

Julgamento foi suspenso e não há data para ser retomado. 

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou, ontem (22), para considerar inconstitucional a redução da jornada de trabalho e do salário de servidores públicos proporcionalmente. A medida estava prevista na redação original da Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/2000), mas está suspensa há 16 anos por uma decisão liminar da Corte.

O julgamento definitivo da questão começou na sessão dessa última quinta-feira (22). No entanto, após dez votos proferidos, o julgamento foi suspenso para aguardar o último voto, do ministro Celso de Mello, que não participou da sessão por motivos de saúde. A nova data do julgamento não foi definida.

A redução da jornada e dos salários de forma proporcional é uma forma cogitada por alguns governadores e prefeitos para resolver, temporariamente, a crise fiscal dos estados e municípios.

De acordo com a LRF, estados e municípios não podem ter mais de 60% das receitas com despesa de pessoal. Se o percentual for ultrapassado, fato que está ocorrendo em alguns estados, medidas de redução devem ser tomadas, como redução ou extinção de cargos e funções comissionadas. O Artigo 23 também previu que é facultativa a redução temporária da jornada de trabalho com adequação dos vencimentos à nova carga horária.

Até o momento, a maioria dos ministros acompanhou voto proferido pelo ministro Edson Fachin, que abriu a divergência e entendeu que a irredutibilidade dos salários é um direito constitucional e não pode ser usado para equacionar as contas públicas. O entendimento foi seguido pelos ministros Rosa Weber, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Luiz Fux e Marco Aurélio.

O ministro Alexandre de Moraes, relator do caso, entendeu que, ao permitir a redução de salário e da carga horária, temporariamente e de forma proporcional, a lei criou uma fórmula para tentar solucionar a falta temporária de recursos e evitar medidas mais graves previstas na Constituição, como a demissão de servidores estáveis, pelo descumprimento do teto de despesas. O voto também foi seguido por Gilmar Mendes

(mais…)

Governo estuda enviar Exército para combater queimadas na Amazônia

Presidente Jair Bolsonaro disse que decisão será tomada ainda hoje.

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (23) que estuda enviar o Exército para combater as queimadas na Amazônia por meio de uma operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). Segundo ele, a decisão será tomada ainda nesta manhã. “É uma tendência [determinar uma GLO. A tendência é essa, a gente fecha agora de manhã”, disse, ao deixar o Palácio da Alvorada.

De acordo com Bolsonaro, ontem (23) houve uma reunião para tratar do assunto. “O que tiver ao nosso alcance nós faremos. O problema é recurso”, ressaltou.

Em despacho publicado ontem em edição extra do Diário Oficial da União, o presidente determina que todos os ministérios, de acordo com suas competências, adotem “medidas necessárias ao levantamento e combate a focos de incêndio na região da Amazônia Legal para a preservação e a defesa da Floresta Amazônica, patrimônio nacional”.

Realizadas exclusivamente por ordem expressa da Presidência da República, as missões de GLO ocorrem nos casos em que há o esgotamento das forças tradicionais de segurança pública. Nessas ações, as Forças Armadas agem por tempo limitado, com o objetivo de preservar a ordem pública, a integridade da população e garantir o funcionamento regular das instituições.

Paulo Machado assume coordenação da 13ª Ciretran, em Ilhéus

Paulo Machado reassume cargo de coordenador da 13ª Ciretran.

Foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado a nomeação do novo coordenador da 13ª Ciretran, em Ilhéus. De acordo com a publicação, Paulo César Matos Machado assume o cargo desde o dia 11 de agosto. A nomeação de Paulo Machado foi assinada por Rodrigo Pimentel, do Depatamento Estadual de Trânsito, e atenderia uma indicação do grupo político do ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro. Machado, que já assumiu a função no passado, substitui “Dr. Rodrigues”, indicado pela ex-deputada estadual, Ângela Sousa, mãe do atual prefeito do município, Mário Alexandre.

OAB emite nota sobre declarações de Dr. Aldemir; vereador pediu desculpas

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), subseção de Ilhéus, emitiu uma nota sobre as declarações do vereador Aldemir Almeida (PP), feitas durante a sessão da última terça-feira, dia 22, no plenário da Câmara de Vereadores. Na ocasião, “Dr. Aldemir”, como é conhecido, afirmou que a “OAB não serve para porra nenhuma, a não ser para defender bandido”. Ontem (quarta, 21), o vereador usou o seu expediente para pedir desculpas à OAB. Antes, ele também emitiu uma carta ao presidente da OAB no município, o advogado Martone Maciel, também se desculpando.

Confira a nota da OAB:

 NOTA PÚBLICA

Diante damanifestação do Vereador Aldemir Almeida, que se pronunciou de modo ofensivo na sessão da Câmara de Vereadores de Ilhéus,ocorrida em 20/08/2019, dizendo que a “OAB não serve para porra nenhuma, a não ser para defender bandido”, mas também considerando a retratação pública com reconhecimento de erro e pedido de desculpas protocolado na sede da instituição, aOAB/BA –Subseção Ilhéus vem a público emitir nota sob os seguintes termos.

A Ordem dos Advogados do Brasil não mantém qualquer vínculo funcional ou hierárquico com qualquer órgão, instância ou esfera da Administração Pública,sendoorganizada para exercer, com exclusividade, a representação, assistência, seleção e disciplina de Advogado(a)s da nação. Sobretudo, trata-se de entidade que presta serviço público nobre,com missão de altíssima relevância,instituída com a finalidade de defender a Constituição da República Federativa do Brasil, preservar os fundamentos que sustentam o Estado Democrático de Direito, tutelar os direitos do homem e do cidadão,promover a Justiça e a pacificação social, resguardar a boa aplicação das normas que compõem o ordenamento jurídico, zelar pela rápida administração da Justiça e estimular o aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas.

Muito embora seja sabidamente uma organização de natureza eminentemente privada,a OABpossui evidente singularidade em razão do relevantemunus públicodesempenhado. A Ordem não representa só Advogado(a)s; a OAB representa a cidadania,servindo a brasileiro(a)ssem distinção de qualquer natureza, porque também se prestaa assegurar a inviolabilidade doexercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida com a solução pacífica das controvérsias.

(mais…)

Faculdade Madre Thaís oferece pós em Finanças e Controladoria Empresarial

Próxima turma terá início na última semana desse mês.

Muitas pessoas do ramo financeiro estão em busca de um curso de especialização. Nesse sentido, uma boa recomendação é investir na pós-graduação de Finanças e Controladoria Empresarial.

O curso está sendo oferecido pela Faculdade Madres Thaís (FMT-Ilhéus) e vai iniciar uma turma na última semana deste mês de agosto.

De acordo com os coordenadores, a professora Elba Karla Leão e o professor Silvio Wellington Santos, “o curso leva em conta que para atuar na área de negócios o profissional necessita de uma formação sólida e abrangente. Nesse ambiente de forte competição, as decisões precisam estar sustentadas em metodologias, ferramentas e técnicas capazes de apontar as melhores alternativas”.

“A utilização de instrumentos e métodos gerenciais consagrados, certamente sustenta a formação do profissional que atua em cargos de decisão nas empresas, proporcionando foco de ação e aumento de desempenho,” acrescenta.

O profissional com uma formação especializada na área de “de Finanças e Controladoria Empresarial” desenvolve um arcabouço de conhecimentos que lhe garante sustentação para reconhecer os problemas empresariais e tratá-los de forma a conduzir as empresas a patamares mais elevados de lucratividade, de rentabilidade dos investimentos e de longevidade em tempos de desafios imprevisíveis.

Essa é a proposta do curso de pós-graduação em “de Finanças e Controladoria Empresarial” oferecido pela Faculdade Madre Thaís (FMT-Ilhéus), informações (73) 3222-2330/2331-2334 e [email protected]ís.com.br.

Nota Premiada tem cinco ganhadores de Salvador

Prêmio de R$ 100 mil contemplou cinco moradores da capital baiana.

Nesta quarta-feira (21), a campanha Nota Premiada Bahia divulgou o nome dos dez sorteados do mês de agosto. Cada um deles irá receber um total de R$ 100 mil.

Foram contemplados cinco moradores de Salvador (moradores dos bairros de Pau Miúdo, Pau da Lima, Imbuí, Politeama e Pernambués) e cinco do interior da Bahia (Simões Filho, Barreiras, Jequié, Itaparica e Santo Antônio de Jesus).

Os vencedores foram Vera Lúcia Oliveira de Andrade, Tatiana Aparecida de Barros, Juscelino dos Santos Miranda, Antônio Crispim dos Santos Matos, Simone Santana dos Passos, Sidney Leal dos Santos, Louise Moura Ribeiro, Joice Mota Andrade, Rui Cesar Bahia Sá e Camila Moreira de Jesus.

O resultado pode ser consultado no site Nota Premiada da Bahia. Informações do iBahia.

MP sedia seminário sobre segurança na atividade de mineração na Bahia

Atividade de mineração no estado da Bahia foi o tema principal de debate. (Foto: divulgação/MP-BA)

O panorama atual da atividade de mineração no estado da Bahia foi o tema principal de debate do seminário ‘Trabalho, ambiente, saúde e segurança na mineração’, que começou ontem, dia 21, e continuará até hoje, dia 22, na sede do MP, no CAB, em Salvador.

Promovido pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), por meio da Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde do Trabalhador (Divast), o encontro tem por objetivo traçar estratégias para articulação das ações e políticas públicas de proteção ao meio ambiente, saúde, segurança e trabalho, além de fomentar o fortalecimento da participação e controle social nos diversos territórios do estado.

“A partir de desastres ambientais como Brumadinho, o Ministério Público criou nacionalmente comissões para debater esses impactos significativos ao meio ambiente e buscar estratégias de atuação para garantir que as atividades de mineração sejam melhor conduzidas no território brasileiro”, destacou a promotora de Justiça Cristina Seixas, coordenadora do Centro de Apoio às Promotorias de Meio Ambiente e Urbanismo (Ceama).

Ela ressaltou que a população precisa ficar atenta aos riscos de retrocesso na proteção ambiental no Brasil. “O que mais nos preocupa é o Projeto de Lei nº 3729/2004 do licenciamento ambiental, pois nele o licenciamento é uma exceção e não uma regra”, afirmou.

A programação foi aberta com a palestra ‘Panorama da mineração no Estado da Bahia: estruturação, dificuldades e perspectivas’, que foi ministrada pelo engenheiro de minas Marco Antonio Freire Ramos, da Agência Nacional de Mineração (ANM), e Ana Cristina Franco Magalhães, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE).

Marco Antonio Freire falou sobre a política regulatória da mineração e a importância da atividade como fomentadora da indústria nacional. “Temos um grande desafio para uma efetiva política pública, que é minerar dentro de uma perspectiva de sustentabilidade social e ambiental”. Para o engenheiro da ANM é importante trabalhar em rede com as demais instituições do estado, numa articulação intersetorial, ao lado da sociedade civil.

A programação conta ainda com uma palestra do promotor de Justiça Pablo Almeida sobre ‘Mineração e impactos nos recursos hídricos consumidos pela população’.

O evento é voltado para técnicos e gestores de órgãos federais, estaduais e municipais que atuam na área, além de integrantes do MP, representações de trabalhadores e de movimentos sociais.

Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 35 milhões no sábado

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.181 da Mega-Sena, realizado hoje (21) à noite em São Paulo. A Caixa Econômica Federal deve pagar R$ 35 milhões no próximo sorteio, que ocorre no sábado (24).

As dezenas sorteadas nesta quarta-feira foram: 01-08-19-33-36-48.

No mesmo concurso, a Quina saiu para 138 apostas, que vão levar R$19,77 mil. Um total de 8.329 ganhadores acertaram a quadra e vão receber R$ 468,15.

A Mega-Sena paga o prêmio principal para quem acertar os 6 números sorteados. Ainda é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números. O jogo de seis números custa R$ 3,50. Informações da Agência Brasil.

Em entrevista, reitora da UFSB afirma que “não há condições para continuar”

Joana Angélica Guimarães da Luz. (Foto: Divulgação/UFSB)

Por Juliana Sayuri | para o The Intercept:

Faz 29 graus em Itabuna, no sul da Bahia. Joana Angélica Guimarães da Luz, 61 anos, se dirige diariamente ao km 39 da BR 415, a Rodovia Ilhéus – Vitória da Conquista. Ali, num prédio antigo alugado na Vila de Ferradas, bairro pobre na periferia de Itabuna, fica a reitoria da Universidade Federal do Sul da Bahia, a federal que mais perdeu dinheiro com os cortes do Ministério da Educação.

Segundo a Andifes, a Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior, o orçamento da UFSB em 2019 caiu para menos da metade: o valor inicial de R$ 31,5 milhões foi para R$ 14,5 milhões. O primeiro efeito do corte é sentido pelo corpo: apesar do inverno quente, em que a temperatura chega a 27 graus, a ordem é deixar o ar-condicionado desligado em todas as unidades. Nos últimos dias, me disse a reitora, eles tiveram “sorte”: choveu e ao calor deu uma trégua.

Luz é a primeira mulher negra eleita reitora de uma universidade federal. Empossada há pouco mais de um ano, ela teme não conseguir sequer concluir a construção dos campi da universidade, inaugurada em 2014. São três: Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas. Todos em obras. Todas, paradas.

Luz nasceu nos arredores de Itabuna. Filha de trabalhadores rurais, ela migrou do nordeste ao sul do país para estudar: primeiro, fez graduação em geologia na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, seguida pelo mestrado na Universidade Federal da Bahia e pelo doutorado na Cornell University, em Nova York. A partir de 2012, participou ativamente da construção do projeto político-pedagógico da UFSB, declaradamente pautado por ideias de intelectuais como Anísio Teixeira, Milton Santos e o temido Paulo Freire. Segundo Luz, a UFSB foi idealizada como uma universidade de inclusão: a jovem federal abriga 4,5 mil alunos de graduação e pós-graduação – cerca de 80% deles de famílias de baixa renda.

O iminente virou imediato. “Universidades estão dizendo que vão parar as atividades, e a nossa está incluída. Não é tom de ameaça, não é retaliação. É realidade: não há condições concretas para continuidade”, relata a reitora. A administração está precisando escolher quais contas e contratos pode honrar e quais inevitavelmente vai pagar com atraso. “Estamos chegando ao ponto de paralisar tudo.”

Em entrevista ao Intercept, Luz fala sobre essas escolhas e a expectativa de liberação de recursos extras em setembro. Se não entrar mais dinheiro no caixa, a situação será “o caos”.

Intercept – Hoje, 15 de agosto, como está a UFSB?

Joana Angélica Guimarães da Luz – Hoje temos uma despesa de R$ 1,2 milhão por mês, mas recebemos R$ 860 mil. Estamos literalmente precisando escolher quais contas a gente paga e quais a gente atrasa, quais contratos a gente honra e quais não. O campus fica em uma cidade muito quente, mas definimos desligar o ar-condicionado para economizar energia elétrica. Os projetos de pesquisa estão em stand-by. Também temos diversas obras paradas, pois não temos recursos para pagar a empreiteira. A ordem direta é agora é suspender as obras, pois não há como arcar com os custos – mas ainda estamos discutindo com o MEC. Até lá, estamos nesse jogo de atrasar aqui, reduzir ali e ir levando para fechar o mês.

(mais…)

Vereador chama universitários de “vagabundos” e OAB “defensora de bandidos”

“Dr. Aldemir”. (Foto: Chico Andrade)

O vereador Aldemir Almeida (PP) usou o seu expediente na sessão de ontem (terça, 20) da Câmara de Vereadores de Ilhéus para fazer declarações contra estudantes universitários e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

No início de sua sua fala, registrada na íntegra no vídeo abaixo, “Dr. Aldemir” – que também é médico – afirma que “violência se combate com violência” e prossegue.

“Você vê essa vagabundagem que se chama de universitário hoje, um bando de vagabundo, 10 anos na faculdade, não estudam (…) principalmente determinados cursos; sociologia, teatro e outras porras mais que tem por ai”, disse.

Em seguida, Dr. Aldemir também afirmou que a UNE (União Nacional dos Estudantes) é uma “quadrilha que recebe milhões e milhões”. Por fim, o vereador se mostrou surpreso com o fato de entidades como a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) defendam “essa criminalidade”, citando casos em que policiais “matam um indivíduo desses”. Para Dr. Aldemir, a “OAB não serve para porra nenhuma, a não ser para defender bandido”.

Em nota, o DCE (Diretório Central de Estudantes) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) lamenta que o parlamentar “incite o ódio contra estudantes universitários e entidades estudantis, nesse momento em que a educação sofre vários ataques em seu direito de existir em nosso país”.

A OAB local e o Partido Progressista ainda não se pronunciaram sobre a fala do vereador.

Sinebahia Itabuna oferece 29 vagas de trabalho

Confira abaixo as oportunidades de emprego do Sinebahia Itabuna. As vagas estarão disponíveis na próxima segunda-feira, 7.

A agência funciona no Shopping Jequitibá. Não esqueça de levar o número do PIS, PASEP ou NIS, Carteira de Trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e certificado de escolaridade.

Vagas exclusivas para Itabuna. 

AUXILIAR DE FIBRA ÓPTICA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Conhecimento em fibra óptica

1 VAGA 

MONITOR DE RESSOCIALIZAÇÃO

Ensino Médio Completo

Não exige experiência

Possuir curso de vigilante ou Bombeiro Civil

3 VAGAS

ELETRICISTA DE VEÍCULOS PESADOS

Não exige escolaridade

Experiência mínima de 6 meses na função

1 VAGA

(mais…)

Movimentação no Aeroporto de Ilhéus cresce 50%

A movimentação de passageiros no Aeroporto Jorge Amado, de Ilhéus, aumentou cerca de 50% no mês de dezembro de 2018 em comparação ao mesmo período do ano anterior. No mês passado, aproximadamente 53 mil pessoas embarcaram ou desembarcaram no equipamento no sul baiano. Em dezembro de 2017, o aeroporto havia recebido 35 mil pessoas, informa a Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra).

“O terminal aeroportuário é um vetor de desenvolvimento econômico do sul do estado, principalmente na atração de turistas e negócios. Para dar mais comodidade aos usuários, melhorias estruturais e de operação foram feitas pelo Estado. Além disso, outras providências operacionais serão tomadas para requalificar o local”, destaca o secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

O crescimento também foi de 50% em relação ao número de frequência de voos no equipamento no sul do estado, que opera com aviação regular. Em dezembro do ano passado, foram 210 voos que passaram pelo aeroporto Jorge Amado. Enquanto que no mesmo período de 2017, a quantidade foi de 140 aeronaves utilizando o local.

Navio Msc Fantasia traz turistas a Salvador e Ilhéus

Com capacidade para 3.952 passageiros, o navio MSC Fantasia aportou em Salvador, na quinta-feira, 3,com turistas que foram recepcionados por baianas tipicamente vestidas. Vindo do Rio de Janeiro, o transatlântico segue para Ilhéus. Os visitantes desembarcaram, pela manhã, com a expectativa de conhecer ou revisitar a arquitetura do século XVIII e a cultura baiana preservada pelas artes.

Entre novembro de 2018 e abril de 2019, cerca de 160 mil visitantes chegarão ao Porto de Salvador. Ilhéus também faz parte desse roteiro, com 20 escalas e cerca de 80 mil passageiros, totalizando na alta temporada  240 mil pessoas, aproximadamente, vindas pelo mar ao território baiano. O incremento médio é de 7% em relação à temporada anterior.

O desembarque de passageiros aquece a economia local e movimenta pontos turísticos nas proximidades do Porto de Salvador, como o Mercado Modelo, o Elevador Lacerda e o Pelourinho, no Centro Histórico. “A Bahia está preparada para recepcionar os visitantes com elevado profissionalismo. A alegria e a hospitalidade do povo baiano vão muito além. São um convite para que os turistas voltem”, afirmou o secretário Estadual do Turismo, José Alves.

Para o secretário, as boas-vindas dadas pelo receptivo da Bahiatursa prosseguem com a prestação de serviços de excelência no atendimento ao visitante que busca gastronomia, história e cultura. “Temos muita satisfação em bem recebê-los, prestar atendimento de qualidade e demonstrar que eles devem voltar à Bahia em busca de novas experiências”.