ÂNGELA SOUSA DEFENDE MOBILIZAÇÃO CONTRA O FEMINICÍDIO

Foto: Ascom.

A deputada estadual Ângela Sousa (PSD) membro titular da Comissão dos Direitos da Mulher na Assembleia Legislativa, esteve presente na caminhada contra o feminicídio promovida hoje, 31, em Ilhéus.

Realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS), a caminhada teve início no centro da cidade e seguiu até a Praça J.J Seabra, fazendo alusão ao “Agosto Lilás”, movimento que envolve a sociedade no combate à violência doméstica.

Ângela Sousa defendeu a mobilização e destacou a necessidade de haver um processo maior de conscientização sobre essa prática de crime. No Legislativo baiano, a parlamentar comemora a aprovação, por unanimidade, de projeto de lei de sua autoria que garante a oferta de cirurgia plástica reparadora para mulheres vítimas de agressão física.

“Essa iniciativa foi aprovada em dezembro do no passado, e devolve dignidade e autoestima a mulheres que sofreram danos em sua integridade física decorrente da violência. Essa foi uma grande vitória nossa, e consolida mais um passo na luta pelo fim da violência contra as mulheres”, concluiu Ângela Sousa.

EMENDA DE ÂNGELA SOUSA GARANTE AMBULÂNCIA PARA IBICARAÍ

Imagem: Ascom/Ângela Sousa.

Na manhã desta quinta-feira, 05, durante agenda de inaugurações em Feira de Santana, o governador Rui Costa e a deputada estadual Ângela Sousa entregaram uma ambulância ao município de Ibicaraí. A chave do veículo foi entregue ao prefeito Lula Brandão e aos vereadores Aroldo Abreu, Idemar Lopes (Dema) e Ney Macêdo.

Adquirida por meio de emenda impositiva da parlamentar, com valor de R$ 80 mil, a ambulância vai auxiliar no transporte de pacientes e nos atendimentos de urgência e emergência prestados à população.

“É com muita alegria e satisfação que destinamos esta ambulância ao município de Ibicaraí. Sem dúvida esse veículo vai proporcionar mais qualidade no atendimento aos ibicaraienses”, destacou Ângela Sousa.

ÂNGELA SOUSA ENTREGA BARRACAS PARA FEIRAS LIVRES DE ILHÉUS

Annie Kelly Ribeiro, Ângela Sousa e Valmir Freitas. Imagem: ASCOM.

Os integrantes da Associação Comunitária Rural dos Pequenos Produtores de Ilhéus (Força Rural) passam a contar com 60 barracas padronizadas. A iniciativa vai ajudar na comercialização dos produtos em feiras livres da cidade. As barracas são fruto de emenda impositiva da deputada Ângela Sousa (PSD).

A entrega foi realizada pela deputada Ângela Sousa, a presidente da associação, Annie Kelly Ribeiro, e o secretário de Agricultura e Pesca de Ilhéus, Valmir Freitas, na última segunda-feira, 18, durante o lançamento do Plano Safra 2018/19.

Para Ângela Sousa, esta entrega é extremamente gratificante e simboliza o fomento da produção da agricultura familiar, garantindo infraestrutura e mais qualidade e higiene, beneficiando comerciantes e consumidores.

“Agradeço todo o empenho do governador Rui Costa em potencializar o trabalho desenvolvido pela agricultura familiar e, consequentemente, a possibilidade desses produtores em capitalizar novos clientes, gerar renda e fortalecer a produção”, expressou. Além de Ilhéus, a parlamentar destinou investimentos para o fortalecimento da agricultura familiar nos municípios de Itabela e Guaratinga, beneficiando cada município com 20 barracas.

Informações: ASCOM/Ângela Sousa.

ÂNGELA SOUSA SE REÚNE COM LIDERANÇAS POLÍTICAS DE ITABELA

Deputada falou às lideranças de Itabela. Imagem: ASCOM.

A convite do vereador e presidente da Câmara Municipal de Itabela, Alex da Pax, a deputada estadual Ângela Sousa se reuniu, no último domingo (10), com lideranças políticas da cidade. O encontro foi realizado na Câmara de Vereadores e contou com a presença de professores, vereadores e representantes da guarda municipal, além de lideranças locais.

Na ocasião, a parlamentar ouviu atentamente às reivindicações dos líderes e reafirmou o seu compromisso com o município, uma vez que têm buscado trabalhar em prol de Itabela.

Ainda na oportunidade, Ângela Sousa destacou os esforços do seu mandato em buscar, junto ao Governo do Estado, viabilizar melhorias e obras essenciais para a cidade. A exemplo da entrega, por meio de emenda parlamentar, de uma ambulância e um trator no assentamento Márcio Santos, a ampliação do programa Luz para Todos no distrito de Monte Pascoal, além da recuperação asfáltica na BA 283, trecho que liga Itabela a Guaratinga.

ÂNGELA SOUSA BUSCA MELHORIAS NA SEGURANÇA PÚBLICA

Ângela Sousa, Coronel Antonio Reis e o vereador Diga Diga, de Itapetinga.

Em audiência com o subcomandante geral da Polícia Militar baiana, coronel Antônio Reis, na última quarta-feira (6), a deputada estadual Ângela Sousa reforçou o pedido de viaturas policiais para combater a criminalidade nos municípios de Barro Preto, Canavieiras, Floresta Azul, Ibicaraí, Iguaí, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itapetinga, Itapitanga, Itapé, Una, Uruçuca e Wenceslau Guimarães.

Na oportunidade, a parlamentar ressaltou o empenho do governador Rui Costa no reforço expressivo para melhoria da qualidade dos serviços de segurança prestados à população baiana. Ângela Sousa frisou que, somente no último mês de maio, o governador realizou a entrega de 461 viaturas à corporação, representando um investimento de mais de R$ 31 milhões.

Fico feliz em ver o nosso governador Rui tão preocupado e atento à segurança pública de nosso Estado, garantindo melhores condições de trabalho para os profissionais da área e mais estrutura para as instituições”, afirmou a deputada.

RONDA MARIA DA PENHA

Ainda durante o encontro, na sede do Comando Geral da PM, a deputada Ângela e o vereador de Itapetinga, Diego Rodrigues, conhecido popularmente como Diga Diga, solicitaram a implantação de uma sede da Ronda Maria da Penha no município, para atuar no enfrentamento à violência doméstica e familiar.

Ângela Sousa considera a ronda uma ferramenta importante para interromper o ciclo de violência que assola a população. “O Governo do Estado tem sido bastante atuante, buscando fortalecer a rede de atendimento às mulheres em estado de violência, e acredito que a instalação de uma sede do Ronda Maria da Penha em Itapetinga irá colaborar com esse enfrentamento”, afirmou.

ÂNGELA SOUSA QUER DOAÇÃO DE VEÍCULOS APREENDIDOS PARA ENTIDADES PÚBLICAS ESTADUAIS

Deputada Ângela Sousa.
Deputada Ângela Sousa.

Do Agravo

A deputada estadual Ângela Sousa (PSD) apresentou projeto de lei que institui a Doação Solidária de Automóveis, com a finalidade de promover a doação de veículos apreendidos pela fiscalização do Departamento de Trânsito da Bahia (DETRAN), para entidades de utilidade pública estadual.

De acordo com a proposta, o veículo a ser doado será avaliado e levado a leilão, considerando-se arrematado pela entidade beneficiária habilitada e selecionada. Ainda conforme o texto, estando no âmbito da doação solidária, a instituição será considerada como entidade fornecedora do maior lance, ficando dispensada do pagamento.

“O objetivo deste projeto é oferecer uma nova ferramenta de trabalho às entidades baianas, sendo o veículo apenas um instrumento para a consecução célere dos objetivos dos grupos de utilidade pública”, explicou a deputada Ângela Sousa.

O projeto prevê que seja concedido no edital prazo para habilitação das entidades como instituições beneficiárias, concedendo-se o prazo sucessivo de dois dias úteis para inscrição e cinco dias úteis para entrega de documentação, podendo este último ser prorrogado uma única vez por igual período. A instituição habilitada deverá se fazer presente em todas as etapas presenciais do leilão e, em caso de habilitação de mais de uma instituição, será escolhida aquela que possui declaração de utilidade pública há mais tempo.

A matéria também determina que somente os carros que apresentem condições de segurança para trafegar sejam objeto de doação e, além de estarem legalmente habilitadas como entidade de utilidade pública estadual para concorrer à doação, as instituições precisam não ter sido contempladas com doação de veículo nos últimos cinco anos.

ÂNGELA RESSALTA BOM DESEMPENHO DO PSD NAS ÚLTIMAS ELEIÇÕES

angela destaque
Ângela Sousa. Foto: ASCOM.

Da ASCOM de Ângela Sousa

Em sessão plenária da Alba, da última terça-feira (25), a deputada Ângela Sousa agradeceu o apoio e parabenizou os colegas deputados pelo resultado nas eleições municipais de 2016. Ainda na oportunidade, ressaltou a expressiva representatividade do PSD nos municípios baianos, a sigla foi a que mais elegeu prefeitos no Estado, saindo vitoriosa em 83 cidades.

Falando em vitória maiúscula, a parlamentar parabenizou o prefeito eleito de Ilhéus, doutor Mário Alexandre, que resgatou em Ilhéus o desejo de mudança, com muita humildade e determinação colocou seu nome à disposição para receber o voto de confiança dos ilheenses, e venceu com 36.019 votos, quase 21 mil votos de frente para o segundo colocado.

A deputada finalizou sua fala dizendo que o tamanho da vitória é o tamanho da responsabilidade do futuro gestor, e faz com que ele estejam juntos com os ilheenses para cuidar da cidade.

Ressaltou também a colaboração de toda a equipe e de muitos voluntários que se juntaram para fazer esta campanha vitoriosa. Agradeceu o prefeito eleito Mário Alexandre seu vice Nazal e seus familiares, que juntos se fortaleceram para este expressivo resultado.

A parlamentar finalizou seu discurso endossando as palavras do deputado Robinho (PP), que trouxe para o plenário a discussão do problema da demarcação de terras que envolvem cidades do sul da Bahia, luta que ela vem travando junto os governos estadual e federal para acabar com esses conflitos entre pequenos produtores e indígenas.

A MORTE DO AMIGO LUIS EDUARDO PRECIPITOU O CALVÁRIO DE JABES RIBEIRO.

Luis Eduardo Magalhães (falecido em abril de 1998) e Jabes Ribeiro.
Luis Eduardo Magalhães (falecido em abril de 1998) e Jabes Ribeiro.
Abobreira.
Abobreira.

Por José Henrique Abobreira

Em primeiro lugar quero esclarecer aos meus leitores que nesse relato não tenho a intenção de jogar pedras, nem sou movido por qualquer ressentimento passado na minha relação política  com Jabes. Até porque a política é assim mesmo, junta e aproxima, depois afasta e separa numa dinâmica própria dos acontecimentos. É um processo. Nesses últimos tempos, Jabes e eu estivemos em campos opostos, mas sempre administramos as divergências sem perdermos de vista o respeito pessoal, o espírito público e os interesses maiores da sociedade. Tanto foi assim, que nos reaproximamos politicamente em 2012, nas eleições municipais, em prol da reorganização de Ilhéus que fora devastada pelo tsunami Valderico/Newton Lima. Na montagem do novo governo, Jabes convidou-me para ocupar uma secretaria municipal, mas, recusei por razões de saúde.

Mas vamos aos fatos que testemunhei presencialmente durante a campanha de 1996, quando Jabes e eu vencemos as eleições de prefeito e vice, e, depois de eleitos, no governo. Vejo um filme passando no sentido inverso, me permitindo resgatar aqueles momentos históricos.

Ainda na campanha, Nelson Simões (liderança do PT ilheense nos anos 80 e 90) me alertara, dizendo que nos comícios somente eu batia em ACM. Ele achava que Jabes tangenciava o tema. Postura estranha para um candidato de oposição ao governo estadual. Na véspera da eleição, um fato não se encaixou bem na minha mente. No comitê eleitoral da campanha recebemos a visita do coronel designado pelo governador para o comando da segurança do pleito na região. ACM e seus seguidores não permitiam esses arroubos de cortesia para com os adversários.

Já no governo, o pessoal do PT vivia a repassar mensagens de deputados da legenda em Brasília, de que Jabes era figura carimbada no gabinete do deputado Luis Eduardo Magalhães, sempre que ia a Brasília tratar de assuntos do interesse da municipalidade. Eu não ligava muito para essas notícias que pretendiam me alarmar, pois o meu foco era concentrado no trabalho de organização das forças produtivas e na arregimentação dos trabalhadores em organizações associativistas, principalmente na zona rural, mas também na cidade. As minhas ações no governo seguiam as resoluções Internas aprovadas nos sucessivos congressos nacionais do PT. O êxito alcançado por esse trabalho foi objeto de editorial de primeira página numa das edições do jornal “A REGIÃO”, com a matéria intitulada “PT-PURO TRABALHO”, elogiando o meu desempenho e os projetos em favor dos trabalhadores.

(mais…)

DESEMPENHO DE ÂNGELA FOI RUIM EM ITABUNA

O apoio do irmão Vane não ajudou muito a irmã Ângela.
O apoio do irmão Vane não ajudou muito a irmã Ângela.

Apesar do apoio deliberado do prefeito Claudevane Leite (PRB), a deputada estadual Ângela Sousa foi a sexta colocada em Itabuna com 3990 votos.

Assessores de Ângela esperavam de 8 a 10 mil votos, pois a máquina da prefeitura foi bem utilizada, haja vista as muitas indicações que a irmã fez desde o início da gestão.

O AMARELO DE OCASIÃO DA “IRMÃ ÂNGELA”

Abraçada ao Presidente do Colo-Colo, Walter Telles, Ângela posa para o fotógrafo José Nazal. Imagem: Thiago Dias.
Abraçada ao Presidente do Colo-Colo, Walter Telles, Ângela posa para o fotógrafo José Nazal. Imagem: Thiago Dias.

No último domingo (25), a deputada estadual Ângela Sousa (PSD) apareceu fantasiada de amarelo no Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus.

Toda a deselegância foi produzida para a ocasião. A “irmã” tentou se identificar como  torcedora fiel do Colo-Colo.

Se o prefeito Claudevane Leite tivesse apoiado o Itabuna Esporte Clube, não tenha dúvidas, Ângela teria se paramentado de azul para impressionar a torcida itabunense.

Ela gosta de todas as cores, assim como aceita qualquer cargo público e conchavo político.

A torcida do Colo-Colo sabe quem apoiou o clube. Por isso, a presença inusitada de Ângela no estádio, informada pelo locutor petista Rildo Mota, foi recebida com vaia ensurdecedora.

Nosso olhar atento viu o rosto da “irmã” ficar vermelho, como se o vestido ficasse todo escuro, inteiramente preto, com ausência de cor e sem credibilidade.

PREFEITO DE CANAVIEIRAS DEMITE FILHO DA DEPUTADA ÂNGELA SOUSA

A "irmã" perdeu mais espaço, dessa vez em Canavieiras.
A “irmã” perdeu mais espaço, dessa vez em Canavieiras.

O ex-vice-prefeito de Ilhéus, o médico ortopedista Mario Alexandre, não trabalha mais na Prefeitura de Canavieiras.

Marão, filho da deputada estadual Ângela Sousa (PSD), durante os seus plantões atendia pessoas indicadas por Nilton “mãozinha” e Niude enfermeira, vereadores que fazem oposição ao prefeito Almir Melo. Tudo era feito em troca de apoio para a “irmã” Ângela.

A “trairagem” motivou a rescisão do contrato. A secretaria de saúde já selecionou outro ortopedista para substituir o filho da deputada. 

PROFESSORA APOSENTADA LEMBRA: “NÃO PAGUE O IPTU”, DIZIA ISAAC ALBAGLI

Mato e cobras na praça Ângela Sousa.
Bairro Hernani-Sá: mato e cobras na praça Ângela Sousa. Vale a pena pagar o IPTU?

E-mail de uma Professora aposentada ao Blog do Gusmão.

Prezado blogueiro.

No último governo do ex-prefeito Antonio Olimpio (1993 a 1996), o então vereador Isaac Albagli (PSDB) fez uma campanha dura contra o pagamento do IPTU.

Na época, o edil pregava a inadimplência movido pela “certeza” de que a cidade estava abandonada e a prefeitura não cumpria suas obrigações. Adepto da oposição sem escrúpulos, o “jabista n° 1”, na verdade, queria inviabilizar as contas do governo de “AO”.

Bairro Hernani Sá: passeio da Escola Moyses Bohana.  Vale a pena pagar o IPTU?
Bairro Hernani-Sá: passeio da Escola Moyses Bohana. Vale a pena pagar o IPTU?

Sou professora e tenho boa memória. Lembro-me bem daquela época. Hoje, a cidade está numa situação muito pior. Em todos os bairros, o descaso do governo Jabes Ribeiro/Isaac Albagli corrói o bem-estar do cidadão.

Onde moro, no bairro Hernani-Sá, um canal para águas pluviais que fica no Eixo Local G está completamente obstruído. Desde que assumiu a secretaria de serviços públicos, em janeiro de 2013, Isaac Albagli vem enrolado com promessas de que vai mandar fazer a limpeza.

Entre os caminhos 34 e 35, uma praça de nome Ângela Sousa está cheia de mato e cobras. Em alguns trechos o mato quase supera a altura dos telhados das casas.

Sendo assim blogueiro Gusmão, este ano eu não vou pagar o IPTU. Estou aconselhando os meus vizinhos para que adotem a mesma atitude. O incompetente e omisso Isaac Albagli será obrigado a beber do seu próprio “veneno”.

Bairro Hernani-Sá: canal do Eixo Local G.  Vale a pena pagar o IPTU?
Bairro Hernani-Sá: canal do Eixo Local G. Vale a pena pagar o IPTU?

ELEIÇÕES 2014: “IRMÃ ÂNGELA” ENCONTRA DIFICULDADES

Ângela e "pedinha".
Ângela e “pedinha” em 2010. Até hoje Geraldo lamenta.

O presidente do PSC na Bahia, Eliel Santana, tem dito que a deputada estadual Ângela Sousa dificilmente será reeleita no PSD.

A “irmã” venceu duas eleições no partido de Marco Feliciano, depois saiu sem honrar compromissos.

A tese de Eliel inicia um processo lento de confirmação. Dona Ângela tem perdido apoios importantes. Marcos Galvão, ex-candidato a prefeito de Ibicuí, largou a deputada “crente” e deve apoiar Rosemberg Pinto.

Enquanto isso, dentro do PSD a guerra de foices ganha forma. O deputado estadual Timoteo Brito, do mesmo partido, foi autorizado pelo cacique da legenda, o vice-governador Otto Alencar, a fazer campanha em Una e Canavieiras, cidades tidas como bases eleitorais da “irmã”.

Ângela também encontra dificuldades para fechar dobradinha com um candidato a deputado federal.

As trezentas mil orações feitas por Geraldo Simões, em 2010, ainda repercutem de maneira desfavorável.

Naquele ano, Geraldo conquistou apenas 3122 votos em Ilhéus, após uma “parceria de fé” com a “irmã'”. Quando encontra a deputada nos eventos políticos, antes de cumprimentá-la repete baixinho: “traíra”.

PRAÇA ÂNGELA SOUSA ESTÁ CHEIA DE COBRAS

Praça Ângela Sousa: uma justa homenagem?
Praça Ângela Sousa: uma justa homenagem?

Em junho de 2009, uma postagem do blog O Sarrafo com o título “O Arrastão da Sucuri” irritou demasiadamente a deputada estadual Ângela Sousa. Na época, este arrependido blogueiro assessorava “a irmã” na relação com a imprensa.

Dona Ângela, que apesar de ser evangélica tem dificuldades para exercitar o perdão, ameaçou processar o blogueiro Guy Valério. Depois de algumas conversas tudo ficou resolvido, com o post devidamente explicado, já que não fazia menção direta.

Passados quase cinco anos, as cobras voltaram a se associar à imagem da deputada, mais uma vez de maneira completamente indireta.

Entre os caminhos 34 e 35 do bairro Hernani Sá existe uma área verde chamada Praça Ângela Sousa. A homenagem foi elaborada pelo ex-vereador Zerinaldo Senna entre os anos de 2005 a 2008.

Como a prefeitura gerida por Jabes Ribeiro, de propósito ou não, despreza o espaço, o mato tomou conta. O ambiente está propício às cobras, não da espécie sucuri, naturalmente grandiosa, mas de tipos menores como pico de jaca ou jararaca.

Os moradores não estão preparados para lidar com os bichos. Quando se deparam com um, mesmo que não represente grande ameaça (a não ser que seja atacado), movidos pelo medo e falta de conhecimento matam. De maneira irônica, repetem em suas conversas que a Praça Ângela Sousa só serve para criar cobras.

Não identificaremos os nomes dos moradores para que não corram risco de emitir satisfações obrigatórias no judiciário.

“IRMÃ ÂNGELA” NÃO ECONOMIZA DINHEIRO PÚBLICO

Ângela Sousa.
Ângela Sousa.

Segundo A Região, em 2013, a deputada estadual Ângela Sousa (PSD) recebeu cerca de R$ 332 mil de verba indenizatória para cobrir seus gastos com consultoria, divulgação, assessoria, hospedagem e locomoção. 

Outros deputados estaduais também não economizaram o dinheiro público no último ano. O parlamentar Augusto Castro  (PSDB) gastou R$ 334 mil; Rosemberg Pinto (PT) recebeu R$ 356 mil e Gilberto Santana (PTN), R$ 378 mil.