Ilhéus: moradores denunciam morte de animais por envenenamento na Vila Lídia

Foto enviada pelo WhatsApp.

Em contato com o BG, moradores da Vila Lídia, bairro Jardim Savóia, na zona norte de Ilhéus, denunciaram a morte de vários animais por envenenamento.

Desde julho, pássaros, morcegos e micos têm sido envenenados na localidade. Quem comete o ato coloca o veneno conhecido como chumbinho em alimentos como bananas, que são comidos pelos animais, levando-os à morte.

Em dezembro de 2019, o BG noticiou a morte por envenenamento de duas cadelas na Vila Lídia. Na época, a dona dos animais foi até a Delegacia do Meio Ambiente para prestar queixa.

Os moradores chegaram a realizar uma manifestação para chamar a atenção das autoridades para os crimes contra os animais.

Foto enviada via WhatsApp.

Família procura por cadela que sumiu no São Domingos

Pitucha é da raça Yorkshire.

Na segunda-feira (07) a cadela Pitucha sumiu após o meio-dia no bairro São Domingos, zona norte de Ilhéus.

A cadela estava na casa da senhora Creusa, residente na Rua dos Araçás.

Quem tiver informações ou souber o paradeiro de Pitucha pode entrar em contato com Glória pelos números (73) 988294689, (73) 991212782 ou (73) 991134545.

Pessoa não identificada envenena gatos e cachorros na Vila Lídia

Cadelas morreram após ingerir grande quantidade de chumbinho na Vila Lídia.

No último domingo, 15, duas cadelas foram mortas vítimas de envenenamento por chumbinho, na Vila Lídia, bairro Jardim Savóia, zona norte de Ilhéus. Segundo a dona dos animais, esse tipo de morte é comum na localidade. “Várias pessoas já perderam cães e gatos devido ao envenenamento com chumbinho. Já fui à delegacia do Meio Ambiente dar queixa e aguardo providências”.

Segundo a moradora, o veneno foi ministrado numa quantidade absurda e poderia ter implicado na morte de uma criança desavisada ou adulto. Preocupados com a situação, os moradores organizaram uma manifestação, que acontecerá no domingo, 22, a partir das 09h. A concentração acontece em frente à Pousada Paulett’s e tem o objetivo de chamar a atenção para o crime contra animais.