Marão não fez o Carnaval, mas o povo faz

Bloco 20 comer, da Avenida Princesa Isabel. Foto enviada via WhatsApp.

Apesar da decisão do prefeito Mário Alexandre de não fazer o tradicional Carnaval de Ilhéus, que sempre levou para a avenida blocos, escolas de samba e blocos afros, o povo de Ilhéus mantém a sua tradição e tem feito a festa nos bairros com o apoio ridículo da prefeitura.

As imagens desta postagem mostram o Bloco 20 Comer, que no domingo, 23, encheu a Avenida Princesa Isabel de foliões e fez a festa com muita alegria e sem violência.

O bloco é da Associação da Feijoada da Avenida Princesa Isabel.

Veja o vídeo:

Bloco Zé Pereira embalou foliões na zona sul de Ilhéus

Bloco Zé Pereira. Foto: Secom/Ilhéus.

Considerado uma das agremiações mais tradicionais do Carnaval de Ilhéus, o bloco Zé Pereira alegrou e divertiu foliões nas ruas do Pontal na madrugada do sábado (22), com a abertura oficial do Carnaval do Povo. Com uma tradição de mais de 37 anos, o bloco iniciou o esperado desfile à meia-noite, marcado pela irreverência e descontração que fazem história.

Marchinhas dos antigos carnavais e músicas atuais, fizeram parte do repertório que animou jovens, adultos e idosos presentes na festa.

O folião Miraldo Teixeira Cel, contou que há 38 anos a parada é obrigatória em sua residência, onde recebe amigos, autoridades e turistas. “A banda para em frente à minha casa e toca várias músicas para animar o local. Compartilhamos o momento, que faz parte da minha vida”.

A tradição também é motivo de alegria também para a professora Maria Luísa Campos, turista paulista que participa por mais um ano do movimento cultural. “Eu sou apaixonada por carnaval. Amo a cidade de Ilhéus e todos os anos venho para essa festa. Além de ser uma cidade turística, encantadora, eu me sinto segura aqui”, frisou.

Os diretores do bloco Zé Pereira, Josimar Silva e Joana Angélica, ficaram surpresos com a quantidade de pessoas que participaram da folia este ano, isto, porque aproximadamente oito mil pessoas lotaram as ruas do Pontal. “A expectativa aumenta a cada ano. Estou emocionado”, salientou Josimar.

*Com informações da Secom/Ilhéus.

Ilhéus: homem é baleado e tiros causam pânico na Avenida Soares Lopes

Arma apresentada à autoridade policial.

Na noite do domingo, 23, um homem identificado como Paulo Ricardo, de 31 anos, morador do bairro Castelo Branco, em Salvador, sofreu tentativa de homicídio na Avenida Soares Lopes, centro de Ilhéus. O crime aconteceu durante o carnaval popular.

Segundo informações, o homem levou um tiro no ombro, foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Regional da Costa do Cacau.

Jefferson Coutinho de Souza, 35 anos, morador do bairro Nova Brasília, Itapuã, em Salvador, atentou contra a vida de Paulo Ricardo. Ele foi encaminhado para delegacia de proteção ao turista, onde foi ouvido, ficou detido e está à disposição da justiça pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio.

Os disparos geraram tensão e correria entre os participantes. Muitos buscaram proteção em estabelecimentos comerciais no entorno da festa. 

Veja o vídeo:

*Com informações do site Fábio Roberto Notícias.